Browsed by
Tag: oração

Persevere em oração

Persevere em oração

 

A bênção da paz 5“Perseverai na oração, vigiando com ações de graças” Cl. 4. Quando uma pessoa ora concentrada na mensagem que ela quer tratar com Deus, geralmente, ela fica isolada do mundo exterior. Falar com Deus traz um bem estar extraordinário, porque o Senhor nos ouve. A oração isola problemas insolúveis, ou torna-os mais fáceis de resolver, ou solucioná-los.

A oração afasta os maus pensamentos, maus desejos, depressão, porque a pessoa está falando diretamente com Deus. Deus sempre tem tempo para ouvir uma pessoa, resolver problemas, orientá-la nas mais diversas dificuldades ou embates da vida. Sempre que a pessoa fala honestamente com Deus ela fica edificada, fortalecida, amada espiritualmente. Sempre lembrando que Deus é espírito, e que os verdadeiros adoradores O adoram em Espírito e Verdade (João 4.23). Nunca se dirigir a Deus para obter bens materiais, ou tentar fazer barganha, querendo oferecer alguma coisa para obter outra maior. “Pedi, e dar-se-á; buscai e achareis; batei, e abrir-se-á” Mt. 7.7.

Perseverar em oração para o crescimento espiritual, aumentar o conhecimento da Palavra de Deus, a comunhão com Deus e com os irmãos na fé. A oração é o elo de ligação da pessoa com o Senhor nosso Deus. Com essa ligação participamos das promessas que o Senhor revelou aos Seus eleitos em Sua Palavra – a Bíblia Sagrada. “““ “Revesti-vos, pois, como eleitos de Deus, santos e amados ““… ”“ Perseverai na oração, vigiando com ações de graças”. Cl.  3.12; 4.2.

“O Senhor te guiará continuamente, fartará a tua alma até em lugares áridos e fortificará os teus ossos; serás como um jardim regado e como um manancial cujas águas jamais faltam” Is. 58.11.

Graça e Paz!

 

Mente saudável

Mente saudável

Mente saudável 1

“Amarás, pois, o Senhor, teu Deus, de todo o teu coração, de toda a tua alma, de todo o teu entendimento e de toda a tua força” Mc. 12.30.

Todo ser humano nasce com a mente novinha, sem qualquer impressão. Cabe aos pais e a família começar uma impressão maravilhosa que é a Palavra de Deus como educação primordial. Através dela a pessoa adquire sabedoria, segurança e orientação correta para sua vida futura. É um direito do ser humano saber sobre sua origem, seu viver aqui na sociedade a que pertence. Deus na Sua infinita misericórdia nos deixou um excelente manual (Bíblia) para que tenhamos uma vida de bênçãos, vitórias, bem-estar e segurança. De acordo com o manual divino o ser humano deve ser feliz e completo espiritualmente. Sendo completo espiritualmente ele o seria também materialmente, porque a paz e o bem estar constroem uma vida. Nada melhor que a Paz de Deus, que é indescritível, no coração e no viver diário.

A mente (coração, alma, espírito) saudável é necessária a todo aquele que se aproxima do Senhor Deus. O Senhor Deus é a beleza suprema, sabedoria infinita, bondade irrestrita, Amor incomparável, imensurável, sem qualquer sombra de dúvida. Com todos esses atributos o Senhor requer que o seu  seguidor observe e siga com Ele. O Senhor nosso Deus é Santo, e Ele requer que sejamos santos também (1 Pedro 1.15,16). Quanto mais a pessoa se aproxima de Deus, mais ela aprimora a sua mente. Ela ocupa todo espaço nela existente com o conhecimento da Palavra do nosso Deus. Caso contrário, a pessoa se distancia tanto de Deus, que dificilmente, O reencontra. Os cuidados dos compromissos assumidos, a falta de tempo para as coisas espirituais, a falta de vontade, ou melhor, indolência para com a Palavra de Deus, leva a pessoa a uma distância tão grande, que dificilmente ela pode ver um novo horizonte.

