Browsed by
Mês: março 2015

Viva com intensidade

Viva com intensidade

Viver com intensidade

“No zelo, não sejais remissos; sede fervorosos de espírito, servindo ao Senhor” Rm. 12.11.

O Senhor Jesus quer que todas as suas ovelhas vivam com intensidade o Seu grande amor, e tenham zelo pela Sua Palavra. As ovelhas devem estar entrosadas com o que nela está escrito. Deus escolheu e santificou alguns homens fiéis, e os preparou para que escrevessem o que Ele quis deixar como regra de fé e prática aos Seus amados. Tudo escrito para que o Seu povo tivesse uma orientação segura e firme ao caminhar pelas sendas da vida. Para que as ovelhas vivam com intensidade no Senhor precisam ter um espírito santificado, totalmente entregue nas mãos do Senhor Deus. Viver com intensidade é estar totalmente voltado para a Palavra de Deus, colocando-a em prática em tudo que realiza. Jesus ama de tal maneira as Suas ovelhas, que quer que sejam suas amigas, por isso, precisam estar à altura para deliciar-se no Seu amor.

Atualmente, a maioria das pessoas está distraída, desligada do mundo, longe da responsabilidade para com o seu Senhor. Isso não as livra da responsabilidade espiritual. Essas pessoas vivem sem se preocupar com as bênçãos que poderiam ganhar e usufruir em suas vidas. É muito comum encontrarmos cristãos nominais, isto é, apenas ligados a Igreja, mas totalmente fora do plano de Deus. Sempre que aparece uma necessidade maior, correm de um lado para outro, a fim de encontrar quem ore por elas, quem dê uma palavra de conforto, de segurança, de amor. Assim, há pessoas longe do seu Senhor, nem sequer, sabem o que está na Sua Palavra.

Viver com intensidade espiritual é cultivar a comunhão com o Senhor nosso Deus. É caminhar com Ele. Estudar a Sua Palavra, meditar nela, orar. Estar sempre conectado com a Palavra de Deus. Procurar a santificação. Deixar de lado a apatia, a indolência, e procurar o fogo divino. O fogo divino mantém qualquer pessoa em grande atividade.  A Palavra de Deus é o mapa do tesouro. Porque quem tem essa Palavra no coração/alma/espírito, certamente saberá o caminho para ser feliz, amoroso, cuidadoso, honesto, fiel, além de crescer no conhecimento, na fé, no amor de Deus.  Quem tem o fogo divino no espírito, está sempre apto a transmitir a Palavra de Deus, a orar com quem necessita, a consolar, visitar, a ensinar aos demais o correto caminho para a Glória Eterna.

O amor de Deus para com as nossas vidas é incondicional. Porque se Ele fosse exigir alguma coisa de nós, com certeza estaríamos totalmente perdidos e condenados. Não temos nada espiritual para oferecer ao Senhor Deus. Ele nos ama desde antes do nosso nascimento (Sl. 139.16). O que temos para oferecer, se não temos lembrança alguma dessa época?  Por isso, precisamos viver intensamente, porque o Senhor Deus nos ama e tem planos grandiosos para as nossas vidas, e o Seu amor é imensurável e incomparável. E a sombra do nosso Deus está sempre a nos cobrir com toda proteção necessária. Vivamos com intensidade, confiantes, seguros, felizes, servindo ao Senhor e usufruindo do Seu grande amor.

“… aguardando a bendita esperança e a manifestação da glória do nosso grande Deus e Salvador Cristo Jesus” Tito 2.13.

“Se vivemos no Espírito, andemos também no Espírito” Gl. 5.25.

Graça e Paz!

O poder do Evangelho

O poder do Evangelho

O poder do Evangelho

“Pois não me envergonho do evangelho, porque é o poder de Deus para a salvação de todo aquele que crê…” Rm. 1.16.

“Ide por todo o mundo e pregai o evangelho a toda criatura” disse Jesus Mc. 16.15.

