Browsed by
Tag: adoração

O Senhor nosso Deus.

O Senhor nosso Deus.

“Adorai o Senhor na beleza da sua santidade; tremei diante dele, todas as terras” Sl. 96.9.

Adoremos o Senhor na beleza da Sua Santidade. Porque Sua bondade e misericórdia nos acompanham todos os dias, e isso é uma vitória em nossas vidas. Quando levantamos com saúde, e sentindo bem, não tem preço o bem-estar, e quando o contrário ocorre, sentimos a mão forte do nosso Deus que podemos segurar. Passamos dias tranquilos porque o Senhor nos proporciona assim. Ao término de mais um ano cercados pelos cuidados do Senhor nosso Deus, temos a visão de que Ele nos proporcionará outro ano sob Seus cuidados. Assim, antevemos as bênçãos vindouras, confiados na Palavra de Deus que diz: “E servireis ao Senhor, vosso Deus, e ele abençoará o vosso pão e a vossa água; e eu tirarei do meio de ti as enfermidades” Êxodo 23.25.

O Senhor nosso Deus tem cuidado máximo de cada ovelhinha Sua. Podemos confiar cegamente nesse Amor infinito. A Palavra de Deus nos conduz a uma vida de vitória espiritual, porque é o manual para uma vida completa. Este manual nos oferece o mapa para o caminho da mansão celestial. “Jesus Cristo é o Caminho, e a Verdade e a Vida…” (Jo 14.6). Ele é o Salvador de todo aquele que quer chegar lá, e morar eternamente com Ele e os demais que O receberam como único e suficiente Salvador pessoal. A decisão é pessoal e única, e ninguém pode tomar decisão em nosso lugar. Por isso, a oportunidade é aqui e agora, amanhã pode ser muito tarde. O amanhã nem sempre chega.

“Louvar-te-ei, Senhor, de todo o meu coração; cantarei todas as tuas maravilhas” Sl. 9.1.

Graça e Paz!

Natal

Natal

“Porque um menino nos nasceu, um filho se nos deu; o governo está sobre os seus ombros; e o seu nome será: Maravilhoso Conselheiro, Deus Forte, Pai da Eternidade, Príncipe da Paz” Is. 9.6.

Luzes, brilhos, músicas, presentes, vozes alegres, preocupações com as festas a serem realizadas, preocupações diversas, tudo leva a uma pseudo alegria, tudo está pensado e reservado na área material.  A atenção material toma todo o tempo de uma pessoa, muito mais na época do Natal. Se as preocupações se voltassem para a área espiritual, tudo seria diferente, o mundo seria diferente. A mensagem seria diferente. A verdadeira luz, o verdadeiro brilho, a verdadeira música estão unicamente na pessoa do Senhor Jesus. Ele é a Luz “… Eu sou a luz do mundo; quem me segue não andará em trevas; pelo contrário, terá a luz da vida” João 8.12. “E me pôs nos lábios um novo cântico, um hino de louvor ao nosso Deus; muitos verão essas cousas,  temerão e confiarão no Senhor” Sl 40.3.

Jesus nasceu fisicamente em uma estrebaria, onde não havia o mínimo de assistência, nem pessoas próximas para alegrar-se com o Seu nascimento. O lugar era extremamente rude, de difícil acesso, onde o ser humano não iria à noite visitar um recém nascido sem um nome que lhe apresentasse. Não houve brilho algum, nenhum cântico humano, nenhuma festa, nenhum desejo de felicidades. Mas houve festa no céu. Os anjos entoaram o mais belo hino dedicado ao Senhor Menino: “Glória a Deus nas maiores alturas, e paz na terra entre os homens, a quem Ele quer bem” Lc 2.14. O povo que estava reunido na cidade era ocupado demais para notar o nascimento do Menino. Até o dono da hospedaria não observou o casal que estava  prestes a receber o nascimento de um bebê, e mandou-o para a estrebaria, onde os animais repousavam com muito frio. O povo não ouviu a música nem viu a grande estrela que apareceu no céu. Mas, alguns pastores que cuidavam do rebanho na calada da noite viram a estrela e ouviram a linda música como mensagem vinda do céu. Atenderam e entenderam a grande mensagem vinda do céu. E foram ter com o Menino e adorá-Lo.