O profeta Jeremias  nos disse que o Senhor imprimirá  as Suas leis na mente de quem o busca, e que Ele lhas inscreverá no coração da pessoa, e que Ele será o seu Deus e a pessoa será parte do Seu povo. Para que isto aconteça a pessoa necessita se aproximar de Deus. Buscar conhecimento através da leitura de Sua Palavra. Orar. Meditar. Ser fiel a Deus. Toda pessoa que se aproxima de Deus, e que cresce espiritualmente, torna-se uma pessoa diferente, uma pessoa melhor. O que nós notamos é que a maioria ou quase todas as pessoas não se preocupam em oferecer essa herança maravilhosa a criança quando na mais tenra idade (Pv. 22.6). A mente saudável, é o maior bem que a pessoa pode possuir. Porque a mente saudável está conectada com a vida eterna juntamente com o Senhor Jesus Cristo e os demais salvos e bem-aventurados.

“Cria em mim, ó Deus,  um coração puro e renova dentro de mim um espírito inabalável” Sl. 51.10.

“Porque tu és povo santo ao Senhor, teu Deus; o Senhor, teu Deus, te escolheu, para que lhe fosses o seu povo próprio, de todos os povos que há sobre a terra” Dt. 7.6.

Graça e Paz!

 

Acalme seus passos

Acalme seus passos

Acalme os seus passos. 1

“Qual de vós, por ansioso que esteja, pode acrescentar um côvado (antiga unidade de medida de comprimento equivalente a três palmos, ou 66 cm.) ao curso de sua vida?” Mt. 6.27.

“E por que andais ansiosos quanto ao vestuário? Considerai como crescem os lírios do campo: eles não trabalham, nem fiam. Eu, contudo, vos afirmo que nem Salomão, em toda a sua glória, se vestiu como qualquer deles” Mt. 6.28,29.

O tempo passa em uma progressão assustadora. Dificilmente, a pessoa consegue acompanhar o desenrolar dos acontecimentos, e se torna escrava dos compromissos. Deixa de viver a melhor parte da vida, que é aproveitar o que há de melhor e gratificante para uma vida completa, cheia de bons frutos. Não há necessidade de se preocupar demais com o desenrolar da vida, porque ninguém consegue acrescentar nem um só côvado ao curso de sua vida nem mudar a ordem dos acontecimentos.

Acalme os seus passos – pensamentos. Volva-se para o Senhor nosso Deus! Valorize o que realmente tem valor. A mente é o bem mais precioso que o ser humano tem. Porque é a mente que forma opinião, decide sobre o que será feito – bom ou ruim. O ser humano é livre para optar pelo bem ou mal. A opção pelo bem leva a pessoa a um crescimento ou uma estrutura de vida muito boa. Todo o bem só constrói algo diferente e bom  na vida humana. O bem nunca decepciona, pelo contrário, oferece o que há de melhor para a vida da pessoa.

Acalme os seus passos – decisões.  Não há necessidade de um viver: ansioso, preocupado, nervoso, irritado, descontrolado. As decisões devem ser tomadas com calma, tranquilidade, precisas, para que depois de um tempo não venha o arrependimento. Toda decisão impensada ou precipitada traz consequências em seguida. Não há necessidade de tanta tribulação. A receita principal é: volta para a área espiritual. Esta realmente é valiosíssima. Porque toda decisão importante primeiramente deve ser levada à presença do Senhor nosso Deus. Somente Ele orienta a pessoa para que decida corretamente. A decisão orientada por Deus oferece uma estrutura firme, bem construída, que nunca se abala.

Acalme os seus passos – modo de viver. Deus fez o ser humano a sua imagem e semelhança moral/espiritual, portanto, o ser humano precisa estar firmado espiritualmente para ser realmente uma pessoa completa. O Senhor nosso Deus deixou um lugarzinho reservado no coração humano para a Sua particular morada. Ele é o dono de cada vida humana, Ele deve estar sempre no comando de uma direção. Deus nos criou para que vivamos dependentes do Seu grande Amor e Poder. Somos pequeninos, indefesos, necessitamos de Sua constante presença em nossas vidas. Somos ovelhas do Seu pasto. “Quanto a nós, teu povo ovelhas do teu pasto, para sempre te daremos graças; de geração em geração proclamaremos os teus louvores” Sl. 79.13.

