A incredulidade de Tomé

A incredulidade de Tomé

A incredulidade de Tomé 1João 20.24-31.

Tomé era um dos discípulos de Jesus que não estava junto com os demais, quando Jesus apareceu. Quando Tomé chegou, os demais lhe contaram: “Vimos o Senhor”. Mas ele respondeu: “Se eu não vir em suas mãos o sinal dos cravos, e ali não puser o meu dedo, e não puser a minha mão no seu lado, de modo algum acreditarei” v. 25. A incredulidade de Tomé levou-o a duvidar da ressurreição do Senhor Jesus. Ele necessitava ver para crer.

Muitas pessoas ainda são assim. Necessitam ver sinais para crer em Jesus. Com a vinda do Espírito Santo de Deus é impossível a pessoa vê-lO fisicamente. Ela necessita crer, sem ver. Se nós sabemos que o vento existe, mas não o vemos, apenas o sentimos em nossos corpos, ou no movimento das folhas de uma árvore, sabemos também que o Espírito de Deus age em nosso meio, em nossas vidas. Transforma-as dia após dia sempre para melhor. A pessoa que aceita o Espírito Santo de Deus em seu coração/alma/espírito, nasce de novo. É um nascer espiritual, e é para a eternidade, porque Deus é Eterno.

Oito dias mais tarde os discípulos estavam reunidos, e Tomé estava com eles. “Estando as portas trancadas, veio Jesus, pôs-se no meio e disse-lhes: Paz seja convosco!” v. 26b. E logo disse a Tomé: “Põe aqui o teu dedo e vê as minhas mãos; chega também a tua mão e põe-na no meu lado; não sejas incrédulo, mas crente” v. 27. Jesus chama a atenção de Tomé para que creia e não duvide. Tomé respondeu: “Senhor meu e Deus meu!” v.28. Disse-lhe Jesus: “Por que me viste, creste? Bem-aventurados os que não viram e creram” v. 29. Todas as pessoas que vieram depois dos discípulos, que se converteram e creram no Senhor Jesus, creram sem vê-lo, porque  Jesus foi assunto ao céu, e ninguém mais teve oportunidade de vê-lo fisicamente. Mas Ele enviou o Consolador que é o Seu Espírito Santo.

Jesus fez muitos outros sinais que não estão escritos aqui no Evangelho de João. O apóstolo João disse que Jesus fez tantos sinais, que se fossem todos relatados, não caberiam no mundo os livros que resultariam desses relatos. Jo. 21.25. “Estes, porém, foram registrados para que creiais que Jesus é o Cristo, o Filho de Deus, e para que, crendo, tenhais vida em seu nome”v. 31.

“Sê fiel até a morte, e dar-te-ei a coroa da vida” Apoc. 2.10b.

Graça e Paz!

Comments are closed.