Browsed by
Tag: Palavra de Deus

O Senhor nosso Deus.

O Senhor nosso Deus.

“Adorai o Senhor na beleza da sua santidade; tremei diante dele, todas as terras” Sl. 96.9.

Adoremos o Senhor na beleza da Sua Santidade. Porque Sua bondade e misericórdia nos acompanham todos os dias, e isso é uma vitória em nossas vidas. Quando levantamos com saúde, e sentindo bem, não tem preço o bem-estar, e quando o contrário ocorre, sentimos a mão forte do nosso Deus que podemos segurar. Passamos dias tranquilos porque o Senhor nos proporciona assim. Ao término de mais um ano cercados pelos cuidados do Senhor nosso Deus, temos a visão de que Ele nos proporcionará outro ano sob Seus cuidados. Assim, antevemos as bênçãos vindouras, confiados na Palavra de Deus que diz: “E servireis ao Senhor, vosso Deus, e ele abençoará o vosso pão e a vossa água; e eu tirarei do meio de ti as enfermidades” Êxodo 23.25.

O Senhor nosso Deus tem cuidado máximo de cada ovelhinha Sua. Podemos confiar cegamente nesse Amor infinito. A Palavra de Deus nos conduz a uma vida de vitória espiritual, porque é o manual para uma vida completa. Este manual nos oferece o mapa para o caminho da mansão celestial. “Jesus Cristo é o Caminho, e a Verdade e a Vida…” (Jo 14.6). Ele é o Salvador de todo aquele que quer chegar lá, e morar eternamente com Ele e os demais que O receberam como único e suficiente Salvador pessoal. A decisão é pessoal e única, e ninguém pode tomar decisão em nosso lugar. Por isso, a oportunidade é aqui e agora, amanhã pode ser muito tarde. O amanhã nem sempre chega.

“Louvar-te-ei, Senhor, de todo o meu coração; cantarei todas as tuas maravilhas” Sl. 9.1.

Graça e Paz!

Fogo

Fogo

“Apareceu-lhe o Anjo do Senhor numa chama de fogo, no meio de uma sarça; Moisés olhou, e eis que a sarça ardia no fogo e a sarça não se consumia” Êx 3.2.

A palavra fogo nos transmite um significado muito forte, ora é algo apavorante, destruidor, queima, elimina, ora é muito benéfico, quando usado para cozer os alimentos, purificar objetos, como o ouro, a prata, proteger do frio, afastar animais ferozes na selva, pois o seu brilho, a sua luz, ofusca a visão dos animais, aquece em épocas frias, enfim, fogo faz parte da vida, não podemos nos desvencilhar dele. Mas o seu significado mais profundo é a essência do Deus vivo. Desde o início da Palavra de Deus encontramos o Senhor se manifestando através do fogo (Dt 4.12). Como podemos ver no versículo acima, o Senhor Deus se manifestou pela primeira vez numa chama de fogo. Assim o Senhor se manifestou ao povo de Israel. Também lemos que o Senhor Deus guardou este mesmo povo quando o guiava pelo deserto, a caminho da terra prometida.

Em Êxodo 13.21, encontramos o Senhor protegendo o Seu povo de dia com uma coluna de nuvem, e a noite com uma coluna de fogo. O Senhor Deus estava com o seu povo dia e noite. “O Senhor ia adiante deles, durante o dia, numa coluna de nuvem, para guiá-los pelo caminho; durante a noite, numa coluna de fogo, para alumiá-los, a fim de que caminhassem de dia e de noite!” “Nunca se apartou do povo a coluna de nuvem durante o dia, nem a coluna de fogo durante a noite” Êx 13.21,22. Assim, o Senhor as conserva até os dias atuais com o Seu povo. O Seu povo conta com uma coluna de nuvem de dia para protegê-lo das ciladas do inimigo das almas imortais, e uma coluna de fogo à noite para que não tropece e caia nas armadilhas do inimigo. Todo convertido ao Senhor Jesus tem essa proteção maravilhosa.