Acalme os seus passos – testemunho. Toda ovelha do Senhor nosso Deus é muito importante para Ele. O Senhor dispensa cuidados especiais a cada uma delas. Mas Ele requer que cada uma individualmente corresponda ao Seu Amor e ao Seu Carinho, sendo uma pessoa que seja cabeça em qualquer situação. Isto é: seja sempre aquele que vai à frente, que resolve situações difíceis, que conduz corretamente aquelas ovelhas recém- convertidas, enfim, que oferece apoio espiritual a todos quantos necessitem. O testemunho de uma ovelha de Cristo é muitíssimo importante, fala muito alto a todos que a rodeiam.

Quanto mais a pessoa se aproximar do Senhor nosso Deus, mais ela crescerá espiritualmente. Ela será uma pessoa integral, moderada em tudo, confiável, digna de ser imitada por outras pessoas que ainda não conhecem o Senhor da Glória. A ovelha do Senhor Jesus Cristo vive com as bênçãos do Senhor desde o momento de sua decisão, e tem a certeza de sua salvação para a eternidade. A área mais valiosa para o ser humano é a área espiritual, porque dela depende todo o nosso ser e nosso modo de viver. O Senhor Deus é espírito e importa que Seus adoradores O adorem em Espírito e Verdade (João 4.23). Toda pessoa preocupada com a área espiritual, vive em paz consigo mesma, com Deus, e com todos que a rodeiam. Portanto, acalme os seus passos. Caminhe tranquilamente pelas sendas da vida espiritual, juntamente com o Senhor Jesus Cristo.

“Vós, pois, ó ovelhas minhas, ovelhas do meu pasto; homens sois, mas eu sou o vosso Deus, diz o Senhor Deus.” Ez. 34.31.

Deus se importa conosco

Deus se importa conosco

Deus se importa com você

“E aconteceu que, ao ser todo o povo batizado, também o foi Jesus; e, estando ele a orar, o céu se abriu.” Lc. 3.21.

Deus nos ama com Amor perseverante e eterno. O Amor de Deus aparece com letra maiúscula, porque esse Amor maravilhoso abrange todas as definições desta palavra. Não há como definir ou medir o tamanho desse Amor. O Amor de Deus é individual e personalizado. Cada pessoa tem a porção que escolhe. Mais santificação, mais oração, mais meditação, mais leitura da Palavra, mais amor ao próximo, isto é crescimento espiritual. Deus é espírito, e importa que seus adoradores O adorem em Espírito e em Verdade (João 4.23).

Jesus nos atrai para Si, para que sintamos o Seu grande Amor para conosco. O Amor de Deus é demonstrado em Seu Filho Jesus. Deus O enviou ao mundo para cumprir Seus planos e oferecer de graça a salvação de todo ser humano que n’Ele crer. A vinda de Jesus não foi um acidente, mas planejada cuidadosamente por Deus no Seu grande Amor para conosco. Jesus nasceu no lugar indicado, no tempo estabelecido, e com um propósito definido.

Jesus foi batizado por João Batista para cumprir todo o plano de Deus para conosco. No batismo podemos ver alguns objetivos: Jesus recebeu o batismo do arrependimento mesmo sendo sem pecado, para se identificar conosco; Jesus era bendito, mas se fez maldição por nós; Ele era inocente, assumiu lugar dos pecadores e deu sua vida por nós. Jesus cumpriu rigorosamente todo o plano de Deus para a salvação de todo aquele que n’Ele crê.

Através do batismo Jesus foi capacitado especialmente para o exercício do ministério. Jesus foi batizado no Jordão, e logo após o batismo o céu se abriu e o Espírito Santo desceu em forma de pomba e O revestiu de poder. Com o batismo com água Ele deu testemunho humano, e com a descida do Espírito Santo de que era divino. Jesus era cem por cento humano e cem por cento divino. Daí o Seu poder intermediário entre Deus e os seres humanos. Ele nos fez saber como seremos no futuro, no porvir. Porque toda alma é imortal, isto é, vive eternamente. Por isso, todos devem ter a preocupação com a eternidade.

