O toque da oração

O toque da oração

Cantar louvorSalmo 139.

“Tu me cercas por trás e por diante e sobre mim pões a mão” Salmo 139.5.

O rei Davi escreveu este Salmo em forma de oração e louvor a Onisciência e a Onipresença de Deus em sua vida. Ele se refere à grandiosidade de Deus em todos os setores de sua vida, desde a sua concepção até o momento que ele está escrevendo este Salmo. Ele fica maravilhado como Deus é presente em sua vida, em tudo e por tudo que ele faz. O Senhor o conhece no seu assentar e no seu levantar. O Senhor conhece os seus pensamentos e seu modo de agir. Quando a palavra ainda não foi pronunciada por ele, o Senhor já sabia o que ele ia falar ou pedir.

O salmista se sente cercado por trás e por diante, e as mãos do Senhor sobre ele, portanto, ele se sente totalmente protegido e seguro pelo seu Senhor. “Tu me cercas por trás e por diante e sobre mim pões a mão” v. 5. Davi fica extasiado com o conhecimento que o Senhor revela sobre ele.

Disse Davi: “Para onde me ausentarei do teu Espírito? Para onde fugirei da tua face?” v.7. Nos demais versículos ele medita sobre tudo que o Senhor sabe a seu respeito. Onde quer que ele vá o Senhor lá está. Não há lugar onde ele possa ficar longe dos olhos do Senhor Deus. Davi também fica maravilhado como o Senhor o conheceu antes do seu nascimento, desde a sua massa ainda informe (nos primeiros dias ou semanas de gestação). “Os teus olhos me viram a substância ainda informe, e no teu livro foram escritos todos os meus dias, cada um deles escrito e determinado, quando nem um deles havia ainda” v.16.

O salmista diz também que os pensamentos de Deus são preciosos para ele “Que preciosos para mim, ó Deus, são os teus pensamentos! E como é grande a soma deles!” / “Se os contasse, excedem os grãos de areia; contaria, contaria, sem jamais chegar ao fim” (vs. 17,18). Davi ressaltou em todo Salmo 139, as maravilhas do Senhor Deus. Primeiro, o Senhor sonda todos os seus passos, os seus pensamentos; Segundo, o elevado conhecimento do Senhor a seu respeito, onde quer que ele fosse o Senhor lá estaria, não tinha para onde se esconder da presença do Deus Altíssimo; Terceiro, o Senhor o conhecia quando a sua massa ainda era informe, ou início de sua vida gestacional; Quarto, o Senhor escreveu todos os dias de Davi no Seu livro, e cada um deles escrito e determinado, quando nem um deles havia ainda, isto é maravilhoso; Quinto, o salmista admira grandemente os pensamentos do Senhor Deus, que são muito elevados para ele entendê-los, e que a soma deles era mui grande, era impossível contá-los todos. O salmista se sente totalmente guardado e amado pelo Senhor Deus Altíssimo. Davi foi um homem segundo o coração de Deus. 1 Reis 15.5.

Será que o Senhor Deus amou somente Davi? Ou será que Davi foi um dos únicos que reconheceu a grandiosidade e o amor de Deus em sua vida? Deus ama todos os seres humanos igualmente, e oferece igual oportunidade a todos. O ser humano tem o livre arbítrio, isto é, liberdade para decidir sobre a sua vida. Para buscar a Deus, se entregar a Ele, confiar que somente Deus tem poder de salvar e oferecer moradia na mansão celestial, ou para condenar ao fogo do inferno eternamente. Para ser salvo é necessário aceitar o sacrifício do Senhor Jesus na cruz do calvário. Ele é o Caminho, e a Verdade, e a Vida, ninguém chega à casa do Pai, senão por Ele (Jesus). E no porvir morar na mansão celestial juntamente com Ele e os Seus salvos e bem-aventurados, que no decorrer do tempo, aceitaram o Senhor Jesus como seu único e suficiente Salvador pessoal, e Senhor de suas vidas.

Disse Jesus: “Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida; ninguém vem ao Pai senão por mim” João 14.6.

Graça e Paz!

Comments are closed.