Tudo ocorreu como profetizava a Palavra de Deus. O lugar rude, sem condições de nascimento de uma criança, sem a presença de pessoas, somente a presença de Maria e José, indica e representa o coração/espírito humano, em que são todos iguais perante Deus, desde o menor até o maior. Quase todos ignoram o valor espiritual do nascimento de Jesus. Deus não faz acepção de pessoas (Rm 2.11). A manjedoura caracteriza bem o procedimento, o viver humano. Tudo que se refere à área espiritual fica de lado, abandonado ou em último lugar, ignorando a verdadeira Luz do mundo. O verdadeiro brilho, a luz, verdadeira alegria estão no nascimento do Senhor Jesus no coração que o recebe como o seu único e suficiente Salvador Pessoal. A verdadeira festa ocorre no coração de todo salvo por Jesus. Porque a salvação é eterna. A festa é eterna.

“E tu, Belém-Efrata, pequena demais para figurar como grupo de milhares de Judá, de ti me sairá o que há de reinar em Israel, e cujas origens são desde os tempos antigos, desde os dias da eternidade” Mq 5.1. Não foi um nascimento qualquer, foi o nascimento do Rei dos reis, do Senhor dos senhores. O Profeta Miquéias escreveu com exatidão sobre a vinda do Senhor Jesus, 700 anos antes de Sua vinda. Tal qual ele escreveu, assim aconteceu. Cumpriu-se integralmente esta profecia.  Nasceu Jesus, sem a mínima assistência, mas para se cumprir as Escrituras que se referiam ao Seu nascimento.  Ali estava à verdadeira Luz que viria ao mundo para iluminar a vida de todos quantos O recebessem. Aquele menino era e é o próprio Deus que se fez carne e habitou entre nós “E o Verbo se fez carne e habitou entre nós, cheio de graça e de verdade, e vimos a sua glória, glória como do unigênito do Pai” João 1.14.

“O julgamento é este: que a luz veio ao mundo, e os homens amaram mais as trevas do que a luz; porque as suas obras eram más” João 3.19.

Graça e Paz!

 

Honra, Poder e Glória

Honra, Poder e Glória

Honra, poder e glória“Teu, Senhor, é o poder, a grandeza, a honra, a vitória e a majestade; porque teu é tudo quanto há nos céus e na terra; teu, Senhor, é o reino, e tu te exaltaste por chefe sobre todos” 1 Cr. 29.11.

 Ao Senhor Deus Todo Poder, toda Honra, e toda Glória. Assim o Senhor Deus quer que nos dediquemos a Ele, observando sempre que somente a Ele devemos atribuir toda a nossa atenção, consideração, e adoração. O Senhor Deus é o Criador de tudo e de todos. Portanto, somente Ele é digno desses atributos. O Salmo 96.6 diz: “Glória e majestade estão diante dele, força e formosura, no seu santuário”. Em 2 Cr. 5.14 diz: “… porque a glória do Senhor encheu a Casa de Deus”. Não existe outro poder acima do poder do nosso Deus. Por isso, devemos reconhecer que somos pequeninos e frágeis diante d’Ele, e que dependemos d’Ele em tudo.

É muito comum encontrarmos pessoas querendo ser maiores que Deus. Pensam que podem caminhar sozinhas pelo mundo, sem se preocupar com a saúde física, orgânica, espiritual. Essas pessoas não fazem mal somente para elas próprias, mas a todas as pessoas que as rodeiam.  Porque, os que não têm a presença de Deus em sua vida, consequentemente, são pessoas amargas, tóxicas, invejosas, que vivem brigadas com a humanidade. Pessoas que caminham com o Senhor Deus são saudáveis espiritualmente, logo, são mais saudáveis também física e organicamente. Essas são pessoas que valem a pena onde quer que estejam. Pessoas que não se preocupam com a saúde espiritual não podem querer que o Senhor as abençoe e as guarde.