O plano de Deus para a salvação de todo aquele que aceita o sacrifício de Cristo na cruz do calvário é perfeito. A salvação é gratuita, mas Deus exige que cada ser humano decida individualmente. A vantagem é que ninguém pode aceitar por outra pessoa. Cada qual é único responsável pela sua alma/espírito. A decisão é individual e personalizada. Perante Deus todas as almas são iguais. O que as diferencia é o grau de espiritualidade de uma pessoa para outra. Uns creem e se dedicam a santificação, outros não creem, muitas vezes zombam do Senhor da Glória ou negam a Sua existência. A oportunidade é a mesma para todos, sem exceção.

Deus na Sua infinita sabedoria, santidade e Amor aprovou as atitudes de Seu Filho Jesus Cristo, e Sua voz ecoou do céu: “Tu és o meu Filho amado, em Ti me comprazo” (Lc.3.22b). Jesus é o deleite do Pai, a expressão de sua completa aprovação. Porque Ele se identificou conosco, n’Ele somos, também, o prazer de Deus. Mas para sermos o prazer de Deus devemos nos santificar, orar, ler a Palavra de Deus, meditar nela, principalmente, tudo isso leva a pessoa a andar nos Seus santos e retos caminhos. Todo aquele que assim procede receberá a grande herança prometida por Jesus, isto é, um lugar na mansão celestial juntamente com Ele e os demais salvos e bem aventurados.

“Pai, a minha vontade é que onde eu estou, estejam também comigo os que me deste, para que vejam a minha glória que me conferiste, porque me amaste antes da fundação do mundo” (João 17.24).

Graça e Paz!

Faze-me ouvir, pela manhã, da tua graça

Faze-me ouvir, pela manhã, da tua graça

Davi, homem segundo coração de Deus“Faze-me ouvir, pela manhã, da tua graça, pois em ti confio; mostra-me o caminho  por onde devo andar, porque a ti elevo a minha alma” Sl. 143.8.

O salmista pede ao Senhor que o faça ouvir pela manhã, as bênçãos para aquele dia. Pede a Deus  que lhe mostre o caminho por onde ele deve andar. Ele eleva a Deus a sua alma, porque ele quer um dia abençoado, um dia direcionado e acompanhado pelo Senhor Deus. Ele eleva os olhos para o alto e ora a Deus, suplicando pelas bênçãos do dia. O salmista rei Davi tinha muitas atribuições como rei, e como patriarca de uma grande família, principalmente porque era um servo muito amado de Deus; ele foi um homem segundo o coração de Deus (1 Reis 15.5). Como rei de Israel ele tinha muitos inimigos. Ele precisava da ajuda de Deus para vencê-los, ou conviver com eles. Não era fácil para ele. O coração de Davi era inclinado ao Senhor. Davi era um homem espiritual, cuja vida estava em harmonia com os anseios de Deus (1 Sm. 17.36).

Todas as pessoas deveriam imitar a Davi. Logo de manhã orar a Deus pedindo proteção, e as bênçãos do dia. Intercedendo pelo bem-estar próprio, de toda família, e de todos que conviverem consigo naquele dia. A oração oferece tranquilidade, segurança, companhia, porque quem responde é o próprio Deus. Davi orava para que Deus o livrasse de seus inimigos. Atualmente, as pessoas enfrentam a batalha com o inimigo das almas imortais. O mundo secular parece  bem mais interessante do que o mundo espiritual, consagrado, honesto, voltado para o Senhor nosso Deus. Davi se acha conturbado por causa de seus inimigos. Hoje, as pessoas também estão conturbadas por causa de seus inimigos, ou seja, o mundo cruel, cheio de cobranças, cheio de solicitações, nada tem um ápice. Cada vez mais solicitações aparecem, exigências mil. As pessoas não  tem tempo mais para nada, assim mesmo continuam a buscar e correr atrás do vento. As pessoas devem parar um pouco e meditar sobre o que Deus quer delas. Orar para que Deus lhes dê as bênçãos de cada dia. “A ti levanto as mãos; a minha alma anseia por ti, como a terra sedenta” Sl. 143.6. Tanto o rei Davi como as gerações que vieram depois dele até chegar em nós, todos viveram atribulados, necessitados das bênçãos, da presença e do auxílio do Senhor Deus. Somente haverá paz, quando todos estiverem com o Senhor Jesus no paraíso celeste, na nova Jerusalém Celestial.