Há uma infinidade de livros no mundo, muitos autores, e escritos em muitas línguas. Livros muito divulgados, muito lidos, uns muito bons outros nem tanto. O importante é que existem, para divulgar a cultura de um povo no decorrer dos anos. Assim podemos pesquisar a respeito da cultura de qualquer tribo, povo e nação, e tomar conhecimento dos seus modos e costumes. Mas existe o Livro dos livros, escrito pelo Autor Eterno, em que não há mudanças, nem variações, nem sombra de dúvidas. O poder de Sua Palavra penetra fundo no coração/alma/espírito humano como uma espada de dois gumes (Ef. 6.17).  Neste Livro encontramos o Evangelho. O poder do Evangelho é imensurável. Ele transforma vidas, fortalece a alma, guia corretamente pelas sendas da vida, e no final dela dá-nos a garantia da vida eterna.

O poder do Evangelho é tão grande que alcança todos os lugares e todas as pessoas do mundo. O Evangelho cuida da melhor parte do ser humano, que é a parte espiritual. Ele permanece através do tempo, não há necessidade de corrigi-lo, reescrevê-lo, reeditá-lo, porque o seu Autor é Eterno, e eterna é a Sua Palavra. O seu Autor não permite que se mude uma só palavra (Ap. 22.18,19). O Evangelho muda a direção de uma vida conturbada, repleta de desacertos, desencontros, sem um rumo certo. O Evangelho recupera vidas todos os minutos, oferecendo-lhes a alegria de viver e a salvação de sua alma imortal.

O Evangelho faz parte da Bíblia Sagrada. A Bíblia é a Palavra de Deus revelada para que todo aquele que quiser ser salvo da perdição eterna, é só aceitar o plano de Deus para a sua salvação.  Embora a Palavra de Deus tenha uma extensão infinita para alcançar todas as pessoas do mundo, Deus na Sua infinita bondade deixou livre o ser humano para decidir sobre a sua vida. É ele que vai decidir sobre o seu futuro, seu porvir, sua eternidade.

Deus oferece gratuitamente a salvação a todo aquele que O busca com sinceridade, fidelidade, humildade e amor. Deus tem um plano maravilhoso para a vida humana, que são as bênçãos prometidas por Ele na Sua Palavra, e no porvir a segurança da vida eterna, juntamente com Ele e os demais salvos. Deus quer que todo ser humano tome a decisão de aceitá-lO ou não. Ele respeita a decisão de cada um. Somente Deus pode oferecer vida eterna no paraíso celeste, através de Seu Filho amado Jesus Cristo. Quem não se preocupar com a oferta do Senhor, não poderá contar com Ele na eternidade. Onde essas pessoas passarão a eternidade?

O poder do Evangelho é transformador. É um poder que quebra, inutiliza, apaga o pecado e constrói uma nova vida. Vida santificada, útil, valorizada, capaz de construir novos planos. A nova vida é valiosa demais para quem recebe a bênção da salvação, porque a salvação é eterna. O Senhor Jesus ama a todos que pertencem ao Seu rebanho, sem discriminação, sem acepção de pessoas. Toda alma é preciosa na presença de Deus. O Seu rebanho é movido, educado, alicerçado pela paz. Jesus é o Príncipe da Paz (Is. 9.6b). A Bíblia Sagrada é toda inspirada por Deus, e escrita por pessoas escolhidas e santificadas por Ele. A Bíblia é o livro mais lido e mais vendido no mundo, e realiza maravilhas nas vidas necessitadas espiritualmente. Todo ser humano deveria querer o Senhor Jesus como seu único e suficiente Salvador pessoal.

“Porque a Palavra de Deus é viva, e eficaz, e mais cortante do que qualquer espada de dois gumes, e penetra até o ponto de dividir alma e espírito, juntas e medulas, e é apta para discernir os pensamentos e propósitos do coração” Hb. 4.12.

Graça e Paz!

Os trabalhadores de última hora

Os trabalhadores de última hora

 Trabalhadores de última hora

“Mas o proprietário, respondendo, disse a um deles: Amigo, não te faço injustiça; não combinaste comigo um denário?”.  “Toma o que é teu e vai-te; pois quero dar a este último tanto quanto a ti” “ Porventura, não me é lícito fazer o que quero do que é meu? Ou são maus os teus olhos porque eu sou bom?” Mt. 20.13-15. (20.1-16).

