A seara e os trabalhadores

A seara e os trabalhadores

seara e trabalhadores“… A seara, na verdade, é grande, mas os trabalhadores são poucos” Mt. 9.37b.

Mt. 10.6 “… mas, de preferência, procurai as ovelhas perdidas da casa de Israel” – casa de Israel (todos que se converteram ao Senhor Jesus) – e que caminhavam com Ele, e um dia se desviaram do Caminho por qualquer motivo. Jesus ainda lhes dá uma nova chance.

O ser humano se converte ao Senhor Jesus, isto é, O aceita em seu coração/alma/espírito. Ele O recebe como seu Senhor e Salvador. Daí para frente ele caminha juntamente ao o seu Senhor. Sendo cuidado, orientado, amado por Ele. O Senhor é zeloso, amoroso com os Seus. Ele prepara grandes e poderosas bênçãos para os Seus seguidores. Quem tem Jesus tem tudo, mas quem não tem, não tem nada. Porque estar com Jesus é ter segurança, e a certeza da vida eterna juntamente com Ele no paraíso celeste (João 14.2,3). O Senhor mostrou aos seus discípulos Pedro, Tiago e João, um pouquinho do Seu reino no monte da transfiguração (Mt. 17.1-8). Que maravilhosa foi esta visão aos Seus discípulos. Daí meditarmos como será o Reino na sua totalidade e eternamente. ”… mas, como está escrito: Nem olhos viram, nem ouvidos ouviram, nem jamais penetrou em coração humano o que Deus tem preparado para aqueles que O amam” 1 Co. 2.9.

Todos os Seus discípulos (seguidores) sabem a respeito da maravilha que é o Reino Celestial. Cabe a cada um deles transmitir esse conhecimento às pessoas que ainda não conhecem. Porque toda pessoa que recebe um lindo presente, gosta de alardear a todos que a cercam a respeito dele. Os discípulos devem fazer o mesmo, levar a Palavra maravilhosa do Senhor Jesus, e todos os Seus feitos registrados, a todos que ainda não conhecem. Jesus continua realizando os grandes milagres atualmente como fizera no passado quando andou fisicamente aqui. Todos os dias, todas as horas sabemos que há pessoas se convertendo dos seus maus caminhos, e se arrependendo dos seus pecados, sendo salvos pela graça e de graça pelo Senhor Jesus Cristo.

A seara é grande, o mundo é grande, e existe muito trabalho a ser feito, muita gente para ouvir a Palavra de Deus, e receber as bênçãos preparadas por Ele. Os trabalhadores são poucos, porque por mais discípulos que haja, não é suficiente para levar a Palavra a todas as pessoas.  O campo é muito grande, e conta com uma série de empecilhos para chegar até uma pessoa, e esta ouvir e aceitar com boa paz as boas novas do Evangelho. Há uma série de dificuldades no caminho dos discípulos, como: pessoas contrárias a religião, os que se consideram ateus, as revoltadas com o mundo de maneira geral, daí a grande dificuldade.

Os trabalhadores realmente são poucos, porque mesmo entre os salvos, poucos saem para levar a Palavra de Deus às pessoas que ainda não a conhecem; não se preocupando com o porvir delas. Se todos os discípulos (os salvos) tivessem essa preocupação de levar as boas novas do Evangelho, e amassem as almas como Jesus amou (ama, e amará), que zelassem pelo testemunho pessoal, tudo seria diferente. Os trabalhadores são poucos, mas todos trabalhando, teríamos uma grande frente de trabalho realizado e outro tanto realizando.

Há muitos tipos de trabalho, como: a) Oração – quem não pode sair de casa porque está doente, ou tem muita idade, e não está em condições normais para visitar, levar as boas novas, pode orar pelo trabalho da Igreja, dos irmãos que vão ao campo, dos mais variados trabalhos. A oportunidade de trabalhar é a mesma daquele irmão ou irmã que vai realizar esse trabalho, daquele que fica orando, intercedendo para que o trabalho seja frutífero, abençoado. O galardão é o mesmo para aquele que ora, e para aquele que vai. a) Trabalho onde quer que a pessoa esteja como na profissão, ou na convivência com outras pessoas, sempre há alguém que necessita ouvir as boas novas, ou de uma oração. Todos tem essa oportunidade de realizar o trabalho na seara do Senhor. Desde a criança até o mais idoso, cada qual na sua área de atuação. Para esse tipo de trabalho não há limite de idade, é oferecido a todos igualmente.

“Aquele que confessar que Jesus é o Filho de Deus. Deus permanece nele, e ele, em Deus” 1 João 4.15.

“Nós O amamos, porque Ele nos amou primeiro” 1 João 4.19.

Graça e Paz!


Comments are closed.