“Deus é fogo consumidor” Hebreus 12.29. Destrói o mau caráter, a mentira, o cinismo, a maldade, a concupiscência, a desonestidade, prostituição, a embriaguês, a falsidade, a inveja, enfim, tudo aquilo que emperra e impede a alma de se aproximar de Deus. O fogo de Deus é maravilhoso, purifica a alma tornando-a como o mais fino metal precioso. Ele trará vida em abundância, quando a pessoa é tocada pelo Santo Espírito de Deus, e ela O recebe de coração aberto e alegre. Ela cresce espiritualmente, e o crescimento espiritual transforma a pessoa sempre para melhor. Onde o Senhor Deus habita, o fogo é constante e maravilhoso. Deus é fogo consumidor e protetor. Ele limpa, purifica e protege a alma de quem caminha com Ele. Esse fogo é maravilhoso demais na vida de quem o possui.

E Eliseu orou: “Senhor, peço-te que lhe abras os olhos para que veja. O Senhor abriu os olhos do moço, e ele viu que o monte estava cheio de cavalos e carros de fogo, em redor de Eliseu” 2 Rs 6.17.

 

Graça e Paz!

Quanto vale a Palavra de Deus?

Quanto vale a Palavra de Deus?

“Porque pela graça sois salvos, mediante a fé; e isto não vem de vós; é dom de Deus” Ef 2.8

A Palavra de Deus é de um valor inestimável, incalculável  a qualquer avaliação. Por mais que queiramos dimensioná-la não conseguimos, porque o seu valor excede a todo e qualquer intento de limitar o seu alcance, o seu efeito, seu poder. A Palavra de Deus é a essência que nos alimenta espiritualmente, e por consequência, fisicamente. Porque se há saúde espiritual em abundância, logo, a saúde física, material, também ganha muito com esse efeito.

A Palavra de Deus supre todas as necessidades espirituais de uma pessoa. Por mais carência do alimento espiritual, que exista na vida de alguém, a Palavra de Deus é o verdadeiro pão da vida. Jesus disse: “Eu sou o pão da vida” (João 6.48). Jesus é o Pão da Vida, Ele alimenta, supre as necessidades de  paz, alegria, bem estar, harmonia, amizade, amor. A Palavra de Deus é perfeita para a condução da vida humana.  A Palavra de Deus revigora, fortalece, e a vida se torna aprazível, a toda pessoa que se encontra enfraquecida espiritualmente. “Quanto ao mais,  sede fortalecidos no Senhor e na força do seu poder” Ef 6.10. Vidas enfraquecidas pelo embate do dia a dia, e a falta do alimento espiritual, o qual, as pessoas raramente cuidam para que não falte, ou não se preocupam, acham desnecessário.  O Senhor tem o elixir que muda totalmente as características espirituais de uma pessoa.

A Palavra de Deus oferece paz, perdão, resolve problemas (Sl 37.5). Uma pessoa pode estar atormentada espiritual ou emocionalmente, mas esta palavra maravilhosa coloca tudo no seu devido lugar, como e porque só o Senhor das almas imortais pode fazê-lo. “Deixo-vos a paz, a minha paz vos dou; não vo-la dou como a dá o mundo. Não se turbe o vosso coração, nem se atemorize (João 14.27). A Palavra de Deus ressuscita o espírito morto em seus delitos e pecados (Rm 6.23). O espírito ressurreto pela Palavra de Deus tem vida, e vida em abundância, (Jo 5.24) (Jo 11.25), (Ap 21.6),porque a promessa que o Senhor Jesus fez é que quem O recebe como seu único e suficiente salvador pessoal tenha vida e a tenha em abundância João 10.10b).”Por isso, quem crê no Filho tem a vida eterna; o que todavia, se mantém rebelde contra o Filho não verá a vida, mas sobre ele permanece a ira de Deus” João 3.36.

A Palavra de Deus oferece sabedoria “O temor do Senhor é o princípio da sabedoria; revelam prudência todos os que o praticam. O seu louvor permanece para sempre” (Sl 111.10). A sabedoria é o principal ponto para que a pessoa conheça e viva a Palavra de Deus. A sabedoria aumenta sempre, e nunca retrocede, pois através dela a pessoa cresce espiritualmente.  Sua vida se torna cada vez melhor em todos os sentidos, e a paz que excede todo entendimento faz morada no coração sábio. A pessoa deve buscar a sabedoria para o seu próprio bem. Sabedoria não é conhecimento.  A sabedoria não é adquirida da mesma forma que é adquirido o conhecimento. Ela é dom de Deus. A pessoa pode ter muito conhecimento e não ter sabedoria alguma. O conhecimento pode ser farto, mas a sabedoria é escassa. A verdadeira sabedoria vem alto do Pai das luzes. “A sabedoria, porém, lá do alto é, primeiramente, pura; depois, pacífica, indulgente, tratável, plena de misericórdia e de bons frutos, imparcial, sem fingimento” Tg 3.17.

