Monte Carmelo

Monte Carmelo

Monte Carmelo (= Vinha de Deus).

O monte Carmelo é uma montanha muito bonita, com solo muito fértil, onde os agricultores têm grande sucesso na plantação de uvas, além de ser palco de grandes vitórias. É uma montanha que se localiza na costa de Israel, com vista para o mar Mediterrâneo. O seu nome significa jardim ou campo fértil, mas é mais conhecida como a Vinha de Deus. O Monte Carmelo não é considerado alto, atinge aproximadamente, 550 metros acima do nível do mar.

Embora a Bíblia descreva o monte Carmelo como muito bonito e frutífero (2 Cr 26.10; Is. 35.2; Jr 46.18), a maior parte dos crentes associa a área com uma  grande competição. Em 1 Reis 18.17-40 encontramos o espetacular confronto do profeta Elias com 450 profetas de Baal e 400 profetas do poste-ídolo no monte Carmelo. O Senhor Deus ordenou a Elias que confrontasse o rei Acabe de Israel (1 Reis 18.18) porque este desobedeceu ao Senhor Deus e permitiu a adoração de outros deuses, e também porque permaneceu ao lado de sua malévola esposa fenícia Jezabel, que havia mandado massacrar os profetas do Senhor (1 Reis 18.4).  A desobediência do rei Acabe e sua mulher Jezabel insultou o Senhor Deus, que cobrou duramente dos seus responsáveis.

A adoração a Baal ou adoração de ídolos é totalmente condenada pelo Senhor nosso Deus.  Foi também no monte Carmelo que, segundo a Bíblia, Elias fez descer fogo do céu, que consumiu por duas vezes os 50 soldados com o seu capitão, que o rei Acazias tinha mandado ali para prender o profeta, em virtude ter este feito parar os seus mensageiros que iam consultar Baal Zebube, deus de Ecrom. (2 Reis 1.9-15).  Foi no monte Carmelo que Elias provou que o Senhor Deus é vivo, verdadeiro, criador de tudo e de todos, e que somente a Ele deve ser dedicada toda adoração.

O monte Carmelo é símbolo de grandes vitórias, confirmando que o único e verdadeiro é o Senhor nosso Deus. E que Baal é exclusivamente um ídolo, que não pode fazer nada por seus seguidores. Ídolos feitos pelas mãos humanas, que não podem se locomover, nem falar, agir, reagir, ou dar sinal de vida (Is. 2.8; 2.18;  48.5). A Palavra de Deus condena de capa a capa a adoração de ídolos, porque somente Deus é todo Poderoso, Onisciente, Onipresente e Onipotente. Ele é o Senhor da Vida. Ele não permite interferência de deuses (ídolos) em sua criação. Os ídolos são muitos, mas nem um pode fazer nada por ninguém.

O Senhor Deus em sua infinita misericórdia enviou Seu Filho Jesus Cristo para realizar o sacrifício na cruz do calvário, ressuscitou ao terceiro dia, para oferecer de graça a salvação de todo àquele que quer ser salvo. Toda pessoa que se arrepende de seus pecados e aceita a salvação através de Jesus Cristo, tem uma vida nova. Podemos compará-la ao monte Carmelo. Vida produtiva, fértil, florida espiritualmente. Muitas vezes, a pessoa é atacada pelos idólatras dos mais variados tipos, outras vezes por problemas do cotidiano, mas ela sempre será vitoriosa, como Elias o foi no monte Carmelo.

A vitória é certa e mui grande, porque o profeta Elias venceu com a certeza e a segurança que ele tinha no Senhor Deus. Todo convertido pode ser comparado ao monte Carmelo. O Monte Carmelo é firme, forte, invencível, digno de toda admiração. O monte Carmelo é conhecido como a “vinha do Senhor”. Todos os convertidos fazem parte da vinha do Senhor. Jesus é a videira, e cada indivíduo que continua  firme, servindo a Ele com fidelidade faz parte dessa videira. Jesus disse: “Eu sou a videira verdadeira, e meu Pai é o agricultor” João 15.1.

“Se alguém não permanecer em mim, será lançado fora, à semelhança do ramo, e secará; e o apanham, lançam no fogo e o queimam. Se permanecerdes em mim, e as minhas palavras permanecerem em vós, pedireis o que quiserdes, e vos será feito. Nisto é glorificado meu Pai, em que deis muito fruto; e assim vos tornareis meus discípulos” (João 15:6-8).

Graça e Paz!

 

Comments are closed.