A casa de Deus, lugar de glória

A casa de Deus, lugar de glória

A casa de Deus, lugar de glória“Eu amo, Senhor, a habitação de tua casa e o lugar onde tua glória assiste.” Sl. 26.8.

Deus é Espírito e Verdade (João 4.23). A casa de Deus é espiritual, portanto, cada alma/espírito que o Senhor elege, ou cada ser humano que convida o Senhor da Glória para habitar no seu interior, este lugar é a casa de Deus. Apoc. 3.20 – “Eis que estou à porta e bato; se alguém ouvir a minha voz e abrir a porta, entrarei em sua casa e cearei com ele, e ele, comigo”. A verdadeira casa de Deus é o âmago do espírito humano. Todo ser humano que tem o Senhor Jesus dentro de seu espírito, age de forma diferente daqueles que não O tem. Cada minuto, cada segundo, a pessoa deve agradecer a Deus as bênçãos recebidas até aquele momento. Por isso, a pessoa deve dedicar a Deus todo poder, toda honra e toda glória. Somente Ele pode todas as coisas eternamente.

Denominamos também como casa de Deus o lugar onde nos reunimos para adorá-LO em Espírito e Verdade “Alegrei-me quando me disseram: Vamos à Casa do Senhor” Sl. 122.1.  Este lugar é dedicado ao Senhor, especialmente, nos momentos em que há a adoração. Porque a casa de Deus verdadeira está dentro de cada um dos Seus adoradores. “… Porque o reino de Deus está dentro de vós” (Lc. 17.21b). Cabe cada um estar consciente da responsabilidade que lhe pesa nos ombros, e honrar o nome de cristão. Ser um servo de Deus é importantíssimo. A pessoa recebe as mais variadas bênçãos, e no porvir a vida eterna prometida por Ele a todos quantos se converterem ao Seu Santo e Bendito Nome, mas a pessoa tem obrigações para com o seu Senhor e Deus. Ter direito as bênçãos é muito bom, mas corresponder às obrigações também é muito válido. Não há direitos sem obrigações.

Algumas obrigações de uma pessoa para com Deus são: aceitar o convite do Senhor Jesus para que se converta a Ele, e caminhe juntamente com Ele; estudar a Palavra de Deus para crescer no conhecimento, crescer espiritualmente; meditar na Palavra diariamente, e por em prática a mensagem que ela tira da meditação; orar constantemente por si próprio, pela família e pelos muitos pedidos que são feitos constantemente; ter um testemunho impecável, porque um mau testemunho fala muito alto, além de ficar gravado no coração daquele que vê ou assiste o ocorrido, e  de ficar uma péssima impressão da pessoa que praticou tal erro. Portanto, todo ser que se diz cristão, tem a obrigação de imitar o seu Senhor e Mestre Jesus Cristo, o Justo.

A Palavra de Deus deve acompanhar todo aquele que se diz ovelha do Seu pastoreio. “Sabei que o Senhor é Deus; foi Ele quem nos fez, e dele somos; somos o seu povo e rebanho do seu pastoreio” Sl. 100.3. Porque a Palavra está sempre presente na vida de cada uma de Suas ovelhas. Somente assim a ovelha poderá caminhar firme e segura pelas sendas da vida. Deus não faz acepção de pessoa. Todas são importantes na Sua presença. Todas tem a mesma oportunidade de aceitar ou não a salvação que vem de Cristo Jesus. A decisão é pessoal e personalizada. Portanto, pesa no ombro de cada ser humano a decisão a proposta que o Senhor da Glória faz . Onde você passará a eternidade?

“Quanto a nós, teu povo e ovelhas do teu pasto, para sempre te daremos graças; de geração em geração proclamaremos os teus louvores” Sl. 79.13.

“Alegrei-me quando me disseram: Vamos à Casa do Senhor” Sl. 122.1.

Graça e Paz!

Comments are closed.