A bênção da paz

A bênção da paz

A bênção da paz  5

“O Senhor dá força ao seu povo, o Senhor abençoa com paz ao seu povo.” Sl. 29.11.

“Seja a paz de Cristo o árbitro em vosso coração, à qual, também, fostes chamados em um só corpo; e sede agradecidos. Habite, ricamente a palavra de Cristo; instruí-vos e aconselhai-vos mutuamente em toda sabedoria, louvando a Deus, com salmos, e hinos, e cânticos espirituais, com gratidão, em vosso coração” Cl. 3.15,16.

Jesus é o príncipe da Paz. A palavra paz é pequenina, mas de um significado extraordinário e de difícil aplicação. Se o ser humano observasse os significados da palavra paz – repouso, sossego, silêncio, tranquilidade da alma, ausência de conflitos íntimos, concórdia, harmonia, e colocasse em primeiro lugar a paz em sua vida, tudo seria diferente. Para isso ele precisaria conhecer o Príncipe da Paz, Jesus Cristo. E se o Príncipe da Paz estiver no comando de uma vida, tudo passa a ser melhor. Aquele que era irrequieto, maldoso, trapaceiro, mentiroso, falsário, passa a ser comandado pelo Príncipe da Paz. Tudo muda em sua vida, até mesmo a saúde melhora, o bem-estar aumenta, a compreensão é ampliada.

A paz nos ensina a ser agradecidos a Deus pelo que recebemos de Suas dadivosas mãos. Passamos a entender que não temos nada de espiritual para oferecermos a Deus, e tudo que recebemos é dádiva Sua. Se o Senhor nosso Deus nos conhece desde antes do nosso nascimento, quando não tínhamos forma definida, não existíamos (Sl. 139.16), o que nós podemos oferecer a Ele espiritualmente? Mas Deus nos ama de tal maneira, que quer que todos se salvem e que todos estejam com Ele no paraíso celeste.

Deus quer que tenhamos a paz de Cristo como ponto principal em nosso coração. E que a Palavra de Cristo habite ricamente em nós. Através da Palavra de Cristo devemos nos instruir e nos aconselhar mutuamente em toda sabedoria espiritual, louvando a Deus com salmos, e hinos, e cânticos espirituais. Assim ocorre o crescimento espiritual, o qual transforma dia a dia a vida de uma pessoa. Deus quer que sejamos agradecidos em nossos corações, porque tudo Ele nos oferece graciosamente, Ele está sempre no comando de nossas vidas. Assim teremos a paz de Cristo em nossos corações.

“Vós, porém, sois raça eleita, sacerdócio real, nação santa, povo de propriedade exclusiva de Deus, a fim de proclamardes as virtudes daquele que vos chamou das trevas para a sua maravilhosa luz” 1 Pedro 2.9.

Graça e Paz!

Comments are closed.