Browsed by
Mês: fevereiro 2015

Receita para ser feliz

Receita para ser feliz

Receita para ser feliz. 1

“Alegrai-vos sempre no Senhor; outra vez vos digo: alegrai-vos!” Fp. 4.4.

“Louvar-te-ei, Senhor, de todo o meu coração; contarei todas as tuas maravilhas”. “Alegrar-me-ei e exultarei em ti; ao teu nome, ó Altíssimo, eu cantarei louvores” Salmo 9.1,2.

A verdadeira felicidade é aquela oferecida pelo Espírito Santo. Somente Ele tem a receita para que o ser humano alcance a felicidade plena, independentemente das circunstâncias exteriores, que muitas vezes atravessam a sua frente. O apóstolo Paulo ao escrever aos Filipenses disse que eles deveriam alegrar-se sempre no Senhor (Fp. 4.4). Não só os Filipenses, mas todos quantos tiverem o Senhor Jesus como seu Senhor e Salvador pessoal. Porque Paulo cria que a alegria verdadeira era a espiritual. Porque esta alegria é verdadeira e eterna. A felicidade espiritual independe de toda e qualquer situação física, orgânica ou material. A alegria da salvação uma vez instalada no coração/espírito humano, nunca mais o deixa.

A conversão é a reconciliação do ser humano com o seu Deus através de Jesus Cristo, que é o intermediário. O ser humano reconciliado com o seu Deus terá o seu “prazer na lei do Senhor, e na Sua lei medita de dia e de noite” Sl. 1.2.  Aquele que assim procede será uma pessoa amável e bondosa com todos os demais, sem exceção. “Seja a amabilidade de vocês conhecida por todos” Fp. 4.5. A pessoa será sempre cabeça e não cauda “O Senhor te porá por cabeça e não por cauda; e só estarás em cima e não debaixo, se obedeceres aos mandamentos do Senhor, teu Deus, que hoje te ordeno, para os guardar e cumprir” Dt. 28.13. Todo servo do Deus Altíssimo necessita ter esta responsabilidade em mente, a de ser sempre cabeça, isto é, ter condições de sempre conduzir, orientar, ensinar, testemunhar, para que outras pessoas também trilhem os caminhos do Senhor nosso Deus. Porque o cabeça tem o selo do Espírito Santo, por isso deve zelar pela sua incumbência espiritual.  Aquele que não procede assim será conduzido, levado, por seres estranhos ao nosso Deus, e por caminhos errôneos. Deus não o terá por inocente.

Os cuidados do Senhor Deus para com o ser humano convertido é muito grande. Ele ordena que a pessoa caminhe nos Seus Santos e retos caminhos. Deus diz: hoje. A Palavra do Senhor é sempre atual. A ordem é que cada um dos Seus obedeça e cumpra os Seus mandamentos e os Seus decretos. Deus quer o melhor para cada ser humano. Se o ser humano obedecesse e trilhasse os planos de Deus para a sua vida, tudo seria diferente. A preocupação espiritual deve ser levada a sério. Todo servo do Senhor deveria transformar todos os seus assuntos em oração e meditação. Deveria também aprofundar-se no conhecimento da Palavra desse Deus maravilhoso. Somente Ele tem um Caminho de Paz que conduz ao paraíso celeste juntamente com Jesus Cristo, o Salvador e Senhor de todo salvo. “Se quiserdes e me ouvirdes, comereis o melhor desta terra” Is. 1.19. Comer o melhor desta terra é simplesmente viver em completa paz com Deus, e ser espiritualmente adulto na fé, e ocupar o seu cargo de embaixador do Senhor Deus com dignidade e Amor.

“Finalmente, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é respeitável, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se alguma virtude há e se algum louvor existe, seja isso o que ocupe o vosso pensamento”Fp. 4.8.

“E a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará o vosso coração e a vossa mente em Cristo Jesus” Fp. 4.7.

Chuva de bênçãos

Chuva de bênçãos

Chuva de bênçãos. 1“O Senhor não nos trata segundo os nossos pecados, nem nos retribui consoante as nossas iniquidades” Sl. 103.10.

