Browsed by
Tag: misericordia

O Senhor nosso Deus.

O Senhor nosso Deus.

“Adorai o Senhor na beleza da sua santidade; tremei diante dele, todas as terras” Sl. 96.9.

Adoremos o Senhor na beleza da Sua Santidade. Porque Sua bondade e misericórdia nos acompanham todos os dias, e isso é uma vitória em nossas vidas. Quando levantamos com saúde, e sentindo bem, não tem preço o bem-estar, e quando o contrário ocorre, sentimos a mão forte do nosso Deus que podemos segurar. Passamos dias tranquilos porque o Senhor nos proporciona assim. Ao término de mais um ano cercados pelos cuidados do Senhor nosso Deus, temos a visão de que Ele nos proporcionará outro ano sob Seus cuidados. Assim, antevemos as bênçãos vindouras, confiados na Palavra de Deus que diz: “E servireis ao Senhor, vosso Deus, e ele abençoará o vosso pão e a vossa água; e eu tirarei do meio de ti as enfermidades” Êxodo 23.25.

O Senhor nosso Deus tem cuidado máximo de cada ovelhinha Sua. Podemos confiar cegamente nesse Amor infinito. A Palavra de Deus nos conduz a uma vida de vitória espiritual, porque é o manual para uma vida completa. Este manual nos oferece o mapa para o caminho da mansão celestial. “Jesus Cristo é o Caminho, e a Verdade e a Vida…” (Jo 14.6). Ele é o Salvador de todo aquele que quer chegar lá, e morar eternamente com Ele e os demais que O receberam como único e suficiente Salvador pessoal. A decisão é pessoal e única, e ninguém pode tomar decisão em nosso lugar. Por isso, a oportunidade é aqui e agora, amanhã pode ser muito tarde. O amanhã nem sempre chega.

“Louvar-te-ei, Senhor, de todo o meu coração; cantarei todas as tuas maravilhas” Sl. 9.1.

Graça e Paz!

Os misericordiosos

Os misericordiosos

“Bem aventurados os misericordiosos, porque alcançarão misericórdia” Mt 5.7.

Ecl. 11.1. “Lança o teu pão sobre as águas, porque depois de muitos dias o acharás” Ec 11.1.      (pão do espírito – instrução)

Misericordioso é aquele que perdoa as ofensas que lhe fazem as pessoas, e considera a fraqueza dos outros. Ele está acima de qualquer ofensa, qualquer irritação, porque o seu espírito é nobre, compreensivo, bondoso, amoroso,  repleto das bênçãos de Deus. Ele é conduzido espiritualmente pelo Senhor Jesus. O Espírito Santo de Deus lhe concede toda boa obra, todo o bem-estar espiritualmente. O misericordioso tem em mente o enunciado que aparece em Eclesiastes: “Lança o teu pão sobre as águas, porque depois de muitos dias o acharás” Ec 11.1. Ele conhece muito bem o significado da palavra pão usada pelo autor deste livro.

Pão – Jesus é o Pão da vida (João 6.48), e alimenta a todos quantos se achegarem a Ele com fé e humildade. Jesus é o Pão do espírito, a instrução, e a estrutura espiritual que uma pessoa adquire, cuida, e cresce diariamente. Pão é tudo aquilo que mantém o nosso espírito nutrido, forte, capaz de enfrentar as dificuldades do dia a dia. Lançar o pão sobre as águas – águas (= multidão Ap. 14.2). Pão sobre as águas significa que a pessoa deve viver semeando a boa semente (Palavra de Deus) por toda parte, onde quer que ela esteja. Passar pela vida realizando boas obras – espirituais, e são as que ficam registradas no Livro da Vida. Deus é Espírito, e só se achega a Ele com obras espirituais. As obras materiais são realizadas em decorrência das espirituais. Não deixam de ser importantes, mas não são essenciais.

“Lança o teu pão sobre as águas…” isto é, viva de acordo com a Palavra de Deus, usufruindo de tudo que ela nos ensina, da confiança que ela nos transmite, da certeza da salvação de nossas almas imortais. As nossas almas são imortais, portanto, devemos pensar seriamente para onde iremos depois desta vida aqui. O Senhor Deus nos enviou o Seu Filho Unigênito para realizar um grande ministério, morrer na cruz no calvário, ressuscitar vitoriosamente, e nos oferecer de graça a salvação de nossas almas imortais. Para o Senhor Jesus não há acepção de pessoas. Todas são iguais perante Ele, mas a decisão é individual e personalizada. O Senhor não permite que uma pessoa decida por outra. Como Ele nos oferece a salvação de graça, nós só precisamos convidá-Lo a entrar em nossos corações (Ap. 3.20).

Se nós semearmos a boa semente (Palavra de Deus) durante as nossas vidas, estaremos lançando o nosso pão sobre as águas, e um dia quando necessitarmos de algo encontraremos os frutos dessa boa semente, que certamente nos alegrará muito com o seu resultado. Se a semente é boa, a colheita será boa também. Por exemplo: Uma sementinha de uva brota uma plantinha tenra, se fortalece, e se torna uma linda videira. Todos os seus frutos serão bons. Sempre alegrará o seu senhor. Assim é todo aquele que lança o seu pão sobre as águas, sempre terá um retorno bom, à altura daquilo que ele lançou no passado.

“… buscai, pois, em primeiro lugar, o seu reino e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas” Mt. 6.33.

Graça e Paz!

A importancia da oração

A importancia da oração

bem estarA oração é uma adoração que inclui todas as atitudes do espírito humano em sua aproximação com Deus. O espírito humano presta culto a Deus quando ora, adora, confessa, louva, mas é através da oração que ele mais se aproxima de Deus, porque é uma ligação direta entre ele e Deus. O homem ora,  porque Deus já tocou em seu espírito (I João 4.19). A oração, na Bíblia, não é uma “reação  natural” (João 4.24). Sempre que uma pessoa ora com um espírito contrito, um coração quebrantado, o Senhor ouve e responde a sua oração. O espírito  humano não consegue mais milagres, porque ele próprio não suportaria a grandiosidade do feito de Deus. Se uma resposta de oração for meio grande, muitas pessoas começam a duvidar. O Senhor não ouve qualquer oração (Is. 29.13). Para que a oração seja ouvida, há necessidade de se entrar plenamente em todos os privilégios e obrigações dessa relação com Deus. As orações são de um valor extraordinário, realizando maravilhas. Verdadeiros milagres acontecem diariamente entre as pessoas que oram e buscam comunhão com Deus.