Voz do que clama no deserto

Voz do que clama no deserto

Voz do que clama no deserto. 5

O profeta Isaías disse: “Voz do que clama no deserto: Preparai o caminho do Senhor, endireitai as suas veredas” Is. 40.3.

Desde a mais remota antiguidade o ser humano tem preferência pelas decisões erradas espiritualmente, e que levam a um retorno nada agradável. Toda decisão tem um retorno. Quando é correta, verdadeira, dentro dos parâmetros honestos, o retorno é igualmente satisfatório, gratificante. Mas as decisões, geralmente, são contrárias a tudo que é correto, honesto, e de boa fama, e levam as pessoas a admirarem tudo que conduz a um caminho sem volta. Porque tempo perdido não se encontra mais, o que passou, passou, e a oportunidade também. Pode aparecer outra oportunidade, mas aquela perdida caiu num vácuo. Fica somente a lembrança daquilo que não deveria ter sido feito ou vivido. Daí vem o arrependimento. Mas arrependimento não traz tempo de volta, nem conserta o que foi feito errado.

O Senhor nosso Deus é tão misericordioso, amoroso, que criou o ser humano à sua imagem e semelhança moral, espiritual, e deixou também o manual para que fosse seguido. Ali, está escrito tudo o que se refere ao ser humano, basta ele conhecê-lo bem (o manual). Neste manual de vida para a pessoa consta tudo sobre a vontade de seu Criador. Deus quer que o ser humano viva feliz, despreocupado, saudável espiritualmente. Por isso Ele chama a atenção para que seja conhecido o manual de vida humana.

Por ser muito precioso, riquíssimo em ensinamentos, de um valor incalculável para a educação de todo ser humano, a maioria das pessoas prefere não conhecê-lo. Encontramos o profeta Isaías que clama: “Voz do que clama no deserto: Preparai o caminho do Senhor, endireitai as suas veredas” Is. 40.3 e Mt. 3.3. Qual voz que clama no deserto? A voz de Deus que desde o princípio fala com o Seu povo. Toda pessoa que quer transmitir o conhecimento da Palavra de Deus, prega no deserto dos corações. Este deserto é muito árido, difícil. O vento das más palavras leva o som das boas palavras. O Senhor nosso Deus diz: “E será que, antes que clamem, eu responderei; estando eles ainda falando, eu os ouvirei” Is. 65.24.

É muito comum a pessoa querer as bênçãos, mas não o Senhor das bênçãos. Quer que Deus ouça a sua oração ou o seu pedido, mas não quer compromisso com Ele. Quando a situação aperta muito, como no caso da saúde, ou algo sem solução, o normal é a pessoa correr para perto de alguém que ore, e que crê firmemente no Deus verdadeiro. E a voz continua clamando no deserto dos corações. Não há lugar para o Senhor Jesus, assim como, não houve lugar na cidade de Jerusalém para o nascimento do Senhor Jesus. Foi necessário que Ele nascesse numa manjedoura juntamente com os animais, numa noite fria, muito fria e deserta.

Assim acontece hoje, não há lugar para o Senhor Jesus no coração da pessoa, ela só busca o Senhor numa noite muito fria, às escondidas, longe do convívio das demais pessoas. A Jerusalém (o coração) da pessoa está lotada pelos mais diversos interesses, menos os espirituais. Mas há um momento em que a necessidade chega, e conduz a pessoa a ver as boas palavras da salvação, i.e, aqueles que conseguem ver. O manual divino, ou seja, a Palavra de Deus continua no deserto dos corações humanos. Suas promessas são para aqueles que convidarem o Senhor Jesus a entrar em sua casa (coração), e permanecer firme com Ele, e no porvir a vida eterna juntamente com Jesus Cristo e os demais salvos.

“Ouvi uma voz do céu como voz de muitas águas, como voz de grande trovão; também a voz que ouvi era como de harpistas quando tangem a sua harpa” Ap. 14.2.

Graça e Paz!

Comments are closed.