Instrução

Instrução

A Palavra de Deus

“Dá instrução ao sábio e, ele se fará mais sábio: ensina ao justo, e ele crescerá em entendimento”. PV. 9.9.

A instrução faz parte da vida do ser humano sábio. Desde o início da Palavra de Deus, encontramos o Senhor dando instrução ao Seu povo. O Senhor quer que Seu povo seja sábio, segundo a Sua Palavra. Quando nos encontramos com um sábio, notamos que ele está sempre aprendendo, sempre interessado em progredir em seu conhecimento. O sábio é aquele que busca na palavra de Deus conhecimento e crescimento espiritual. Através da palavra de Deus, que é a fonte da sabedoria, o sábio enriquece a sua estrutura cultural, e sempre quer mais, e mais. A palavra de Deus é uma fonte inesgotável de ensinamentos sábios.

Sábio é aquele que tem o seu alicerce de sabedoria firmado na palavra de Deus. A verdadeira sabedoria vem de Deus, e quem a encontra, encontra um tesouro de valor inestimável.  Através dela, a pessoa realiza grandes feitos, quer na orientação de um bom caminho para uma criança, como para o jovem ou adulto, além de ter uma vida plena de graças e realizações. Realiza também grandes feitos no meio das pessoas  que não têm o mínimo de conhecimento das coisas espirituais. O sábio é orientador, pacificador, amoroso, bondoso, e sua visão está firmada no Senhor. O senhor dá sabedoria em abundância a todo aquele que pedir com fé. (Tg. 1.5, 6). “… o Senhor dá a sabedoria: da sua boca vem o conhecimento e o entendimento”. Pv. 2.6.; “Os Seus caminhos são caminhos de delícias, e todas as suas veredas, paz”. Pv. 3.17.

A boa instrução, baseada na palavra de Deus, tem um valor inestimável, porque através da boa instrução, formam-se grandes pessoas. Pessoas com estruturas firmes, honestas, capazes, amorosas, fiéis, dinâmicas, felizes, respeitáveis, que serão bênçãos onde quer que estejam. Pessoas que servem de exemplo a todos que os cercam. Se todas as pessoas tivessem a felicidade de ter uma instrução correta, sem deslizes, o mundo seria totalmente diferente. O mundo precisa de pessoas com boa educação para conduzir corretamente os mais jovens que vem chegando até eles, orientação essa que influenciará no futuro da nação.

O ser humano que não conhece a Deus nem a Sua Palavra comete os mais variados tipos de erros: ganância desmedida, falta de amor, ódio, inveja, infidelidade, baixa auto-estima, antipatia, pratica os maiores horrores, entre muitas coisas mais. É muito difícil, quase impossível comunicar-se com um incrédulo, pois ele só tem visão material para tudo que o cerca. Geralmente, o incrédulo tem resposta para tudo, principalmente, se tiver bastante dinheiro, for rico, poderoso; aí o Deus dele é o dinheiro. Com dinheiro ele compra tudo, ou quase tudo. Deus só passa a existir, quando ele enfrenta grandes problemas financeiros, existenciais, espirituais, ou quando se vê muito enfermo, ou com uma doença incurável, quando tudo ao derredor parece ruir, aí ele apela para um Deus que ele nunca conheceu, um Deus distante, um Deus inalcançável. Um Deus que ele  nunca deu valor algum. Agia como se ele fosse o seu próprio Deus, e que se pudesse compraria também esse Deus. Mas a resposta de Deus é dura, é justa, é capaz de abalar até a maior convicção que uma pessoa pode apresentar para se justificar.  Deus não é comprável.

Engana-se quem pensa que por um atalho chega até Deus. Deus alerta: “Buscai ao Senhor enquanto se pode achar; invocai-O enquanto está perto”. Is. 55.6.   “Não repreendas o escarnecedor, para que te não aborreça: repreende o sábio, e amar-te-á”. Pv. 9.8. Toda a pessoa tem a mesma chance de buscar ao Senhor e a Sua Santa Palavra, para se tornarem sábios; basta-lhes reconhecer que necessitam de salvação para a sua alma/espírito. Reconhecer que se precisa de salvação para sua alma/espírito é ter humildade

“Os sábios escondem a sabedoria; mas a boca do tolo é uma destruição”. PV. 10.14.

“O temor do Senhor é o princípio da ciência: os loucos desprezam a sabedoria e a instrução”. PV. 1.7.

“Sê tu uma bênção”. Gn. 12.2

Comments are closed.