Ao Senhor Deus Todo Poder, toda Honra, e toda Glória, assim consta no manual que o Senhor Deus nos deixou para seguirmos de modelo proposto por Ele. Todo aquele que adquirir esse manual e estudá-lo diariamente, sabe que somente ao Senhor Deus devemos toda a nossa condução, proteção, paz espiritual. As pessoas normalmente enfrentam problemas, porque fazem parte da vida diária, mas debaixo dos cuidados de Deus tudo fica mais leve, mais seguro, mais palatável. Se todas as pessoas que se dizem cristãs, conhecessem bem o manual do Senhor Deus (Bíblia Sagrada), tudo seria muito diferente. As demais religiões confiam em homens. Homens que viveram e morreram como qualquer outro mortal. Não ressuscitaram. Restaram apenas os ossos. Como podem fazer algum milagre ou alguma graça por pequena que seja?

O nosso Deus é vivo, poderoso, Senhor da Terra e do Céu. Ele não permite adoração a qualquer deus ou ídolos. A Sua Palavra condena veemente toda adoração que se desvia da verdadeira adoração, que é dedicada totalmente a Ele, Senhor dos Senhores (Is. 43.11,12). Ao Senhor Deus todo Poder, toda Honra, e Toda Glória. Somente Ele é o Alfa e o Ômega, o Primeiro e o Último, o Princípio e o Fim (Ap. 22.13). O Senhor Deus nos enviou Seu Filho amado Jesus Cristo, o qual, morreu e ressuscitou ao terceiro dia. Subiu aos céus (At. 1.9). O qual voltará com poder e grande glória para levar todo aquele que se converteu a Ele, e seguiu Seus passos.

“A glória do Senhor se manifestará, e toda a carne a verá, pois a boca do Senhor o disse” Sl. 40.5.

“Amém. O louvor, e a glória, e a sabedoria, e as ações de graças, e a honra, e o poder, e a força sejam ao nosso Deus, pelos séculos dos séculos. Amém” Ap. 7.12.

Graça e Paz!

A verdadeira adoração

A verdadeira adoração

A verdadeira adoraçãoJoão 4.19-30

Ao passar pela província de Samaria, Jesus chegou à cidade de Sicar. Ali Jesus conversava com a mulher samaritana quando ela O reconheceu como sendo o profeta prometido no Velho Testamento. Ela contou-lhe a respeito de seus pais, os quais adoravam naquele monte, e que muitos diziam que a adoração deveria ser em Jerusalém. Contudo ela não sabia ao certo onde adorar a Deus. Mas Jesus lhe disse: “Mulher, podes crer-me que à hora vem, quando nem neste monte, nem em Jerusalém adorareis o Pai” v.21. Jesus orientou-a a respeito da adoração, e que a “… salvação vem dos judeus”.  “Mas vem a hora e já chegou, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em Espírito e em Verdade; porque são estes que o Pai procura para seus adoradores”. v. 23. “Deus é espírito; importa que os seus adoradores o adorem em espírito e em verdade” v.24.

A mulher sabia que o Messias, chamado Cristo, viria e orientaria o povo como e onde deveriam adorar o Senhor Deus, e que quando Ele viesse, anunciaria todas as coisas a respeito da salvação das almas imortais. Mas Jesus disse-lhe: “Eu o sou, eu que falo contigo” v.26.  Os Seus discípulos chegaram e se admiraram que Jesus falasse com uma mulher samaritana, mas nada lhe perguntaram a respeito, nem por que falava com ela. A mulher deixou o seu cântaro (de água), e foi à cidade e disse aos homens “Vinde comigo e vede um homem que me disse tudo quanto tenho feito. Será este, porventura, o Cristo? v 29. Saíram àqueles homens da cidade e foram ter com Jesus.

