Zaqueu

Zaqueu

figueira

Luc. 19.2-9

Zaqueu era de pequena estatura, maioral dos publicanos (cobrador de rendimentos públicos), rico, poderoso. Notamos que ele possuía tantos problemas quantos os de hoje. Os problemas continuam os mesmos, só mudaram de donos. Ele resolve ir ter com Jesus, à noite. Para melhor vê-LO, subiu em uma árvore para se tornar mais fácil a visão. Jesus vendo-o e conhecendo o seu propósito ou o seu coração, olhou para ele e ordenou-lhe que descesse depressa, pois Ele (Jesus) se hospedaria em sua casa naquele dia. Zaqueu muito se alegrou e desceu a toda pressa e O recebeu em sua casa. Os invejosos murmuravam, dizendo que Jesus se hospedara com homem pecador.

A Palavra de Deus é tão atual, como o foi naquela época que aconteceu este episódio. Zaqueu representa toda criatura que se preocupa com a salvação de sua alma/espírito. Todos os seres humanos deveriam se preocupar com isto. Para Deus não há acepção de pessoas, Ele ama desde o menor até o maior, desde o sem dinheiro, como o que tem muito dinheiro. Para Deus o dinheiro não compra o que é espiritual. Tendo em vista, essa característica de Deus, o que é importante é a preocupação com a salvação. Quer seja rico ou pobre, na presença de Deus todos são iguais, porque o espírito é indiferente a todo e qualquer bem material.

Zaqueu subiu em uma árvore para ver a Jesus, tal era a sua vontade de encontrá-LO. Hoje, podemos encontrar muitos problemas, que se amontoados seriam maiores que uma grande árvore. Muitas pessoas amontoam os problemas, e muitas vezes colocam-nos de lado e buscam soluções para os mesmos. No entanto, quando não encontram soluções, deixam o monte de problemas, e procuram conhecer a Jesus, e quando O conhecem, passam a segui-LO. O espírito é livre para acompanhar o amado Mestre. Em recompensa, o Senhor distribui ricas e copiosas bênçãos todos os dias. Hoje, o Senhor Deus faz os mesmos milagres que realizava na época que Jesus andava fisicamente na terra, basta nós analisarmos os acontecimentos ao nosso derredor.

Geralmente as pessoas buscam a Jesus à noite. Sim, porque à noite é o período mais propício para uma pessoa se preocupar com o porvir. Quando uma pessoa está em sua casa, em seu quarto, em seu banheiro se preparando para dormir, geralmente, ela faz uma retrospectiva do que aconteceu durante o dia, durante a semana ou mês. Quantas vezes a pessoa relembra dos seus feitos, donde resulta a consciência. A consciência é o maior computador da história que se encontra em nossas cabeças. À noite, surgem preocupações, que realmente, levam a pessoa buscar a parte espiritual, daí os preocupados com a sua salvação entram na busca do Senhor Jesus. Jesus é o mesmo de ontem, hoje e O será amanhã (eternamente).

Quase todos os que viram Jesus falar com Zaqueu, criticaram, achando que Jesus se hospedara com homem pecador, mas estes murmuradores eram o quê?  “… pois todos pecaram e carecem da glória de Deus”. Rm. 3.23. “Não há justo, nem um sequer”. Rm. 4.10. Há uma diferença entre os zombadores ou críticos e os que procuram ter com Jesus. Quando uma pessoa reconhece que por si só, não conseguirá a salvação de sua alma/espírito, ela se torna humilde, reconhece que só Jesus tem esse dom perfeito, que é o de salvar a sua alma/espírito. Só Ele é Deus, Salvador e Senhor. E os que zombam ou criticam, são tão pecadores quantos os demais, mas não reconhecem, apenas caminham para um fim indesejado, mas procurado por eles mesmos.

A decisão de Zaqueu foi tão contundente, que ele prometeu dar metade de seus bens aos pobres, e se tivesse defraudado alguém, ele devolveria quatro vezes mais. Ele ganhou uma bênção tão grande, tão rica, tão gloriosa, que os bens materiais eram insignificantes perto do que ele ganhara do Senhor. Jesus disse: “Hoje, houve salvação, nesta casa,…” Lc. 19.9. Não porque Zaqueu resolveu dar metade de seus bens aos pobres ou devolver quatro vezes mais aos que por ventura tivesse defraudado, mas porque ele creu, ele sentiu a necessidade da salvação de sua alma/espírito, que por si só seria impossível. Nada como a paz de espírito para a pessoa viver tranquila, e confiante no porvir.

“Porque o Filho do homem veio buscar e salvar o perdido”. Lc. 19.10.paisagem

Um espírito contrito e um coração quebrantado agradam ao Senhor nosso Deus. “Sacrifícios agradáveis a Deus são o espírito quebrantado; coração compungido e contrito não desprezará, ó Deus”. Sl 51.17.

Comments are closed.