“O Senhor te abrirá o seu bom tesouro, o céu, para dar chuva à tua terra no seu tempo e para abençoar toda obra das tuas mãos…” Dt. 28.12a

Admirar a chuva é muito importante, pois esta vem molhar a terra, que muitas vezes se encontra muito seca, árida, e as plantas se movimentando como se estivessem agradecendo por esta bênção maravilhosa. É muito lindo e gratificante ver a natureza em festa com a chuva que cai. As plantas agradecem. Através da chuva a terra germina as suas sementes, dá o seu fruto, o ar fica mais limpo e fresco. As flores aparecem louvando a Deus com sua beleza perfeita e linda aos nossos olhos. Esta chuva é física, orgânica, e traz todos os benefícios dos quais necessitamos para viver tranquilamente.

A chuva espiritual é aquela que molha, cuida, fortalece o espírito humano. Esta chuva é bem mais presente em nossas vidas. Diariamente, o Senhor nos envia chuva de bênçãos. Começando logo pela manhã, quando levantamos descansados, com saúde, dispostos para o trabalho, alegres porque tudo está bem ao nosso derredor. Se não fosse o Senhor que nos manda chuva de bênçãos, nós estaríamos complicados na presença do nosso Deus. Porque, se o Senhor fosse retribuir segundo os nossos pecados, não teríamos como escapar da ira do nosso Deus.  Mas o Senhor nosso Deus é misericordioso e amoroso, e nos trata como filhos amados.

A chuva espiritual acontece diariamente em nossas vidas. Toda pessoa que se aproxima do Senhor Jesus, e quer a Sua preciosa e santa companhia, receberá chuva e mais chuva de bênçãos. Porque o Senhor é o dono de todas as bênçãos, e Ele as tem em abundância. E o mais importante são bênçãos eternas. Caminhar com Jesus é um privilégio muito grande, porque está sempre protegido e recebendo tudo de bom de Suas dadivosas mãos. Em Apocalipse 3.20 encontramos: “Eis que estou à porta e bato; se alguém ouvir a minha voz e abrir a porta, entrarei em sua casa e cearei com ele, e ele, comigo”. O Senhor Jesus promete cear com todo aquele que ouvir a Sua voz, e abrir a porta do seu coração, e recebê-lO em sua casa (alma/espírito). Se o Senhor se propõe a cear com todo aquele que O receber, vai ter a melhor companhia de sua vida. Este ganhará uma grande chuva de bênçãos desde a hora da aceitação até a vida eterna no porvir. Jesus Cristo é eterno, e o Seu Reino é eterno também.

A chuva de bênçãos na vida de uma ovelha do Altíssimo é muito importante. Porque através dessa chuva ela conserva a sua terra espiritual bem molhada, adubada, produtiva, pronta para cultivar a Palavra de Deus, meditar, crescer no conhecimento, no amor, transmitir a mensagem do Senhor às pessoas que ainda não a conhecem, orar com os que necessitam, oferecer uma palavra boa àqueles que buscam conforto, consolo ou orientação, visitar os enfermos, levar paz onde houver desavenças, desentendimentos, desamor, ódio. Mostrar ao mundo que Deus tem um plano de paz para todo ser humano que se reconhecer pecador, e se aproximar com humildade do Senhor Jesus. Jesus é o Príncipe da Paz. Is. 9.6b.

“… eu farei bênção; farei descer a chuva a seu tempo, serão chuvas de bênçãos” Ez. 34.26b.

“Conheçamos e prossigamos em conhecer ao Senhor; como a alva, a sua vinda é certa; e ele descerá sobre nós como a chuva, como chuva serôdia que rega a terra” Oséias 6.3.

Acalme seus passos

Acalme seus passos

Acalme os seus passos. 1

“Qual de vós, por ansioso que esteja, pode acrescentar um côvado (antiga unidade de medida de comprimento equivalente a três palmos, ou 66 cm.) ao curso de sua vida?” Mt. 6.27.

“E por que andais ansiosos quanto ao vestuário? Considerai como crescem os lírios do campo: eles não trabalham, nem fiam. Eu, contudo, vos afirmo que nem Salomão, em toda a sua glória, se vestiu como qualquer deles” Mt. 6.28,29.