Assim que aquela mulher recebeu a atenção e a Palavra de Jesus, ela já reconheceu que Ele era no mínimo profeta. Ele havia esclarecido o lugar onde se devia adorar a Deus. Onde quer que a pessoa esteja ali é o lugar para adorar a Deus, ou seja, a adoração deve ser constante, durar vinte e quatro horas por dia. A adoração a Deus deve ser feita através da oração, meditação, leitura da Palavra de Deus, testemunho, amor, estar sempre pronto para o trabalho espiritual: oração, meditação, leitura bíblica, visitação, visitação aos enfermos, pregação da Palavra de Deus, louvor constante (alegria), gratidão, e tudo em relação ao crescimento do Reino de Deus aqui na Terra, pois somos seres comprados com o sangue de Jesus Cristo. Toda pessoa que é chamada por Deus para pertencer ao Seu povo, ela também é preparada para adorá-lo em Espírito e Verdade. Deus ama a todos igualmente, mas os que O buscam e que vivem em comunhão com Ele são poucos.

“Examinais as Escrituras, porque julgais ter nelas a vida eterna, e são elas mesmas que testificam de mim” João 5.39.

Graça e Paz!

Buscai-me e vivei!

Buscai-me e vivei!

buscar

Amós 5.4

O livro do profeta Amós salienta que a pessoa necessita buscar o Senhor para viver. “Buscai o bem e não o mal, para que vivais; e, assim, o Senhor, o Deus dos Exércitos, estará convosco”(Amós 5.14).Todo o livro de Amós, o profeta alerta para que a pessoa faça o bem, busque o Senhor, caminhe com Ele.

Viver é o mais importante para o profeta, porque o viver não se limita a esta terra, vida terrena, mas a vida do porvir, a vida celestial. Caminhar com Deus é ter o passaporte para a vida eterna juntamente com Ele e os salvos e bem-aventurados.

A Palavra de Deus está ao alcance de todos, e ao entendimento de todos. O Senhor quer que o busquemos em Espírito e Verdade (João 4.23). Deus não se agrada de orações, cânticos, louvores, ofertas, que não sejam autênticas, fiéis, consagradas. Tudo que é feito da boca para fora, é abominável ao Senhor.

O Senhor nos diz que chegará o dia em que haverá fome sobre a terra, não de alimentos, mas de ouvir as palavras do Senhor (Am 8.11). Procurarão por toda parte e não a encontrarão. Não encontrarão porque a pessoa que rejeitou a Palavra de Deus, nem sempre tem oportunidade de encontrá-la novamente. O Senhor alerta para que a pessoa se prepare para se encontrar com o seu Deus (Am 5.12b). Ninguém sabe com que idade vai se encontrar com o seu Deus, mas um dia vai se encontrar com Ele.

 A oportunidade é única, é singular. Quando o Senhor chama, Ele quer uma resposta: positiva ou negativa. Se positiva – a pessoa gozará das bênçãos prometidas pelo nosso Deus, bênçãos eternas, e um futuro venturoso juntamente com Ele no paraíso celeste. Se negativa – nem sempre a pessoa a tem novamente. Muitas vezes a pessoa procura, procura e não acha lugar para o arrependimento. “Buscai o Senhor enquanto se pode achar, invocai-O enquanto está perto”. (Is. 55.6).

A importancia da oração

A importancia da oração

bem estarA oração é uma adoração que inclui todas as atitudes do espírito humano em sua aproximação com Deus. O espírito humano presta culto a Deus quando ora, adora, confessa, louva, mas é através da oração que ele mais se aproxima de Deus, porque é uma ligação direta entre ele e Deus. O homem ora,  porque Deus já tocou em seu espírito (I João 4.19). A oração, na Bíblia, não é uma “reação  natural” (João 4.24). Sempre que uma pessoa ora com um espírito contrito, um coração quebrantado, o Senhor ouve e responde a sua oração. O espírito  humano não consegue mais milagres, porque ele próprio não suportaria a grandiosidade do feito de Deus. Se uma resposta de oração for meio grande, muitas pessoas começam a duvidar. O Senhor não ouve qualquer oração (Is. 29.13). Para que a oração seja ouvida, há necessidade de se entrar plenamente em todos os privilégios e obrigações dessa relação com Deus. As orações são de um valor extraordinário, realizando maravilhas. Verdadeiros milagres acontecem diariamente entre as pessoas que oram e buscam comunhão com Deus.