“Deixo-vos a paz, a minha paz vos dou; não vo-la dou como a dá o mundo. Não se turbe o vosso coração, nem se atemorize” João 14.27,

“Vós, porém, sois raça eleita, sacerdócio real, nação santa, povo de propriedade exclusiva de Deus, a fim de proclamardes as virtudes daquele que vos chamou das trevas para a sua maravilhosa luz” 1 Pe 2.9.

Graça e Paz!

Encontro

Encontro

“Se quiserdes e me ouvirdes, comereis o melhor desta terra” Is. 1.19.

A Palavra de Deus está repleta de alertas para que a pessoa assuma as suas responsabilidades com o Senhor Deus. Ele é o Criador, Doador e Mantenedor da vida. Toda pessoa tem obrigação de pensar a respeito da vida eterna. Porque a alma é eterna, quer seja salva por Cristo Jesus, quer seja perdida por falta de decisão pessoal. A decisão é pessoal e personalizada. Ninguém pode tomar a decisão por outrem. Isto porque Deus é extremamente justo. Ninguém pode culpar o outro pela má decisão ou pela falta de decisão. No versículo acima citado Deus nos deixa livres para esta escolha. Ele disse ‘Se… ’, a pessoa que decide.

O versículo acima também traz a promessa de Deus para a vida de todo aquele que se volta a Jesus Cristo, que é o próprio Deus. “… comereis o melhor desta terra”. Comer o melhor da terra não significa somente a alimentação física, mas tudo o que se refere a vida e ao bem estar. Comer o melhor desta terra, também como alimentação espiritual, principalmente, porque é a mais importante para a vida vencedora de uma pessoa.  Isso porque a alimentação física não precisa de muita coisa para a satisfação do corpo, mas a espiritual é a excelência para o corpo. A pessoa que vive segundo os propósitos de Deus, é muito abençoada em tudo que faz, além de ser uma bênção onde quer que ela viva ou que ela faça parte.

O encontro da pessoa com o seu Deus acontece quando ela se converte de corpo e alma ao Senhor Jesus Cristo, que é o próprio Deus. Ao encontrar-se com o seu Deus a pessoa passa a ser uma nova criatura, ou deixa de ser criatura e passa a ser um filho de Deus (João 1.12). Se as pessoas tivessem consciência de sua pequenez diante de Deus, e que são fracos e necessitados espiritualmente, elas recorreriam ao Senhor da Glória para o seu acolhimento. Mas o que notamos é a rebeldia das pessoas, que geralmente, confiam nos bens materiais, no poder temporário para serem valorizados e muitas vezes destacados.

Mas para Deus o importante e inegociável é a parte espiritual, que não muda com o que a pessoa possui ou faz materialmente. O espírito é o bem mais precioso que a pessoa tem. Nele não há diferença entre as pessoas. Deus não faz acepção de pessoas, 1 Pe 1.17. Todos recebem um espírito e cabe a pessoa a responsabilidade do que fazer com ele, para devolvê-lo a Deus são e salvo espiritualmente, ou precário, perdido e condenado, sem volta. Deus ama todos os seus filhos e quer o melhor para eles, todos quantos aceitarem a salvação que o Senhor Jesus oferece gratuitamente. Deus preparou um lindo jardim para os seus amados, e todo aquele que aceitar Jesus Cristo como seu único e suficiente Salvador pessoal estará com Ele neste lugar maravilhoso preparado desde o início dos tempos, quando o Senhor Deus criou o ser humano e as maravilhas existentes na Natureza.

“Porém, se não fizerdes assim, eis que pecastes contra o Senhor; e sabei que o vosso pecado vos há de achar” Nm 32.23.

Graça e Paz!

Descanso

Descanso

“E, havendo Deus terminado no dia sétimo a sua obra, que fizera, descansou nesse dia de toda a sua obra que tinha feito” Gn 2.2.