O tempo passa em uma progressão assustadora. Dificilmente, a pessoa consegue acompanhar o desenrolar dos acontecimentos, e se torna escrava dos compromissos. Deixa de viver a melhor parte da vida, que é aproveitar o que há de melhor e gratificante para uma vida completa, cheia de bons frutos. Não há necessidade de se preocupar demais com o desenrolar da vida, porque ninguém consegue acrescentar nem um só côvado ao curso de sua vida nem mudar a ordem dos acontecimentos.

Acalme os seus passos – pensamentos. Volva-se para o Senhor nosso Deus! Valorize o que realmente tem valor. A mente é o bem mais precioso que o ser humano tem. Porque é a mente que forma opinião, decide sobre o que será feito – bom ou ruim. O ser humano é livre para optar pelo bem ou mal. A opção pelo bem leva a pessoa a um crescimento ou uma estrutura de vida muito boa. Todo o bem só constrói algo diferente e bom  na vida humana. O bem nunca decepciona, pelo contrário, oferece o que há de melhor para a vida da pessoa.

Acalme os seus passos – decisões.  Não há necessidade de um viver: ansioso, preocupado, nervoso, irritado, descontrolado. As decisões devem ser tomadas com calma, tranquilidade, precisas, para que depois de um tempo não venha o arrependimento. Toda decisão impensada ou precipitada traz consequências em seguida. Não há necessidade de tanta tribulação. A receita principal é: volta para a área espiritual. Esta realmente é valiosíssima. Porque toda decisão importante primeiramente deve ser levada à presença do Senhor nosso Deus. Somente Ele orienta a pessoa para que decida corretamente. A decisão orientada por Deus oferece uma estrutura firme, bem construída, que nunca se abala.

Acalme os seus passos – modo de viver. Deus fez o ser humano a sua imagem e semelhança moral/espiritual, portanto, o ser humano precisa estar firmado espiritualmente para ser realmente uma pessoa completa. O Senhor nosso Deus deixou um lugarzinho reservado no coração humano para a Sua particular morada. Ele é o dono de cada vida humana, Ele deve estar sempre no comando de uma direção. Deus nos criou para que vivamos dependentes do Seu grande Amor e Poder. Somos pequeninos, indefesos, necessitamos de Sua constante presença em nossas vidas. Somos ovelhas do Seu pasto. “Quanto a nós, teu povo ovelhas do teu pasto, para sempre te daremos graças; de geração em geração proclamaremos os teus louvores” Sl. 79.13.

Acalme os seus passos – testemunho. Toda ovelha do Senhor nosso Deus é muito importante para Ele. O Senhor dispensa cuidados especiais a cada uma delas. Mas Ele requer que cada uma individualmente corresponda ao Seu Amor e ao Seu Carinho, sendo uma pessoa que seja cabeça em qualquer situação. Isto é: seja sempre aquele que vai à frente, que resolve situações difíceis, que conduz corretamente aquelas ovelhas recém- convertidas, enfim, que oferece apoio espiritual a todos quantos necessitem. O testemunho de uma ovelha de Cristo é muitíssimo importante, fala muito alto a todos que a rodeiam.

Quanto mais a pessoa se aproximar do Senhor nosso Deus, mais ela crescerá espiritualmente. Ela será uma pessoa integral, moderada em tudo, confiável, digna de ser imitada por outras pessoas que ainda não conhecem o Senhor da Glória. A ovelha do Senhor Jesus Cristo vive com as bênçãos do Senhor desde o momento de sua decisão, e tem a certeza de sua salvação para a eternidade. A área mais valiosa para o ser humano é a área espiritual, porque dela depende todo o nosso ser e nosso modo de viver. O Senhor Deus é espírito e importa que Seus adoradores O adorem em Espírito e Verdade (João 4.23). Toda pessoa preocupada com a área espiritual, vive em paz consigo mesma, com Deus, e com todos que a rodeiam. Portanto, acalme os seus passos. Caminhe tranquilamente pelas sendas da vida espiritual, juntamente com o Senhor Jesus Cristo.

“Vós, pois, ó ovelhas minhas, ovelhas do meu pasto; homens sois, mas eu sou o vosso Deus, diz o Senhor Deus.” Ez. 34.31.

A chave para a paz

A chave para a paz

A chave para a paz. 2

“Como um pai se compadece de seus filhos, assim o Senhor se compadece dos que o temem” Salmo 103.13.

