Promessas de Deus

Promessas de Deus

As promessas de DeusJosué 1.1-9.

Cremos nas promessas de Deus?  “… como fui com Moisés, assim serei contigo; não te deixarei, nem te desampararei” Js. 1.5.

“Sê forte e corajoso, porque tu farás este povo herdar a terra que, sob juramento, prometi dar a seus pais” Js. 1.6.

Quando Moisés tirou o povo da escravidão do Egito, enfrentaram, Moisés e seu povo,  uma longa caminhada de quarenta anos. Mas com a morte de Moisés, chegou o momento de Josué assumir a condução do povo de Israel. Deus o escolheu e o capacitou para a grande tarefa. Josué tinha consciência de que o caminho era muito difícil e o povo rebelde, mas ele ficou firme nas promessas que o Senhor Deus fizera a Moisés, e em seguida, a ele. O Senhor lhe disse para ser forte e corajoso. Ele faria aquele povo herdar a terra que o Senhor prometera dar a seus pais, isto é, a seus ancestrais. Para animá-lo, Deus lhe faz uma promessa: “o Senhor, teu Deus, é contigo por onde quer que andares” v.9b. Essa promessa é extensiva a cada um de nós.

Assim, Josué recebeu a promessa de Deus para a sua vida, e para a condução daquele povo (outrora escravo) que saíra do Egito pela mão forte do Senhor Deus, e guiados por Moisés, servo do Senhor. O povo tomou posse da terra prometida por Deus. As promessas de Deus continuam atualíssimas na vida de cada pessoa. Josué tinha que ser forte e corajoso como lá no passado remoto, mas toda pessoa no passado e no presente continua com a necessidade de ser forte e corajosa para receber a promessa de Deus para a sua vida. Deus promete que há uma terra preparada para o futuro, na nova Jerusalém Celestial. Apoc. 21.2.

A promessa de Deus possui extraordinários poderes para motivar, já que põe diante de nós uma esperança que enche o coração e alimenta a imaginação acerca das coisas futuras. A confiança deve estar centrada na promessa de Deus, porque se a pessoa confiar em promessa humana, certamente vai se decepcionar. Porque tudo que é humano é falho. O ser humano decepciona sempre, daí a pessoa ficar vacilante para crer na promessa de Deus.  A vida espiritual requer como elemento essencial, que a pessoa creia firmemente nas promessas que o Senhor Deus faz. Deus é perfeito. N’Ele não há sombra de dúvida. Deus é imutável. Muitos cristãos, diante das impossibilidades, não cultivam essa convicção atrevida que é uma característica fundamental daqueles que, ousadamente, creem nas promessas e declarações das Escrituras.

O Senhor disse a Josué: “Não cesses de falar deste livro da lei; antes, medita nele dia e noite, para que tenhas cuidado de fazer segundo tudo quanto nele está escrito; então, farás prosperar o teu caminho e serás bem-sucedido” Js. 1.8.  Se agirmos assim como o Senhor ordenou a Josué, seremos vitoriosos na vida espiritual, e pela extensão, na vida física e orgânica, tal qual Josué o foi. Josué realizou tudo que o Senhor lhe ordenara. Temos também a responsabilidade na condução de outras pessoas para a terra prometida, a Nova Jerusalém Celestial preparada para todos os salvos e bem-aventurados. O Senhor escolhe e capacita pessoas para esse trabalho tão difícil, mas maravilhoso e gratificante.

“… Sê forte e corajoso; não temas, nem te espantes, porque o Senhor, teu Deus, é contigo por onde quer que andares” Js. 1.9.

Disse Josué ao povo: “Santificai-vos, porque amanhã o Senhor fará maravilhas no meio de vós” Js. 3.5, e de nós.

Graça e Paz!

Comments are closed.