O descanso é algo criado por Deus. As nossas forças são limitadas, tanto as físicas como as espirituais, é por isso que temos que saber quando devemos parar para descansar e refletir. O descanso tanto físico como espiritual tem que ser observado e valorizado. O descanso físico é mais fácil de ser obtido, mas o descanso espiritual só é obtido quando a pessoa está em paz  com Deus e consigo mesmo, este ela só consegue através da comunhão com Deus. O descanso espiritual é maravilhoso porque a pessoa fica totalmente entregue nas mãos de Deus. “O que habita no esconderijo do Altíssimo e descansa à sombra do Onipotente” Sl 91.1.

O Dicionário Aurélio nos fornece uma série de palavras que definem a palavra descanso: sossego, tranquilidade, paz,  apoio, proteção, alívio, consolo, sono, habitação, morada. Todos esses significados se encontram na Palavra de Deus, a disposição de todo ser humano.  O Senhor nosso Deus possui todos esses itens em abundância, e os distribui gratuitamente a todos quantos queiram seguir os Seus preceitos. Em Isaías 1.19 – O Senhor nos diz: “Se quiserdes e me ouvirdes, comereis o melhor desta terra”. Comer o melhor da terra não é simplesmente alimentar-se fisicamente, mas, é ter tudo do bom e do melhor espiritualmente no decorrer da vida, e a certeza da salvação de sua alma imortal.

A Palavra de Deus nos revela que o verdadeiro descanso está nos cuidados do nosso Deus, através do Senhor Jesus Cristo, nosso Senhor e Salvador. No Senhor Jesus temos sossego, tranqüilidade, paz, apoio, proteção, alívio, consolo, sono, habitação segura, morada espiritual. Somente Ele pode nos oferecer todos esses itens em grande abundância. O verdadeiro descanso está no Senhor porque Ele nos garante segurança e proteção para a vida eterna. Com Ele não há com o que se preocupar com o porvir. Por mais difícil que uma situação se apresente, se a pessoa estiver no descanso do Senhor, esta passará mais facilmente por esses momentos e chegará bem num futuro próximo, deixando para trás toda a ansiedade, e preocupação que vivera tempos atrás. “Esperei confiantemente pelo Senhor; Ele se inclinou para mim e me ouviu quando clamei por socorro! Sl 40.1.

“O SENHOR é o meu pastor: nada me faltará. Ele me faz repousar em pastos verdejantes. Leva-me para junto das águas de descanso” Sl 23.1,2.

Graça e Paz!

Justiça divina

Justiça divina

“Deus exige justiça e não sacrifícios” Amós 5.21.    09/02/16

Vez ou outra ouvimos  relatos de pessoas que fazem sacrifícios para agradar a Deus. Mas não param para pensar que Deus é Espírito, e só se consegue agradar a Ele com atitudes espirituais, como: orações, meditações, leitura bíblica, crescimento espiritual. Nada que é feito pelas mãos humanas agradam a Deus. Porque tudo que parte do ser humano é falho, insignificante diante d’Ele. Errado uma pessoa se dirigir a Deus como se ela determinasse ou exigisse isso ou aquilo. Deus é Supremo em tudo e por tudo. Por isso a pessoa deve se aproximar d’Ele com toda humildade e reverência, com coração contrito e espírito quebrantado. “Sacrifícios agradáveis a Deus são o espírito quebrantado; coração compungido e contrito, não o desprezarás, ó Deus! Sl. 51.17. Deus sabe com antecedência tudo o que a pessoa precisa ou vai pedir. Assim é como diz o Salmo  40.1.

É muito comum uma pessoa tratar com Deus como se Ele fosse humano e falho também, ou como se Deus estivesse a sua disposição para atender as suas necessidades. A pessoa promete fazer algo ao Senhor em retribuição a algum pedido que ela faz com antecedência, como se o Senhor fosse negociante de bênçãos, de milagres, de curas, de livramentos ou qualquer outra promessa. Sempre o que é prometido, é  algo que a pessoa determina e algo sem valor algum na presença de Deus, como por exemplo: deixar de comer doces por um ano ou dois. Qual é o valor espiritual contido nessa promessa? Ou deixar de cortar os cabelos por dois ou três anos. O que há de vantagem aí? E assim ocorre com uma infinidade de promessas inócuas, vazias, sem conteúdo nenhum espiritual. O determinante é sempre a pessoa, contudo, não é por aí. Deus é superior a tudo e a todos. A Sua vontade é suprema e única.

