Fortuna

Fortuna

Fortuna.1.

“Não acumuleis para vós outros tesouros sobre a terra, onde a traça e a ferrugem corroem e onde ladrões escavam e roubam; mas ajuntais para vós outros tesouros no céu, onde a traça nem ferrugem corrói, e onde ladrões não escavam, nem roubam; porque, onde está o teu tesouro, aí estará também o teu coração” Mt. 6.19-21.

Eis o mapa da fortuna verdadeira e eterna. O Senhor nosso Deus nos legou esse valiosíssimo mapa. Nele encontramos desde o ponto mais simples para os nossos caminhos, até os mais complexos e imaginários, que são as preocupações do porvir. Fortuna verdadeira é a que dura eternamente, é uma herança tesouro e preciosa que o Senhor Jesus nos concede. Se a recebermos de bom grado, ela aumenta mais e mais. O mais importante é sabermos que essa herança é eterna, é como uma escritura de direitos adquiridos para a eternidade junto ao Senhor Jesus e os demais salvos por Ele. O Senhor Jesus reunirá todos os salvos num só rebanho.

A palavra fortuna nos dá uma ideia de muito dinheiro, muitos bens, muita riqueza, muito poderio econômico, enfim, fortuna representa o máximo de poder materialmente. Essa fortuna é muito variável e vulnerável. Uma pessoa pode ter uma fortuna incalculável, ser alguém de maior destaque no mundo material, mas de uma hora para outra tudo pode vir abaixo, desmoronar, e nada pode ser feito, a não ser lamentar o ocorrido. Porém, existe uma fortuna pouco valorizada, talvez pelo seu tamanho, grandeza e invisibilidade. É a fortuna espiritual. Quem consegue visualizá-la e conquistá-la torna-se dono de uma fortuna imensa, talvez, inimaginável. Porque esta fortuna ninguém mina, nem destrói, pelo contrário, ela aumenta mais e mais.

A fortuna espiritual pouco valorizada oferece o que há de melhor para o ser humano. Tudo aquilo que muitas vezes ele não consegue materialmente, ou consegue pouco, ou mais ou menos, ele consegue espiritualmente com uma grande vantagem. Esta fortuna só aumenta o seu valor, e fica depositada num lugar supersecreto. Ela é válida aqui, e para a eternidade. É uma fortuna eterna, a qual, somente quem a adquire irá aproveitá-la eternamente. Não há herdeiros, porque mesmo que morra ninguém deixa de possuir esta fortuna maravilhosa, na eternidade. O doador dessa fortuna é o Senhor Jesus, que carinhosamente chama  cada ser humano para aceitá-lO em seu coração, e recebê-lO como seu dono e Senhor. Jesus quer ser o Senhor e Salvador de toda alma imortal, mas Ele quer que cada um tome sua decisão individualmente. Ele quer o sim de cada pessoa que Ele chama.

A decisão é individual e personalizada. Ninguém poderá alegar ignorância diante do Pai no dia em que se apresentar a Ele. A oportunidade é igual para todos, sem distinção e sem discriminação. Para o Senhor Jesus todos são iguais perante Ele. As almas imortais são todas iguais. A diferença está entre aceitar o convite de Jesus para segui-lO até a mansão celestial e viver juntamente com Ele para a eternidade, ou não aceitá-lO e planejar a sua vida e o seu futuro no porvir a seu jeito. Se não há Jesus na vida de uma pessoa, como ela viverá eternamente? Se ela não aceitou a doação do Senhor Jesus, como ela elaborará a sua fortuna espiritual?

“E o meu Deus, segundo a sua riqueza em glória, há de suprir, em Cristo Jesus, cada uma de vossas necessidades” Fl. 4.19.

“ …havia um memorial escrito diante dele para os que temem ao Senhor e para os que se lembram do seu nome”. “Eles serão para mim particular tesouro, naquele dia que prepararei, diz o Senhor dos Exércitos; poupá-los-ei como um homem poupa a seu filho que o serve” Ml. 3.16,17.

Graça e Paz!

Comments are closed.