A chave para a paz é muito simples e fácil de encontrá-la. A paz sempre é encontrada pela pessoa honesta consigo mesma, que tem a humildade de confessar que sozinha não chegará à salvação de sua alma imortal. Para isso é necessário falar com Deus no recôndito de sua alma, no mais profundo do seu ser. O Senhor nosso Deus que ouve o clamor da alma necessitada e sabe o desejo de salvação que esta manifesta, virá ao seu encontro, e convidá-lo-á para aceitar o Senhor Jesus Cristo como seu único e suficiente Salvador pessoal.

O Senhor Deus oferece esta chave a todos quantos quiserem e necessitar de paz em suas almas imortais. Esta chave é preciosa demais para a alma que quer paz. Jesus é o príncipe da paz (Is. 9.6b). Por mais atribulada que esteja uma pessoa, ela pode se achegar a Jesus e receber a chave da paz. Esta chave é válida desde o momento da decisão, através do qual virão às bênçãos, até a eternidade. Porque Jesus é o Deus Eterno, a Sua obra é eterna. Em Isaías 9.1-6 Isaías escreve sobre Jesus (700 anos antes de Sua vinda), e nos traz os dados sobre o Messias, Deus Eterno. “Porque um menino nos nasceu, um filho se nos deu; o seu governo está sobre os seus ombros; e o seu nome será: Maravilhoso Conselheiro, Deus Forte, Pai da Eternidade, Príncipe da Paz”.

Assim é o nosso Jesus maravilhoso, como o profeta Isaías nos transmitiu. Ele é o Príncipe da Paz, porque Ele próprio é a Paz. Então Ele pode nos oferecer paz sem fim. Ele tem tantas quantas chaves necessitamos para termos a paz tão sonhada por todo ser humano. Quantas vezes uma pessoa procura a paz, mas não a encontra. Porque vai procurar em lugar errado, com pessoa errada. A Palavra de Deus tem o mapa do caminho que conduz a paz e a salvação da alma imortal. O Senhor Jesus não faz acepção nem discriminação de pessoas, para Ele toda alma imortal é importante e necessita de salvação. Mas a decisão é individual e personalizada. Cada pessoa é responsável por sua decisão. A paz oferecida por Jesus é tão boa, que deixa a pessoa extasiada de alegria espiritual, e a certeza de uma vida eterna juntamente com o Senhor Jesus na Sua Glória Eterna, com os demais salvos por Ele, Jesus, a valiosa chave para a salvação.

“O vencedor será assim vestido de vestiduras brancas, e de modo nenhum apagarei o seu nome do livro da vida; pelo contrário, confessarei o seu nome diante de meu Pai e diante dos seus anjos” Ap. 3.5.

Graça e Paz!

 

O poder terapêutico da palavra

O poder terapêutico da palavra

 O poder terapêutico  da palavra 5

“A lei do Senhor é perfeita e restaura a alma; o testemunho do Senhor é fiel e dá sabedoria aos símplices.” Sl. 19.7.

Desde o início da Bíblia Sagrada o Senhor Deus tem falado ao ser humano. Ele escolhera alguns homens consagrados, e os inspirara para escrever o que o Senhor tinha em mente, para a condução correta do ser humano. Tudo muito bem planejado. O ser humano foi criado para ser feliz e viver em comunhão com o seu Deus. Tudo era maravilhoso. Mas com a desobediência do ser humano tudo mudou. Recebeu o castigo de Deus que o afastou do paraíso celeste, enviando-o a cultivar a terra, e obter o seu sustento com seus próprios esforços, e comer do produto do seu trabalho.  Mas nem sempre o ser humano quis ouvi-lO, segui-lO. A Palavra de Deus tem um poder muito grande sobre a vida da pessoa, que ela pode condená-la a perdição eterna, ou pode salvá-la reconciliando-a com o seu Deus. O ser humano foi criado para ser feliz, viver tranquilo debaixo dos cuidados de Deus, e cuidar das demais coisas criadas por Ele. Deus criou o ser humano e dedicou-lhe a Sua Palavra para guiá-lo seguro pelas sendas da vida, e ser Palavra terapêutica para a alma imortal.  Mas o ser humano desobedeceu ao seu Senhor e Criador. Recebeu o castigo, para sair da presença de Deus, e ir cultivar a terra, viver do seu árduo trabalho, enfrentando todas as dificuldades porque estava longe do seu Deus.

