JESUS EXPLICA A SUA MISSÃO

JESUS EXPLICA A SUA MISSÃO

Jesus é o Caminho ...João 5.19-47

“Examinais as Escrituras, porque julgais ter nelas a vida eterna, e são elas mesmas que testificam de mim” Jo. 5.19.

“Em verdade, em verdade vos digo: quem ouve a minha palavra e crê naquele que me enviou tem a vida eterna, não entra em juízo, mas passou da morte para a vida” v. 24.

Jesus falou sobre a Sua missão para com o ser humano. Jesus foi o enviado de Deus para que realizasse o ministério da salvação das almas imortais. Jesus disse que tudo quanto Ele fazia era antes mostrado a Ele pelo Pai. Jesus desenvolveu um ministério profícuo. Realizou muitos milagres, curou muita gente das mais diversas enfermidades, abriu os olhos aos cegos, recuperou os coxos, abriu os ouvidos aos surdos, fixou, principalmente, o ministério da salvação das almas imortais. Esta verdade é pregada ao mundo inteiro, para que ninguém alegue ignorância no dia em que Deus o chamar a Sua presença. “… os que tiverem feito o bem, (aceitado o sacrifício de Jesus na cruz do calvário) para a ressurreição da vida; e os que tiverem praticado o mal (caminhado segundo o seu próprio querer), para a ressurreição do juízo” v. 29.  Em Daniel encontramos “Muitos dos que dormem no pó da terra ressuscitarão, uns para a vida eterna, e outros para vergonha e horror eterno” Dn. 12.2.

Jesus ressalta a importância da salvação das almas imortais. Porque uma vez salva a alma imortal, ela está incluída no plano de salvação do Senhor nosso Deus. Poucas pessoas estão preocupadas com o porvir. Muitas vezes dizem que morreu acabou, mas a verdade é que existe uma vida eterna. Então, porque não se preocupar com ela? Em Mateus 17.2,3 “E foi transfigurado (Jesus) diante deles (Pedro, Tiago e João); o seu rosto resplandecia como o sol, e as suas vestes tornaram-se brancas como a luz. E eis que lhes apareceram Moisés e Elias, falando com Ele”.

Com estes versículos podemos confirmar que há a vida eterna. Moisés e Elias morreram havia perto de três mil anos antes da vinda física de Jesus ao nosso meio. No entanto, vieram ter com Jesus e tratavam a respeito do sacrifício do Senhor Jesus na cruz do calvário. Eles não falaram com Pedro, Tiago e João, estes apenas os viram e os reconheceram. Atônitos com a presença de Elias e Moisés, os discípulos se propuseram a fazer três tendas, mas eles não sabiam que Moisés e Elias não viriam morar em casas feitas pelas mãos humanas, uma vez que eles estavam na glória de Deus.

O Senhor explica a sua missão, que era realizar a obra para a qual o Pai o enviara. Jesus manda que as pessoas examinem as Escrituras, porque nelas as pessoas encontram o caminho para uma vida completa aqui na Terra, e, no porvir, a vida eterna nas mansões celestiais. Elas testificam a respeito de Jesus, e fornecem a receita para uma vida feliz espiritualmente, e quem vive feliz espiritualmente também o é, física, emocional, e materialmente. Quem consulta a Deus antes de tomar qualquer decisão, sempre tem mais oportunidade de realizar o certo, justo, ao contrário daquele que segue a sua própria orientação. Deus é dono de tudo e de todos. Portanto, Ele tem condições da dar orientações corretas, seguras, e, no porvir, oferecer de graça a vida eterna juntamente com Jesus e os seus salvos.

“Tu me farás ver os caminhos da vida; na tua presença há plenitude de alegria, na tua destra, delícias perpetuamente” Sl. 16.11.

Graça e Paz!

Comments are closed.