Graça e Paz!

O toque da oração

O toque da oração

Cantar louvorSalmo 139.

“Tu me cercas por trás e por diante e sobre mim pões a mão” Salmo 139.5.

O rei Davi escreveu este Salmo em forma de oração e louvor a Onisciência e a Onipresença de Deus em sua vida. Ele se refere à grandiosidade de Deus em todos os setores de sua vida, desde a sua concepção até o momento que ele está escrevendo este Salmo. Ele fica maravilhado como Deus é presente em sua vida, em tudo e por tudo que ele faz. O Senhor o conhece no seu assentar e no seu levantar. O Senhor conhece os seus pensamentos e seu modo de agir. Quando a palavra ainda não foi pronunciada por ele, o Senhor já sabia o que ele ia falar ou pedir.

O salmista se sente cercado por trás e por diante, e as mãos do Senhor sobre ele, portanto, ele se sente totalmente protegido e seguro pelo seu Senhor. “Tu me cercas por trás e por diante e sobre mim pões a mão” v. 5. Davi fica extasiado com o conhecimento que o Senhor revela sobre ele.

Disse Davi: “Para onde me ausentarei do teu Espírito? Para onde fugirei da tua face?” v.7. Nos demais versículos ele medita sobre tudo que o Senhor sabe a seu respeito. Onde quer que ele vá o Senhor lá está. Não há lugar onde ele possa ficar longe dos olhos do Senhor Deus. Davi também fica maravilhado como o Senhor o conheceu antes do seu nascimento, desde a sua massa ainda informe (nos primeiros dias ou semanas de gestação). “Os teus olhos me viram a substância ainda informe, e no teu livro foram escritos todos os meus dias, cada um deles escrito e determinado, quando nem um deles havia ainda” v.16.

O salmista diz também que os pensamentos de Deus são preciosos para ele “Que preciosos para mim, ó Deus, são os teus pensamentos! E como é grande a soma deles!” / “Se os contasse, excedem os grãos de areia; contaria, contaria, sem jamais chegar ao fim” (vs. 17,18). Davi ressaltou em todo Salmo 139, as maravilhas do Senhor Deus. Primeiro, o Senhor sonda todos os seus passos, os seus pensamentos; Segundo, o elevado conhecimento do Senhor a seu respeito, onde quer que ele fosse o Senhor lá estaria, não tinha para onde se esconder da presença do Deus Altíssimo; Terceiro, o Senhor o conhecia quando a sua massa ainda era informe, ou início de sua vida gestacional; Quarto, o Senhor escreveu todos os dias de Davi no Seu livro, e cada um deles escrito e determinado, quando nem um deles havia ainda, isto é maravilhoso; Quinto, o salmista admira grandemente os pensamentos do Senhor Deus, que são muito elevados para ele entendê-los, e que a soma deles era mui grande, era impossível contá-los todos. O salmista se sente totalmente guardado e amado pelo Senhor Deus Altíssimo. Davi foi um homem segundo o coração de Deus. 1 Reis 15.5.

Será que o Senhor Deus amou somente Davi? Ou será que Davi foi um dos únicos que reconheceu a grandiosidade e o amor de Deus em sua vida? Deus ama todos os seres humanos igualmente, e oferece igual oportunidade a todos. O ser humano tem o livre arbítrio, isto é, liberdade para decidir sobre a sua vida. Para buscar a Deus, se entregar a Ele, confiar que somente Deus tem poder de salvar e oferecer moradia na mansão celestial, ou para condenar ao fogo do inferno eternamente. Para ser salvo é necessário aceitar o sacrifício do Senhor Jesus na cruz do calvário. Ele é o Caminho, e a Verdade, e a Vida, ninguém chega à casa do Pai, senão por Ele (Jesus). E no porvir morar na mansão celestial juntamente com Ele e os Seus salvos e bem-aventurados, que no decorrer do tempo, aceitaram o Senhor Jesus como seu único e suficiente Salvador pessoal, e Senhor de suas vidas.