A Palavra de Deus tem um valor terapêutico extraordinário. Onde há problemas gravíssimos, angústia, por pior que seja a situação pecaminosa de uma pessoa, a Palavra de Deus cura, resolve e restabelece. O Senhor nosso Deus é muito bom. Ele trata de todos os assuntos em Sua Palavra, e contém remédio para todas as doenças espirituais. Mas Ele dá o livre arbítrio para a pessoa. Cabe a cada uma se aproximar do Senhor, querer que o Senhor vá ao seu encontro. O Senhor realiza maravilhas através de Sua Palavra. Mas também condena os desobedientes, e não há interferência humana. A Palavra de Deus restaura a alma, oferece paz, tranquilidade, principalmente a salvação da alma imortal. O poder terapêutico da Palavra de Deus é tão grande que às vezes uma única palavra constrói uma vida, reconciliando-a com o seu Deus. O mesmo poder de uma só palavra pode condenar uma pessoa à perdição eterna.

“As palavras dos meus lábios e o meditar do meu coração sejam agradáveis na tua presença, Senhor, rocha minha e redentor meu” Sl. 19.14.

“Porque a palavra do Senhor é reta, e todo o seu proceder é fiel. Ele ama a justiça e o direito; a terra está cheia da bondade do Senhor” Sl. 33.4,5.

Graça e Paz!

Eternamente nova

Eternamente nova

 Eternamente nova

“Toda a Escritura é inspirada por Deus e útil para o ensino, para a repreensão, para a correção, para a educação na justiça, a fim de que o homem de Deus seja perfeito e perfeitamente habilitado para toda boa obra” 2 Timóteo 3.16,17.

e A Palavra de Deus é atualíssima. Tudo que necessitamos para nossa orientação encontra-se nela.

Somente Deus foi, é e será eterno. Por isso a Sua Palavra não necessita de correção, de mudanças, de revisão. Como para o Senhor nosso Deus não há contagem de tempo, para Ele o tempo é sempre presente. A Palavra do nosso Deus nos dirige e nos orienta na educação, na justiça, na correção. É o maior livro didático que conhecemos. A Palavra de Deus forma um alicerce firme no ser humano, que será perfeito e perfeitamente habilitado para toda boa obra. Boa obra é a educação completa para uma pessoa. A pessoa agirá corretamente com seu semelhante, será honesta, amável, amorosa, enfim, será um verdadeiro cidadão valioso para a sociedade, e agradável para Deus.

A Escritura Sagrada é toda inspirada por Deus. Cada página, cada acontecimento, segue rigorosamente a orientação do Senhor Deus para com o ser humano. Deus pensou um plano para a orientação, educação, e salvação do ser humano. Com a desobediência o ser humano perdeu o direito de viver ao lado de Deus no paraíso celeste, e foi enviado a terra para que trabalhasse e conseguisse alimentos com seus próprios esforços. Mas Deus quer que o ser humano se redima e volte a viver ao Seu lado no paraíso celeste. Então, Ele enviou Jesus Cristo para realizar o sacrifício na cruz do calvário. Morreu e ressuscitou ao terceiro dia. Subiu ao céu, e está juntamente a Deus Pai.

Toda pessoa que se preocupa com a salvação de sua alma imortal, necessita aceitar o convite de Jesus Cristo no seu coração/alma/espírito. (Apoc. 3.20). Quando a pessoa recebe o Senhor Jesus em seu coração, ela começa a receber as bênçãos prometidas por Ele, e no futuro a vida eterna no paraíso de Deus. Isto é, a reconciliação do ser humano com o seu Deus. É à volta a casa do Pai. Jesus disse: “Na casa de meu Pai há muitas moradas. Se assim não fora, eu vo-lo teria dito. Pois, vou preparar-vos lugar” João 14.2; “Jesus é o Caminho, e a Verdade, e a Vida; ninguém vem ao Pai senão por mim” João 14.6.