O Senhor Deus exige justiça e não sacrifícios (Amós 5.1). A pessoa deve primar sempre para a justiça em todos os setores de sua vida. Onde quer que esteja ou qualquer momento de sua vida, a justiça deve imperar. Desde a atitude mais simples, a justiça deve estar sempre presente. Deve conhecer a Palavra de Deus e a meditação para o seu crescimento espiritual. Com o crescimento espiritual a pessoa  viverá a justiça. A Palavra de Deus nos oferece o manual que nos orienta em tudo que necessitamos para uma vida feliz, tranquila, prazerosa espiritualmente.

A justiça é algo maravilhoso na vida de uma pessoa. Onde quer que ela esteja ela praticará a justiça. O conhecedor da justiça divina teme ao Senhor e vive corretamente. Todos ao seu derredor se beneficiam dessa aplicação, e confiam nessa pessoa como sendo uma pessoa digna de crédito, de respeito e de responsabilidade. Essa pessoa é de um valor inestimável. Além de, ela ser uma bênção onde quer que esteja, ela tem a paz de Jesus Cristo que enche o seu coração e lhe garante a vida eterna juntamente com Ele e os demais salvos por Ele.

É muito triste ver uma pessoa que torce ou mata a justiça, passa por cima da verdade para agradar a esse ou aquele. Que se vende para ganhar um dinheiro a mais ou mente, deturpando totalmente a justiça. Muitas pessoas têm atitudes gritantes frente à justiça. Tomam atitudes que desmerecem até o seu valor como seres humanos. Essas pessoas são muito infelizes, porque não conseguem agradar ninguém com suas atitudes vis, desonestas, corruptas. As suas consciências estão cauterizadas, o inimigo das almas imortais tomou conta delas, por isso as pessoas não sentem remorsos em desviar dinheiro, desviar a verdade, ganhar dinheiro fraudulentamente, mentir, condenar inocentes, enfim, essas pessoas são de nenhum valor, muitas vezes são dignas de piedade.

O Senhor Jesus não tem por inocente a pessoa que assim procede. Há um momento na vida da pessoa que tudo isso pesa, e pesa muito, e a pessoa não encontra lugar para o arrependimento. O futuro dessa pessoa é tenebroso, sem rumo certo para o porvir, enfim, cada pessoa prepara o seu futuro. A preocupação deve ser de todas as pessoas. Para Deus não há acepção de pessoas, todas são iguais perante Ele. O convite para a salvação é oferecido a todos, mas a decisão é individual e personalizada. Graças a Deus por isso. “O efeito da justiça será paz, e o fruto da justiça, repouso e segurança, para sempre” Is. 32.17.

“O Senhor te guiará continuamente, fartará a tua alma até em lugares áridos e fortificará os teus ossos; serás como um jardim regado e como um manancial cujas águas jamais faltam” Is. 58.11.

Graça e Paz

Nada e tudo

Nada e tudo

 

“Como saiu do ventre de sua mãe, assim nu voltará, indo-se como veio; e do seu trabalho nada poderá levar consigo” Ec. 5.15.

É uma ilusão que acompanha o ser humano no decorrer da vida, a de ser superior aos outros, ter maior valor, ser mais poderoso, mais, mais e mais. Mas a realidade é outra. A pessoa nasce sem possuir nada, sem condições nenhuma de sobrevivência sozinha, contudo, ela não leva em consideração tudo isso. Depois de adultos querem tudo. Mas tudo material. O espiritual fica em último plano ou para muitos nada existe. Nada satisfaz o egoísmo humano. Direciona todos os seus esforços para obtenção de mais ganhos, de ser grande na sociedade em que vive e participa. Quando atinge o auge dos seus planos, ele ainda nota que falta muita coisa para atingir o ápice de sua vida. Esse ápice é inatingível.

O que falta na vida do ser humano é a vontade de buscar a Deus em Espírito e Verdade. Se desde a mais tenra idade, ele tivesse os ensinamentos da Palavra de Deus, tudo seria diferente. Cresceria amando o seu Criador, e cresceria no Seu conhecimento. A Palavra de Deus é o manual de Deus para orientar a pessoa no caminho certo que deve seguir todos os dias de sua vida. Nela a pessoa encontra resposta para todas as dúvidas que geralmente a pessoa tem. Desde a pergunta de onde eu vim até a para onde vou? Todo trajeto está delineado na Palavra de Deus. Além das respostas às dúvidas difíceis até a segurança no caminhar do dia a dia. O valor da cultura espiritual é indescritível e inestimável. A paz e o bem estar que a pessoa desfruta são muito grandes, muito prazerosos.