Disse Jesus: “Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida; ninguém vem ao Pai senão por mim” João 14.6.

Graça e Paz!

Guarda o teu coração

Guarda o teu coração

Guarda o teu coração 1“Sobre tudo o que deve guardar, guarda o teu coração, porque dele procedem as fontes da vida” Pv. 4.23.

O provérbio acima mostra à pessoa que ela deve guardar o seu coração de atitudes ruins, rancores, iras, ódios, descontroles. Toda atitude tomada primeiro passa pelo coração, em seguida é levada à prática. É no coração que nascem as desavenças, críticas, iras, brigas, desentendimentos, fofocas. É no coração também que nasce a vontade de amar a Deus, conhecer a Sua Palavra; viver de acordo com o que Deus propôs ao ser humano. Com a Palavra de Deus o coração fica cada vez melhor, mais humano, mais piedoso, mais cordato. A Palavra de Deus oferece a grande oportunidade de um crescimento espiritual contínuo, e um bem-estar indizível àquele que se decide por Jesus Cristo.

Guarda o teu coração de todas as coisas malignas que estão no mundo, oferecendo de graça a perdição de uma alma imortal. À primeira vista, não parece tão tenebroso ser do mundo secular, distante do Senhor Deus. Tudo parece muito tranquilo, mas com o passar dos anos, as coisas mudam, aquilo que era bonito aos olhos de uma pessoa, passa não ser tão bonito assim. E quando as coisas apertam com uma enfermidade, com um revés na vida material, ou com uma depressão galopante, que muitas vezes arrasam a pessoa, aí ela tenta voltar-se a Deus. Muitas vezes ela consegue se aproximar de Deus, mas herdando todo resquício do pecado cometido outrora. Outras vezes, ela não consegue se aproximar de Deus, ficando somente nos remorsos (que não é arrependimento).

Guarda o teu coração para honrar e glorificar a Deus, para louvá-lO em Espírito e Verdade. Para receber as bênçãos que Ele tem preparado para todo aquele que n’Ele crê, que n’Ele tem o seu prazer. Este coração vive em paz, gozando das delícias celestiais aqui e agora. Essas delícias são espirituais, onde quer que a pessoa esteja ela tem a Luz de Cristo a brilhar em sua vida. Essa Luz é transmitida a todo aquele que deseja recebê-la também. Onde há um servo do Deus Altíssimo, há luz a brilhar na escuridão (pecado). Por mais pecados que uma pessoa tenha cometido, a Luz de Cristo dissipa-os todos, deixando a alma da pessoa mais branca que a neve. Isaías 1.18 – “Vinde, pois, e arrazoemos, diz o Senhor; ainda que os vossos pecados sejam como a escarlata, eles se tornarão brancos como a neve; ainda que sejam vermelhos como o carmesim, se tornarão como a lã”.

Guarda o teu coração puro, limpo diante de Deus, e desfrute de tudo aquilo que o Senhor prometeu a quem O seguir nos Seus Santos e Retos Caminhos. “Se quiserdes e me ouvirdes, comereis o melhor desta terra” Is. 1.19. A pessoa precisa querer e ouvir o Senhor. A decisão é pessoal, ninguém pode decidir por outro. Ninguém pode responder pela vida do outro. Somente a pessoa é responsável pela sua vida futura. “… comer o melhor desta terra” é ter todas as bênçãos prometidas pelo Senhor da Glória.

“Toda boa dádiva e todo dom perfeito são lá do alto, descendo do Pai das luzes, em quem não pode existir variação ou sombra de mudança” Tg. 1.17.

“Já agora a coroa da justiça me está guardada, a qual o Senhor, reto juiz, me dará naquele Dia; e não somente a mim, mas também a todos quantos amam a sua vinda”. 2 Tm. 4.8.

Graça e Paz!

Sal

Sal

sal da terra 1“Vós sois o sal da terra; ora, se o sal vier a ser insípido, como lhe restaurar o sabor? Para nada mais presta senão para, lançado fora, ser pisado pelos homens” (Mt. 5.13).

