Palavra de Jesus

Palavras de despedida

Palavras de despedida

João 16.25-33. “Estas cousas vos tenho dito por meio de figuras; vem a hora em que não vos falarei por meio de comparações, mas vos falarei claramente a respeito do Pai” v. 25. Antes de se despedir dos Seus discípulos, Jesus os orientou a respeito dos acontecimentos que estavam próximos. Esclareceu-lhes que logo mais, Ele (Jesus) não mais falaria aos discípulos através de comparações, de figuras, mas falaria claramente a respeito do Pai. Disse também que o Pai os amava e que faria com que Leia mais

A missão do Consolador

A missão do Consolador

João 16.1-24. “Quando Ele (Consolador) vier, convencerá o mundo do pecado, da justiça e do juízo: do pecado, porque não creem em mim; da justiça, porque vou para o Pai, e não me vereis mais; do juízo, porque o príncipe deste mundo já está julgado” vs. 8-11. Jesus discorria para os seus discípulos sobre tudo o que estava para acontecer, a respeito do Seu sacrifício na cruz do calvário, Sua morte e Sua ressurreição. Após estes acontecimentos Ele retornaria para junto do Pai. Disse ainda Leia mais

A explicação da incredulidade dos judeus

A explicação da incredulidade dos judeus

João 12,37-50 Jesus caminhava pelas cidades circunvizinhas de Jerusalém fazendo grandes sinais, pregando a Palavra de Deus, mas os judeus não creram, apenas criticavam-no. Mas tudo isso acontecia para que se cumprisse o que o profeta Isaías disse: “… senhor, quem creu em nossa pregação? E a quem foi revelado o braço do Senhor?” Is. 53.1. Por isso, não podiam crer, porque Isaías disse ainda: “Cegou-lhes os olhos e endureceu-lhes o coração, para que não vejam com os olhos, nem entendam com o coração, e Leia mais