Espírito Santo, o Intercessor

Espírito Santo, o Intercessor

Espírito Santo, o intercessor 5Romanos 8.16-39.

“Também o Espírito, semelhantemente, nos assiste em nossa fraqueza; porque não sabemos orar como convém, mas o mesmo Espírito intercede por nós sobremaneira, com gemidos inexprimíveis” Rm. 8.26.

Os profetas do Velho Testamento se referiam ao Messias, que Deus prometera ao Seu povo. O Messias viria e desenvolveria um grande e excelente ministério. Esse ministério teria um tempo determinado onde ocorreriam muitas curas de várias enfermidades, muitos sinais, muitos milagres, principalmente a salvação de almas imortais.

Jesus, o Messias (pessoa esperada ansiosamente, pessoa a quem Deus comunica algo de seu poder ou autoridade) prometido por Deus veio, e desenvolveu um grande ministério como foi profetizado no passado, e realizou o sacrifício na cruz do calvário, ressuscitou ao terceiro dia, apareceu aos Seus discípulos provando que Ele venceu a morte. Jesus foi assunto ao céu. “… mas recebereis poder, ao descer sobre vós o Espírito Santo, e sereis minhas testemunhas tanto em Jerusalém como em toda a Judéia e Samaria e até aos confins da terra. Ditas estas palavras, foi Jesus elevado às alturas, à vista deles (discípulos), e uma nuvem O encobriu dos seus olhos” Atos 1.8,9.

Alguns dias se passaram e os discípulos estavam reunidos, quando de repente desceu do céu um som, como de um vento muito forte, e encheu todo o lugar onde estavam reunidos. “E apareceram distribuídas entre eles, línguas, como de fogo, e pousou uma sobre cada um deles. Todos ficaram cheios do Espírito Santo, e passaram a falar em outras línguas, segundo o Espírito lhes concedia que falassem” At. 2.3,4.

Ali estavam reunidos diversos povos, línguas diferentes entre si. Mas cada um entendia a mensagem em sua própria língua. Não havia língua desconhecida do povo. Assim começou o Espírito Santo de Deus a agir diretamente em cada pessoa. Cada uma entendia a mensagem em sua própria língua, no seu modo de entender. Desde essa época o Espírito Santo de Deus entra no coração/alma/espírito de uma pessoa e se comunica com ela de acordo com o entendimento que possui e seu  modo de ser.

Mas a pessoa necessita querer que isso aconteça, e que ela convide o Senhor a entrar no seu coração e fazer nele morada. “Eis que estou à porta e bato; se alguém ouvir a minha voz e abrir a porta, entrarei em sua casa e cearei com ele, e ele comigo” Apoc. 3.20. O Espírito Santo de Deus tem feito maravilhas na vida da pessoa. Desde a conversão que salva a alma imortal de uma pessoa para a eternidade; muda a vida dessa pessoa da noite para o dia; recupera viciados dos mais variados tipos; levanta os caídos no lamaçal do pecado; liberta os cativos de Satanás; repreende a depressão que mata espiritualmente uma pessoa; enfim, o Espírito Santo de Deus tem agido, tem mudado o rumo do mundo incrédulo que nos cerca. Se não fosse assim, tudo estaria perdido.

“… Em todas estas cousas, porém, somos mais que vencedores, por meio daquele que nos amou. Porque eu estou bem certo de que nem a morte, nem a vida, nem os anjos, nem os principados, nem as cousas do presente, nem do porvir, nem os poderes, nem a altura, nem a profundidade, nem qualquer outra criatura poderá separar-nos do amor de Deus, que está em Cristo Jesus, nosso Senhor” Rm. 8.37-39.

Graça e Paz!

 

Comments are closed.