Guarda o teu coração

Guarda o teu coração

Guarda o teu coração 1“Sobre tudo o que deve guardar, guarda o teu coração, porque dele procedem as fontes da vida” Pv. 4.23.

O provérbio acima mostra à pessoa que ela deve guardar o seu coração de atitudes ruins, rancores, iras, ódios, descontroles. Toda atitude tomada primeiro passa pelo coração, em seguida é levada à prática. É no coração que nascem as desavenças, críticas, iras, brigas, desentendimentos, fofocas. É no coração também que nasce a vontade de amar a Deus, conhecer a Sua Palavra; viver de acordo com o que Deus propôs ao ser humano. Com a Palavra de Deus o coração fica cada vez melhor, mais humano, mais piedoso, mais cordato. A Palavra de Deus oferece a grande oportunidade de um crescimento espiritual contínuo, e um bem-estar indizível àquele que se decide por Jesus Cristo.

Guarda o teu coração de todas as coisas malignas que estão no mundo, oferecendo de graça a perdição de uma alma imortal. À primeira vista, não parece tão tenebroso ser do mundo secular, distante do Senhor Deus. Tudo parece muito tranquilo, mas com o passar dos anos, as coisas mudam, aquilo que era bonito aos olhos de uma pessoa, passa não ser tão bonito assim. E quando as coisas apertam com uma enfermidade, com um revés na vida material, ou com uma depressão galopante, que muitas vezes arrasam a pessoa, aí ela tenta voltar-se a Deus. Muitas vezes ela consegue se aproximar de Deus, mas herdando todo resquício do pecado cometido outrora. Outras vezes, ela não consegue se aproximar de Deus, ficando somente nos remorsos (que não é arrependimento).

Guarda o teu coração para honrar e glorificar a Deus, para louvá-lO em Espírito e Verdade. Para receber as bênçãos que Ele tem preparado para todo aquele que n’Ele crê, que n’Ele tem o seu prazer. Este coração vive em paz, gozando das delícias celestiais aqui e agora. Essas delícias são espirituais, onde quer que a pessoa esteja ela tem a Luz de Cristo a brilhar em sua vida. Essa Luz é transmitida a todo aquele que deseja recebê-la também. Onde há um servo do Deus Altíssimo, há luz a brilhar na escuridão (pecado). Por mais pecados que uma pessoa tenha cometido, a Luz de Cristo dissipa-os todos, deixando a alma da pessoa mais branca que a neve. Isaías 1.18 – “Vinde, pois, e arrazoemos, diz o Senhor; ainda que os vossos pecados sejam como a escarlata, eles se tornarão brancos como a neve; ainda que sejam vermelhos como o carmesim, se tornarão como a lã”.

Guarda o teu coração puro, limpo diante de Deus, e desfrute de tudo aquilo que o Senhor prometeu a quem O seguir nos Seus Santos e Retos Caminhos. “Se quiserdes e me ouvirdes, comereis o melhor desta terra” Is. 1.19. A pessoa precisa querer e ouvir o Senhor. A decisão é pessoal, ninguém pode decidir por outro. Ninguém pode responder pela vida do outro. Somente a pessoa é responsável pela sua vida futura. “… comer o melhor desta terra” é ter todas as bênçãos prometidas pelo Senhor da Glória.

“Toda boa dádiva e todo dom perfeito são lá do alto, descendo do Pai das luzes, em quem não pode existir variação ou sombra de mudança” Tg. 1.17.

“Já agora a coroa da justiça me está guardada, a qual o Senhor, reto juiz, me dará naquele Dia; e não somente a mim, mas também a todos quantos amam a sua vinda”. 2 Tm. 4.8.

Graça e Paz!

Comments are closed.