Há uma diferença enorme, ou seja, são dois extremos. A cultura material que se aprende desde o dia do nascimento, transmitida pelos pais, irmãos, família, escola, vivência diária, é muito falha, incompleta, mutilada. Por mais culta que uma pessoa seja, ela tem essa falha. Já a cultura espiritual oferece à pessoa oportunidade de crescimento espiritual, amor, bondade, compreensão, honestidade, estabilidade, fidelidade… Essa cultura aumenta consideravelmente à medida que a pessoa se aproxima mais de Deus. Deus é todo Sabedoria. Muitas vezes, pessoa com pouquíssima cultura material ou semi-analfabeta, possui uma cultura espiritual invejável.

Em 2 Reis 2.9-14 –Estes versículos nos mostram que o profeta Elias foi transladado para o céu numa carruagem de fogo, com cavalos de fogo. Elias subiu ao céu num redemoinho. O Senhor Deus o tomou para si. Eliseu que o acompanhava ficara sozinho. Elias deixara cair a sua capa para que Eliseu a tomasse para si. A capa representava a única coisa material que Elias possuía. Ele não levara nada consigo mesmo, apenas o que acumulara espiritualmente. A capa ficara para Eliseu para que a usasse quando necessário. Também representava o que é material fica aqui, não sobe para o céu. Eliseu usou essa capa todas as vezes que fora necessário. Eliseu foi um grande profeta do Senhor.

O espírito é igual para todos. Crescimento espiritual é individual, e personalizado. Deus permite que cada pessoa tome a sua decisão. Ele não força ninguém, mas abençoa muitíssimo àquele que quiser aceitá-lO. Deus deixa livre a decisão de quem quer que seja. Ele não faz acepção de pessoas, todos são iguais perante Ele. Quando uma pessoa nos diz que não crê, ou que Deus não existe, não muda nada perante Deus. Deus é soberano em tudo e por tudo. O ser humano é um ser inteligente para tomar a decisão correta. A única oportunidade é aqui e agora. Porque depois que a pessoa partir para a eternidade, não haverá mais oportunidade. Acabou. Cada um vai desfrutar daquilo que preparou aqui.

“Semeia pela manhã a tua semente e a tarde não repouses a mão, porque não sabes qual prosperará; se esta, se aquela ou se ambas igualmente serão boas” Ec. 11.6.

 

Graça e Paz!

Persevere em oração

Persevere em oração

 

A bênção da paz 5“Perseverai na oração, vigiando com ações de graças” Cl. 4. Quando uma pessoa ora concentrada na mensagem que ela quer tratar com Deus, geralmente, ela fica isolada do mundo exterior. Falar com Deus traz um bem estar extraordinário, porque o Senhor nos ouve. A oração isola problemas insolúveis, ou torna-os mais fáceis de resolver, ou solucioná-los.

A oração afasta os maus pensamentos, maus desejos, depressão, porque a pessoa está falando diretamente com Deus. Deus sempre tem tempo para ouvir uma pessoa, resolver problemas, orientá-la nas mais diversas dificuldades ou embates da vida. Sempre que a pessoa fala honestamente com Deus ela fica edificada, fortalecida, amada espiritualmente. Sempre lembrando que Deus é espírito, e que os verdadeiros adoradores O adoram em Espírito e Verdade (João 4.23). Nunca se dirigir a Deus para obter bens materiais, ou tentar fazer barganha, querendo oferecer alguma coisa para obter outra maior. “Pedi, e dar-se-á; buscai e achareis; batei, e abrir-se-á” Mt. 7.7.

Perseverar em oração para o crescimento espiritual, aumentar o conhecimento da Palavra de Deus, a comunhão com Deus e com os irmãos na fé. A oração é o elo de ligação da pessoa com o Senhor nosso Deus. Com essa ligação participamos das promessas que o Senhor revelou aos Seus eleitos em Sua Palavra – a Bíblia Sagrada. “““ “Revesti-vos, pois, como eleitos de Deus, santos e amados ““… ”“ Perseverai na oração, vigiando com ações de graças”. Cl.  3.12; 4.2.

