mãos de Deus

Nas palmas das mãos de Deus

Nas palmas das mãos de Deus

“Acaso, pode uma mulher esquecer-se do filho que ainda mama, de sorte que não se compadeça do filho do seu ventre? Mas ainda que esta viesse a se esquecer dele, eu, todavia, não me esquecerei de ti. Eis que nas palmas das minhas mãos te gravei; os teus muros estão continuamente perante mim” Isaías 49.15-16. Toda mãe tem muito orgulho quando fala do seu filho. Tudo a encanta. Desde as coisas mais simples até as mais complexas. Desde o seu nascimento a criança traz muita Leia mais