Por mais moderno que o ser humano seja, por mais evoluído que esteja, por mais que ele admire a evolução das coisas, espiritualmente, nada mudou. O ser humano continua com as angústias, com o medo, com as necessidades espirituais de sempre. Somente a Palavra de Deus pode suprir todas as necessidades espirituais do ser humano, e transformá-lo em alguém tranquilo, confiável, amável, seguro de si. O Senhor é a Rocha que transforma todo e qualquer espírito angustiado em um espírito alegre, de bem com a vida, e principalmente, amado do Senhor Jesus. Somente a Palavra de Deus – a Bíblia Sagrada é eternamente nova e válida para todas as pessoas sem distinção, nem discriminação. Deus é Amor – (1 João 4.8b).

“Examinais as Escrituras, porque julgais ter nelas a vida eterna, e são elas mesmas que testificam de mim” João 5.39.

Bem-vindos de volta!

Bem-vindos de volta!

Bem vindos de volta... 3 xxx“Eis que estou contigo, e te guardarei por onde quer que  fores” Gn. 28.15.

Viajar, passar férias longe de casa é muito bom. Há o bom descanso, conhecer lugares novos, bonitos. Passar dias sem se preocupar com a correria do dia a dia cotidiano. Há um grande descanso para a mente, corpo, enfim, recarregar as energias. Mas, o que mais gostamos é o retorno aos nossos lares. Ali, ficamos mais tranquilos, e recomeçamos os nossos afazeres diários. Estas férias são baseadas na parte material, física, orgânica, e é ótima para o nosso descanso, arejamento da mente. O retorno é sempre mais interessante do que a ida, mais gratificante.

O retorno espiritual ao lar celestial acontece mais ou menos assim também. É uma alegria indizível retornar a casa do Pai. Porque lá é eterno, nunca mais deixaremos aquele maravilhoso lar. Deus fez o ser humano perfeito, para ser feliz e viver tranquilamente no paraíso celeste, juntamente aos animais e a natureza perfeita que o Senhor Deus fez com tanto carinho. Mas o ser humano desobedeceu ao Senhor seu Deus, e sofreu as consequências do seu erro. Deus o expulsou do paraíso celeste para viver do seu trabalho, lutar contra as intempéries da terra e do tempo. O ser humano vivia sem preocupações, sem problemas, tudo lhe fora dado do melhor possível. Pois, fora o Senhor que o fez assim. Com a desobediência perdeu todas as regalias a que estava acostumado.

Deus na Sua infinita misericórdia e sabedoria pensou um plano para a salvação das almas imortais. Desde as primeiras páginas da Palavra de Deus, Ele já comunicou a respeito da vinda de um Salvador para o ser humano. Deus prometera o Messias para realizar o plano da salvação de todo aquele que quer ser salvo e voltar ao paraíso celeste. Os profetas e os escritores bíblicos se referiram à vinda do Messias prometido. No tempo determinado por Deus, nasceu o Messias prometido. Jesus nasceu no lugar previsto pelos profetas, e da maneira como foi escrito a Seu respeito. Jesus cumpriu todo o plano de Deus para a salvação de toda alma que quer retornar ao paraíso celeste. Jesus derramou o Seu sangue na cruz do calvário, morreu e ressuscitou ao terceiro dia, derrotando a morte. O sacrifício de Jesus Cristo foi suficiente para salvar todo aquele que n’Ele crer. Mas Deus mantém o ser humano livre para decidir se quer ser salvo ou não. A decisão é individual e personalizada. Ninguém pode decidir por outra pessoa, para que não haja falha, falsidade, desonestidade. Jesus quer o sim de cada pessoa, individual. Jesus convida todas as pessoas para que O sigam, O aceitem como seu único e suficiente Salvador pessoal.

A partir do momento da decisão afirmativa a pessoa passa a receber as bênçãos prometidas pelo Senhor Jesus, e esta decisão religa a pessoa ao seu Deus. A pessoa passa a ter o direito no porvir, de morar na mansão celestial (João 14.2) juntamente com o Senhor Jesus e os demais salvos por Ele. Tudo voltará ser como no início – paraíso, tranquilidade, amor, vida eterna, presença do Senhor nosso Deus.

“E, assim, se alguém está em Cristo, é nova criatura; as cousas antigas já passaram; eis que se fizeram novas” 2 Co. 5.17.