Proteção Divina

Proteção Divina

nuvens brancasÊx. 13.21

“O Senhor ia adiante deles, durante o dia, numa coluna de nuvem, para  guiá-los pelo caminho; durante a noite, numa coluna de fogo, para os alumiar, a fim de que caminhassem de dia e de noite”. Êxodo 13.21.

Quando o Senhor Deus tirou o seu povo da escravidão no Egito, Ele guiava o seu povo através da caminhada que faziam até a terra prometida pelo Senhor. Deus os acompanhava com uma coluna de nuvem durante o dia, para que caminhassem em paz, na sombra; e a noite, os acompanhava com uma coluna de fogo, para alumiá-los e aquecê-los, e para que caminhassem em paz. Assim, o povo caminhou durante quarenta anos no deserto, até chegar à terra prometida. Através da Palavra de Deus sabemos que o povo chegou em paz, e passou a desfrutar das delícias daquele lugar. Era um lugar preparado por Deus, e prometido ao povo escolhido e separado por Ele.

Assim acontece a pessoa que se converte ao Senhor, a qual reconhece que por si só não consegue salvar a sua alma/espírito, que não consegue ter paz, então ela procura auxílio espiritual, e só o consegue quando tem um encontro com o Senhor Jesus. ”Nós O amamos porque Ele nos amou primeiro” I João 4.19.  A partir do momento da conversão (voltar-se ou retornar-se para Deus), uma vez que a pessoa tinha se desviado, se afastado do Caminho do Senhor. Afastando-se do Seu Caminho, a pessoa pratica tudo o que é contrário a vontade de Deus, como: iniquidade, idolatria, promiscuidade, impurezas, feitiçarias, mentiras, bebedice e muito mais.

“Não fostes vós que me escolhestes a mim; pelo contrário, eu vos escolhi a vós outros e vos designei para que vades e deis fruto, e o vosso fruto permaneça; a fim de que tudo quanto pedirdes ao Pai em meu nome, Ele vo-lo conceda” João 15.16.  Todo ser humano tem oportunidade de se achegar a Deus, mas poucos são os que querem se aproximar e aceitar o Senhor Jesus como seu único e suficiente Salvador pessoal. A decisão é individual, ninguém pode influenciar ninguém a receber o passaporte para a vida eterna juntamente com os salvos e bem-aventurados.

Muitas pessoas retrucam que são religiosas, são fiéis aos olhos das pessoas que os cercam, são honestas, aparentemente está tudo certo, mas o Senhor sonda os corações, Ele conhece o mais íntimo do ser humano, por isso lemos no v. acima “Não fostes vós…”, porque o Senhor conhece o íntimo de cada um. Não basta parecer religioso ou fingir-se sê-lo, somente o coração dirá a verdade sobre a pessoa. “Guardo no coração as tuas palavras, para não pecar contra ti” Sl. 119.11.

Voltemos ao texto base: O Senhor Deus nos promete segurança “… o que me der ouvidos habitará seguro, tranquilo e sem temor do mal” Sl. 1.33.  O Senhor promete uma coluna de nuvem para nos proteger de dia, para nos guiar seguramente pelas sendas da vida; e uma coluna de fogo durante a noite, para caminharmos sem o terror noturno. Estas colunas nunca se apartam do povo de Deus. É uma proteção constante. Toda proteção relatada aqui é espiritual, nós não vamos ver fisicamente a coluna de nuvem, nem a coluna de fogo, mas elas estão constantemente sobre as nossas cabeças, revestindo-nos com toda proteção necessária; proteção essa extensiva a nossa vida cotidiana, isto é, física.

fogo IIAssim como, Deus guiava em segurança o povo que Ele tirara da escravidão política do Egito, e o levou seguro a terra que Ele prometera como presente, para que vivesse seguro no seu próprio patrimônio; também Ele promete a todo aquele que se converter do seu mau caminho, arrependido dos seus pecados, e se propuser andar nos Caminhos do Senhor (nunca se esquecer que há necessidade de pureza de coração, sinceridade de alma/espírito) e se mantiver fiel à Palavra de Deus, chegará tranquilo às mansões celestiais. João 14.2.

Comments are closed.