“O Senhor te guiará continuamente, fartará a tua alma até em lugares áridos e fortificará os teus ossos; serás como um jardim regado e como um manancial cujas águas jamais faltam” Is. 58.11.

Graça e Paz!

 

Semente

Semente

“Aquilo que o homem semear, isso também ceifará” (Gl 6.7).

Existem sementes das mais variadas espécies. Umas são boas, e darão bons ou ótimos frutos, outras são más, e darão maus frutos. Cada qual dará o seu fruto correspondente à sua espécie. Não é possível uma espécie dar frutos de espécie diferente. A natureza é sábia e rigorosamente preparada e comandada por Deus.  Tudo é acompanhado e permitido por Ele. “Até os cabelos da vossa cabeça estão todos contados…” Lc. 12.7ª.

Acontece assim também com a semente espiritual. A boa semente é a Palavra de Deus que dá e dará ótimos frutos, e, por conseguinte, a colheita sempre será boa. A Palavra de Deus nunca volta vazia, antes faz o que apraz a Deus, Is. 55.11. A Palavra de Deus é a semente que mais frutifica. A pessoa a recebe pequenina, ela nasce, cresce, e frutifica mais e mais. Muitas vezes, essa semente divina é plantada em um coração, e ela brota, cresce, e vai dar frutos em lugares bem distantes. Não há limite para o crescimento e os frutos dessa semente maravilhosa.

A semente ruim também dará o seu fruto. E o dará em abundância. Quanto pior a semente, maior é o seu fruto em quantidade. O inimigo das almas imortais é quem dissemina a semente ruim. Ele tem muito prazer em disseminá-la e cuidar para que dê muito fruto. Todos ruins com certeza. As sementes tanto a boa como a ruim não dão frutos apenas uma vez, mas muitas e muitas vezes. Porque essas sementes darão frutos, e os frutos darão outros frutos, e assim por diante. A pessoa geralmente colhe muito mais do que semeia.

Quando a Palavra de Deus é transmitida a alguém, e esse alguém aceita-a, em seguida, transmite-a a outrem, e assim sucessivamente. Quantos frutos sairão dali no decorrer do tempo? São frutos robustos, saudáveis espiritualmente, que certamente produzirão outro tanto, e assim a colheita aumentará mais e mais. A boa semente é luz para o caminho. Quem tem a boa semente não vive em trevas, pelo contrário, caminhará sempre na luz. E com uma vantagem, na companhia do autor da boa semente. O mesmo acontece com a semente ruim ou maligna, quantas pessoas ela atingirá no curso da vida. Mesmo quando uma pessoa se converte ao Senhor Jesus, o passado ruim ainda fala alto por um bom tempo, até a pessoa provar que o Senhor Jesus a transformou em uma nova pessoa.

Ao comparar as duas sementes, podemos delimitar bem o sucesso de uma em detrimento da outra. Se a plantação for da Palavra de Deus, os frutos serão viçosos, bons, amados, espirituais, bem aceitos onde quer que estejam. O resultado será paz, harmonia, bem estar, comunhão, compreensão, amor. Mas onde é cultivada a semente ruim ou maligna, o fruto será péssimo e o resultado é todo tipo de desentendimento, corrupção, desonestidade, brigas, malícia… Podemos observar com freqüência o fruto maligno do inimigo das almas imortais.

O profeta Obadias relatou um fato ocorrido com os edomitas (descendentes de Esaú, irmão de Jacó). Os edomitas castigaram duramente o povo de Israel (descendentes de Jacó). O profeta admoestou-os a respeito do que aconteceria se assim o fizessem. Deus prometeu-lhes: “Como tu fizeste, assim se fará contigo” (Ob v. 15). Assim Deus os destruiu porque se mostraram arrogantes e se regozijaram porque invasores humilharam Israel. Edom foi varrido da face da terra. Deus não quer que a pessoa apóie a maldade de quem tem a semente maligna dentro de si. Antes que se cultive a boa semente e se colha fruto digno de arrependimento.  “Como tu fizeste, assim se fará contigo”. Edom fora destruído e eliminado da face da terra devido a sua arrogância e soberba para com o povo de Israel. Ob 15-16.

