Multiplicação de pães e peixes

Multiplicação de pães e peixes

cevada

Jesus falava a multidão, e o lugar era isolado, não havendo ali lugar para comprar alimentos, mesmo porque eram muitas pessoas (mais de cinco mil homens de 18 a 60 anos, os menores de dezoito não eram contados, nem os acima de 60, nem as mulheres eram contadas), imaginemos o número de pessoas existentes ali. Jesus  ordena a seus discípulos para que providenciassem comida para o povo.

Na verdade, ele quis provar seus discípulos, porque Ele bem sabia o que iria acontecer. Um deles argumentou se eles fossem a cidade mais próxima comprar, mas a multidão era mui numerosa. Jesus, então, lhes disse: daí vós mesmos de comer a eles. Em seguida, perguntou: o que eles tinham ali para comer. Eles responderam: cinco pães e dois peixinhos, que um rapaz havia trazido para comer (João 6.9)..

Jesus mandou que todos se assentassem, e aguardassem a comida. Abençoou os cinco pães e os dois peixinhos, e partiu-os. Os discípulos serviram a todos da multidão. Todos comeram e se fartaram. Jesus ordenou que se recolhessem as sobras para que nada se perdesse. Ao todo recolheram cinco cestos de pedaços de pães e peixes.

Jesus realizou  este milagre para ilustrar como é o  seu Reino. Jesus disse que Ele é o pão da vida (João 6.48). Se Ele é o pão da vida, Ele é suficiente para saciar a fome espiritual de todo aquele que nele crê.  Todo aquele que tem fome, e vai até Jesus fazer parte daquela multidão, que se estende até hoje, que está ouvindo a palavra do Mestre querido, e é saciado.

Jesus continua multiplicando o pão, isto é, o Pão da Vida. Todos os dias vemos gente se convertendo dos seus maus caminhos, arrependendo-se de seus pecados, e aceitando o Pão da Vida. Alimentando-se do Pão vivo (João 6.51).

Graça e Paz.

Comments are closed.