Browsed by
Mês: março 2018

Gratidão

Gratidão

1 Coríntios 1.4-9

Gratidão é o reconhecimento por um benefício recebido, agradecimento que brota do fundo do coração, e que transforma  cada dia a vida de uma pessoa. A verdadeira gratidão é a que parte do espírito da pessoa, porque se a pessoa reconhecer os benefícios e a grandeza do ato de Deus em sua vida, ela será extremamente grata. A gratidão é espiritual, somente agradamos a Deus com atitudes espirituais. A gratidão é algo maravilhoso na vida do ser humano, ele se torna amoroso, bondoso, paciente, dócil, saudável espiritualmente, enfim, uma pessoa completa. A falta de gratidão torna a pessoa amarga, antipática, tóxica (ninguém a quer por perto, muitas vezes as pessoas se escondem para não ficar de frente a frente). Essa atitude acontece porque há falta de gratidão, e excesso de auto-idolatria,  o que a leva a querer apresentar-se como vítima, pois acredita que cada ser humano tem a obrigação de aturá-la nos seus devaneios e chateações.

Gratidão não é simplesmente agradecer por algum favor ou um presente recebido, e dizer ‘muito obrigado/a’, isto é educação, convivência social, regras sociais. Muitas vezes a pessoa agradece alguém, mas está com uma raiva feroz interior. Gratidão é um sentimento muito superior a qualquer agradecimento educado. A gratidão traz um fluido espiritual que contamina com ótimos ares o lugar onde a pessoa se encontra. É muito agradável conversar ou conviver com alguém grato a Deus pelos muitos benefícios que Ele oferece. O grande rei Davi era mui grato a Deus por tudo que ele recebia do Senhor, mesmo enfrentando as mais duras batalhas, emboscadas, inimigos invejosos que planejavam a sua morte, havia inimigos dentro de sua própria casa, mas ele meditava na grandeza e na profundidade da criação do Senhor seu Deus. Davi ficava maravilhado ao observar o firmamento, as estrelas, toda a natureza.

Durante toda a sua vida Davi meditou nas coisas que Deus fazia (Sl 71.5,17). Numa oração ele disse a Deus: “Medito em todos os teus atos; reflito no trabalho das tuas mãos com vivo interesse” Sl. 143.5).  Davi não era uma pessoa artificial, ele pensava em assuntos profundos. Isso o ajudou a desenvolver gratidão. Davi foi considerado amigo de Deus.  Davi o maior rei de Israel é chamado de “O homem segundo o coração de Deus”. 1 Sm 13.14. Ser grato a Deus tornou-o um grande rei, vencedor de grandes batalhas, porque quem realmente venceu e vence as batalhas é o Senhor Deus. Deus estava sempre no comando de sua vida. Davi viveu uma longa e preciosa vida na presença do Deus Altíssimo.

Ser grato traz benefícios físicos, mentais e emocionais. A gratidão supre a pessoa de: felicidade, alegria espiritual, torna a pessoa mais positiva, agradável, simpática, melhor saúde, constrói relacionamentos mais fortes, mais amizades. A gratidão traz alegria e bem estar ao coração. Por menor que seja a gratidão, sempre traz algum benefício à pessoa. Assim, a gratidão transforma a pessoa, muitas vezes tóxica, (intragável, indesejável, desagradável, antipática…), em alguém amável e querida por todos que a cercam. A gratidão tem que ser vivida, praticada diariamente. O apóstolo Paulo era mui grato pelas pessoas que aceitavam o Evangelho e o Senhor Jesus Cristo. “Sempre dou graças a (meu) Deus a vosso respeito, a propósito da sua graça, que vos foi dada em Cristo Jesus” (1 Co. 1.4). “… se agradecidos… (Cl. 3.15b).

“Para Deus, a falta de gratidão é uma forma de injustiça” Hb. 6.10. “Estejam sempre alegres. Deem graças por todas as coisas.” 1 Tessalonicenses 5.16,18.