Browsed by
Mês: março 2016

Semente

Semente

“Aquilo que o homem semear, isso também ceifará” (Gl 6.7).

Existem sementes das mais variadas espécies. Umas são boas, e darão bons ou ótimos frutos, outras são más, e darão maus frutos. Cada qual dará o seu fruto correspondente à sua espécie. Não é possível uma espécie dar frutos de espécie diferente. A natureza é sábia e rigorosamente preparada e comandada por Deus.  Tudo é acompanhado e permitido por Ele. “Até os cabelos da vossa cabeça estão todos contados…” Lc. 12.7ª.

Acontece assim também com a semente espiritual. A boa semente é a Palavra de Deus que dá e dará ótimos frutos, e, por conseguinte, a colheita sempre será boa. A Palavra de Deus nunca volta vazia, antes faz o que apraz a Deus, Is. 55.11. A Palavra de Deus é a semente que mais frutifica. A pessoa a recebe pequenina, ela nasce, cresce, e frutifica mais e mais. Muitas vezes, essa semente divina é plantada em um coração, e ela brota, cresce, e vai dar frutos em lugares bem distantes. Não há limite para o crescimento e os frutos dessa semente maravilhosa.

A semente ruim também dará o seu fruto. E o dará em abundância. Quanto pior a semente, maior é o seu fruto em quantidade. O inimigo das almas imortais é quem dissemina a semente ruim. Ele tem muito prazer em disseminá-la e cuidar para que dê muito fruto. Todos ruins com certeza. As sementes tanto a boa como a ruim não dão frutos apenas uma vez, mas muitas e muitas vezes. Porque essas sementes darão frutos, e os frutos darão outros frutos, e assim por diante. A pessoa geralmente colhe muito mais do que semeia.

Quando a Palavra de Deus é transmitida a alguém, e esse alguém aceita-a, em seguida, transmite-a a outrem, e assim sucessivamente. Quantos frutos sairão dali no decorrer do tempo? São frutos robustos, saudáveis espiritualmente, que certamente produzirão outro tanto, e assim a colheita aumentará mais e mais. A boa semente é luz para o caminho. Quem tem a boa semente não vive em trevas, pelo contrário, caminhará sempre na luz. E com uma vantagem, na companhia do autor da boa semente. O mesmo acontece com a semente ruim ou maligna, quantas pessoas ela atingirá no curso da vida. Mesmo quando uma pessoa se converte ao Senhor Jesus, o passado ruim ainda fala alto por um bom tempo, até a pessoa provar que o Senhor Jesus a transformou em uma nova pessoa.

Ao comparar as duas sementes, podemos delimitar bem o sucesso de uma em detrimento da outra. Se a plantação for da Palavra de Deus, os frutos serão viçosos, bons, amados, espirituais, bem aceitos onde quer que estejam. O resultado será paz, harmonia, bem estar, comunhão, compreensão, amor. Mas onde é cultivada a semente ruim ou maligna, o fruto será péssimo e o resultado é todo tipo de desentendimento, corrupção, desonestidade, brigas, malícia… Podemos observar com freqüência o fruto maligno do inimigo das almas imortais.

O profeta Obadias relatou um fato ocorrido com os edomitas (descendentes de Esaú, irmão de Jacó). Os edomitas castigaram duramente o povo de Israel (descendentes de Jacó). O profeta admoestou-os a respeito do que aconteceria se assim o fizessem. Deus prometeu-lhes: “Como tu fizeste, assim se fará contigo” (Ob v. 15). Assim Deus os destruiu porque se mostraram arrogantes e se regozijaram porque invasores humilharam Israel. Edom foi varrido da face da terra. Deus não quer que a pessoa apóie a maldade de quem tem a semente maligna dentro de si. Antes que se cultive a boa semente e se colha fruto digno de arrependimento.  “Como tu fizeste, assim se fará contigo”. Edom fora destruído e eliminado da face da terra devido a sua arrogância e soberba para com o povo de Israel. Ob 15-16.

Conclusão: cabe a cada pessoa escolher qual semente quer para si. Se a boa semente – A Palavra de Deus e o resultado maravilhoso que nos traz a paz, o amor, compreensão, e o caminhar tranqüilo com o Senhor Jesus Cristo. E no por vir à vida eterna juntamente com Ele e os demais salvos. Ou a pessoa escolhe a maligna semente, e o resultado escabroso que vem do inimigo das almas imortais. Além da perdição eterna, porque toda alma é imortal, eterna, quer seja ela salva ou não, ela não deixa de ser imortal. Os salvos irão para a morada eterna com o Senhor Jesus, e os perdidos irão para a morada eterna juntamente ao inimigo das almas imortais, porque assim essas pessoas o escolheram. Os edomitas semearam animosidade, assassinato, aprisionamento, roubo e destruição. Portanto, estavam destinados a colher as mesmas coisas ou até piores.

“Não vos enganeis: de Deus não se zomba; pois aquilo que o homem semear, isso também ceifará.” Gl. 6.7.

Graça e Paz!