Quando o assunto é trabalho, proprietário, remuneração, imediatamente, as pessoas pensam e interpretam de forma material. Logo entra a ideia de prejuízo, trapaça, quase nunca percebemos boa vontade, ou boa interpretação do trabalho material. Dificilmente, encontramos pessoas realizadas, satisfeitas, contentes com o trabalho que realizam. Discute-se o número de horas trabalhadas, o contrato firmado, mas geralmente, é a má intenção que impera sempre. Porém, o nosso assunto é a respeito do trabalho espiritual. E que cada trabalhador é contratado em horas diferentes, para um trabalho diferenciado e personalizado. O Senhor Jesus disse: “Meu Pai trabalha até agora, e eu trabalho também” João 5.17. O proprietário de todo o Universo nos oferece a bênção do trabalho, e nos oferece também um retorno grandioso de nossas ações, um pagamento corretíssimo. Se aceitarmos a Sua oferta, receberemos tudo o que Ele tratou conosco. Ele não mente, não falha em Suas propostas. Esse trabalho se ramifica a outras pessoas, as quais, queremos que nos ouçam, e aceitem a mesma oferta de trabalho feita por esse Proprietário bondoso.

Quanto mais pessoas alcançarmos para o Seu trabalho, melhor para essas vidas salvas do fogo do inferno.  Devemos louvar ao nosso Contratante, porque, o quanto antes Ele nos chamar, mais tempo teremos para nos dedicar ao Seu trabalho. Se trabalharmos mais tempo no campo do Senhor nosso Deus, melhor e mais felizes seremos no decorrer da vida. Desde o momento do contrato, receberemos as bênçãos prometidas por Ele, e também a certeza da vida eterna, juntamente com o Senhor Deus e os demais salvos.  Quanto àqueles que são contratados tempos depois, receberão de acordo com o seu contrato, não importa a parte deles para nós, porque cada pessoa é um mundo diferente, exclusivo, personalizado. O que pertence a um mundo particular, não faz parte do mundo de outrem. Portanto, não há diferença entre os trabalhadores quanto a sua remuneração espiritual, uma vez que o Proprietário assim tratou com cada um em particular.

Cada pessoa é individualmente responsável pela sua vida, sua decisão, seu modo de ser. O Proprietário contrata os trabalhadores, cada qual, um contrato diferente com tempo a trabalhar combinado; não cabe a nós reclamarmos a seu respeito, mesmo porque não sabemos o quanto o outro realizou, e como o fez. Muitas vezes, pessoas que são chamadas tardiamente para trabalhar no campo do Senhor, mas desenvolvem um excelente trabalho, não importa se muito tempo, muitas horas, ou poucas horas, o que importa é, se o Proprietário do campo aprova ou não o seu trabalho. Outras pessoas firmam contrato de trabalho com o Proprietário do campo, mas fazem o trabalho sem muito esforço, relaxadamente, e não se preocupam com o seu resultado, não agindo corretamente com o seu Contratante.

Os versos acima tratam do trabalho espiritual, do tempo e do amor dedicados a esse trabalho. Deus é Espírito e Verdade (João 4.23). Somente o que é espiritual agrada ao Senhor nosso Deus.  O trabalhador espiritual consagrado louva ao seu Senhor, vive feliz na Sua presença e Sua companhia. Ele se alegra quando outro se achega ao seu Senhor. Ele nunca reclama de ter trabalhado mais e o outro menos, pelo contrário, ele pensa em união das forças para aumentar a realização do trabalho, porque ambos amam o seu Senhor e Proprietário do Campo. O tempo é o grande presente que o Senhor nos dá para realizarmos o Seu trabalho, e vivermos da melhor maneira possível.

Todo servo do Senhor deve se alegrar, se o seu tempo for maior que dos outros, se foi contratado antes que alguns outros, porque há mais tempo e mais oportunidades de um trabalho profícuo, e do agrado do Proprietário do Campo. Todos os trabalhadores espirituais devem caminhar juntos ao seu Senhor e exaltar o Santo e bendito nome do Senhor Deus. Toda pessoa que exerce o trabalho espiritual, será bem sucedida no trabalho material também. Ela será uma pessoa completa, realizada e feliz com o seu Senhor. E será bênção onde quer que vá ou esteja.

“Trabalhai, não pela comida que perece, mas pela que subsiste para a vida eterna, a qual o Filho do homem vos dará; porque Deus, o Pai, o confirmou com o seu selo” João 6.27.

“Ora, o que planta e o que rega são um; e cada um receberá o seu galardão, segundo o seu próprio trabalho. Porque de Deus somos cooperadores; lavoura de Deus, edifício de Deus sois vós” 1 Co. 3.8,9.

Graça e Paz!