Jesus falava através de parábolas para que o povo entendesse a mensagem. Usava muito referência conhecida para ilustrar a Sua palavra e transmitir o que Ele queria ensinar. Todos conheciam muito bem o sal e a sua serventia para cozer e dar sabor aos alimentos.  Se o sal perder o seu sabor ou sua propriedade na culinária não serve mais para nada. Na vida espiritual também acontece o mesmo. O discípulo de Jesus que perder o ânimo de orar, ler a Palavra de Deus, meditar, visitar, frequentar a Igreja, ter comunhão com os irmãos, este se compara ao sal sem sabor. Porque ele perde toda ousadia, certeza da salvação em Cristo Jesus, isto é, perde o que há de melhor na Palavra de Deus, que é Jesus Cristo.

Quantos que iam muito bem à caminhada cristã, e de repente, abandonam tudo e voltam-se ao mundo incrédulo, repleto de pecados, e de tudo que desagrada a Deus. O sal que perde o seu sabor não fica apenas sem sabor, e torna-se insípido. Quem perde o sal espiritual, perde tempo na corrida cristã. Para tempo perdido não há retorno. O tempo apenas passa, quer estejamos na paz do Senhor nosso Deus, quer estejamos fora dela. O tempo é a grande herança que o Senhor Deus nos dá. Se aproveitarmos esse período para ganharmos galardões, bênçãos para a nossa vida aqui e agora, certamente estaremos cumprindo o que o Senhor Deus quer de nós. Com as bênçãos em nossas vidas, estaremos nos confraternizando com os nossos irmãos, orando com eles e por eles, enfim, participando da vida do rebanho do Senhor. Esse é o plano que o Senhor Deus tem para cada um de nós. Cada ser humano é único diante de Deus, cada um, um mundo diferente. Juntando todos formaremos o grande rebanho do Senhor e estaremos com Ele na mansão celestial. Que maravilha nos reunirmos na mansão do Senhor para a eternidade. Onde haverá só alegria, todos vivendo em paz, e felizes na casa do Pai.

Graça e Paz!

 

 

 

 

 

Lar cristão

Lar cristão

lar cristão

“Se o Senhor não edificar a casa, em vão trabalham os que a edificam; se o Senhor não guardar a cidade, em vão vigia a sentinela” Sl. 127.1.5.

Na Bíblia Sagrada encontramos o modelo perfeito do lar verdadeiramente cristão. O lar foi instituído por Deus, por isso devemos buscar  sabedoria em Sua  Palavra para dirigi-lo, estruturá-lo e alimentá-lo espiritualmente. O lar orientado pela Palavra de Deus é uma bênção. Porque o Espírito Santo  está presente no coração de cada componente dele. O salmista nos diz: “Se o Senhor não edificar a casa, em vão trabalham os que a edificam” Sl. 127.1.  A edificação da casa, isto é, do coração de cada pessoa do  lar,   ocorre quando se adquire o conhecimento e a submissão a Deus. A edificação é tão maravilhosa que molda a personalidade, o caráter da pessoa individualmente de acordo com a Palavra de Deus. Como Deus é perfeito, não há erro na edificação da casa (coração).

E essas bênçãos são extensivas às futuras famílias que se originarem desse lar (Êxodo 20.6). O plano de Deus desde o início dos tempos foi que  as bênçãos fossem extensivas às famílias de geração em geração. O plano de Deus era, é e será sempre perfeito. O ser humano deturpou tudo ao seu modo de ser. Mas Deus cumpre toda a sua promessa para com as pessoas, elas queiram ou não. Para Deus não há limite de tempo, não há interferência humana, Ele continua no Seu trono resolvendo todas as coisas, Ele está no comando de tudo. (Apoc. 20.11).

Os filhos devem ser recebidos com alegria e muita satisfação, porque os filhos são herança do Senhor  “Eis que os filhos são herança do Senhor” (Sl. 127.3). Sendo herança do Senhor eles devem ser amados, e tratados da melhor forma possível. Assim, crescerão numa atmosfera de amor, compreensão e tementes a Deus. Eles são “como flechas nas mãos do guerreiro” Sl. 127.4.