Conclusão: cabe a cada pessoa escolher qual semente quer para si. Se a boa semente – A Palavra de Deus e o resultado maravilhoso que nos traz a paz, o amor, compreensão, e o caminhar tranqüilo com o Senhor Jesus Cristo. E no por vir à vida eterna juntamente com Ele e os demais salvos. Ou a pessoa escolhe a maligna semente, e o resultado escabroso que vem do inimigo das almas imortais. Além da perdição eterna, porque toda alma é imortal, eterna, quer seja ela salva ou não, ela não deixa de ser imortal. Os salvos irão para a morada eterna com o Senhor Jesus, e os perdidos irão para a morada eterna juntamente ao inimigo das almas imortais, porque assim essas pessoas o escolheram. Os edomitas semearam animosidade, assassinato, aprisionamento, roubo e destruição. Portanto, estavam destinados a colher as mesmas coisas ou até piores.

“Não vos enganeis: de Deus não se zomba; pois aquilo que o homem semear, isso também ceifará.” Gl. 6.7.

Graça e Paz!

O Senhor será contigo

O Senhor será contigo

“O Senhor é quem vai adiante de ti; ele será contigo, não te deixará, nem te desamparará; não temas, nem te atemorizes” Dt. 31.8.

Como é maravilhoso e agradável caminhar com o Senhor nosso Deus. A Palavra de Deus nos diz que o Senhor vai adiante de nós, abrindo caminho, protegendo-nos de todo e qualquer mal. A companhia do Senhor é sem igual. A segurança que Ele nos oferece é inquestionável. Ele não nos deixará, nem nos desamparará, porque Ele quer que caminhemos sempre sob Seus cuidados, Seu Amor de Pai. Ele nos diz também para não temermos, nem nos atemorizarmos, porque Ele está sempre conosco.

Com a presença do Senhor Deus em nossas vidas, não temos o que reclamar. O Senhor nos quer  dependentes d’Ele, porque nós não conseguimos nos proteger sozinhos. Somos iguais as ovelhas, que são indefesas, mansinhas, fraquinhas diante do inimigo. O inimigo das almas imortais é muito forte, somente o Senhor Deus para derrotá-lo, e afastá-lo de nós. O Senhor nos cerca de carinho, amor, proteção. Ele quer o melhor para nós. A Sua companhia é muito agradável e indispensável. O Senhor Deus criou o ser humano a  sua imagem e semelhança moral (Gn. 1.26). Portanto, Deus tinha e tem um plano para o ser humano.

Este deveria viver no jardim do Éden, convivendo com o Senhor Deus, mas o ser humano desobedeceu as ordens do seu Criador e Senhor, e  recebeu a punição pela sua desobediência. Deus mandou-o cultivar a terra e tirar dela o seu sustento. Mas o Senhor preparou um caminho de salvação para que o ser humano possa voltar ao jardim do qual foi afastado. Deus enviou Jesus Cristo para cumprir o castigo imposto por Ele ao ser humano, e oferecer gratuitamente a salvação de qualquer alma imortal que o receber como seu único e suficiente salvador pessoal. A salvação implica no retorno do que crê, na volta ao jardim de onde fora expulso.

Toda alma é imortal, quer seja salva para a eternidade, que seja perdida também para eternidade. É muito sério não receber o Senhor Jesus como seu único e suficiente Salvador pessoal, porque a única oportunidade é durante esta vida, não haverá outra, e o tempo passa muito rápido. Deus é a máxima Perfeição, com Ele tudo fica bem, desde o momento que convidamos o Senhor Jesus para entrar em nossos corações e fazer neles morada. Quando temos o Senhor Deus em nossa companhia Ele vai sempre diante de nós “O Senhor é quem vai adiante de ti; ele será contigo, não te deixará, nem te desamparará; não temas, nem te atemorizes” Dt. 31.8.

Todos os convertidos ao Senhor Jesus Cristo contam com uma alegria espiritual tão grande que até os rios, os montes se alegram e comemoram o seu o bem estar espiritual. Mas o Senhor é longânime, Ele julgará o mundo com justiça, e os povos com equidade, isto é, Deus é maravilhoso, amoroso, mas justo. O Senhor Deus vai sempre adiante de ti, não te deixará, nem te desamparará… O tempo de aceitar a Jesus é agora.

“Os rios batam palmas, e juntos cantem de júbilo os montes, na presença do Senhor, porque ele vem julgar a terra; julgará o mundo com justiça e os povos, com equidade” Sl. 98.8,9.

Graça e Paz