Os filhos sendo flechas nas suas mãos para onde você está atirando-os?  Para o Senhor, por que eles são a Sua herança? Eles estão sendo orientados com a Palavra de Deus em suas mãos? Você está ensinando o caminho que eles devem andar, para que quando forem velhos não se desviarem dele? (Pv. 22.6). Você está dando exemplo, sendo temente a Deus e procurando sabedoria em Sua Palavra? Ou você está simplesmente atirando-os na escuridão do pecado, do mundo incrédulo, não pensando nas consequências vindouras? Lembre-se que os seus filhos são flechas em suas mãos, cabe a você atirá-las corretamente e acertar o alvo ou errá-lo para sempre. Tempo não se recupera, uma vez passado, não volta mais. A educação dos filhos é uma grande construção, com alicerces bem firmes para não ruir quando a tempestade aparecer.

Ore a Deus, pedindo sabedoria para que você possa atirar certo as suas flechas, e no futuro ter cristãos autênticos que só lhe causem alegria, satisfação, que sejam cidadãos respeitáveis, confiáveis, firmes nos caminhos do Senhor nosso Deus. Santifique  o seu lar através da oração, meditação e da leitura da Palavra de Deus, do exemplo, do testemunho de uma vida totalmente voltada para o Senhor. Assim, Jesus Cristo fará nele morada “Bem aventurado é o lar, cujo Deus é o Senhor” Sl.33.12.

Graça e Paz!

Correspondência Real

Correspondência Real

Correspondência real“Ora, a mensagem que, da parte d’Ele, temos ouvido e vos anunciamos é esta: que Deus é luz, e não há n’Ele treva nenhuma” 1 João 1.5.

Caso alguém necessite redigir uma correspondência a uma rainha ou a um rei, esse alguém se preocupa como escrever corretamente a mensagem. Deve cuidar dos pronomes de tratamento, correção gramatical, enfim, ter uma linguagem correta e clássica. Há necessidade de muitas revisões. Não pode haver erros, e deve-se ter o cuidado com o corpo da mensagem, para que não haja ofensas, mal-entendidos ou palavras dúbias.

Quando uma pessoa ora, geralmente, não tem tanta preocupação com o que vai falar como falar. Não cuida do linguajar, dos termos usados sem reverência, muitas vezes até zomba de outra oração. A preocupação deveria ser superior a preocupação com a rainha ou o rei terreno, porque quando a pessoa ora ela está falando com o Rei superior a todos os reis da terra. A preocupação deveria fazer parte da reverência, do cuidado ao se dirigir ao Senhor Deus. Deveria ter em mente a superioridade de Jesus, que sendo Deus, esvaziou-se do Seu poder, e veio habitar entre nós. Realizou um magnífico ministério e nos oferece de graça a salvação de nossas almas imortais.

A atenção, a reverência, a consideração devem fazer parte de todo aquele que se acha salvo pelo sangue de Jesus. Para a comunicação com Deus não há necessidade de fazer revisão de gramática, não precisamos enviar cartas por meio de uma embaixada, basta nos dirigirmos a Ele onde quer que estejamos.  Cristo morreu e ressuscitou, podemos nos aproximar do trono de Deus em oração a qualquer hora, em qualquer circunstância. No caso, o embaixador é cada um dos salvos, cada qual representa o seu Rei. Portanto, deve se apresentar da melhor forma possível sempre que solicitado. Não há uma hora exata para nos apresentar diante de Deus em oração. Por isso devemos estar sempre em nossos postos de filhos do Deus Altíssimo. Imagine a nossa responsabilidade diante d’Ele.

A nossa correspondência Real é um privilégio que todos os salvos tem. A oração é a melhor mensagem enviada a Deus através de Jesus Cristo nosso Senhor e Salvador pessoal. Não temos idéia da magnitude desse ato de orar e ser ouvido pelo Senhor da Glória, e, mais importante, Ele responde a nossa correspondência (oração). Ele nos abençoa com toda sorte de bênçãos. Somos pequeninos espiritualmente, mas Jesus nos ama assim mesmo, e nos protege das ciladas do inimigo de nossas almas. Quanto mais nossas correspondências chegarem até o Senhor, mais comunhão teremos com Ele. E o nosso crescimento espiritual é uma constante em nossas vidas.  Amo o Senhor nosso Deus porque a Sua misericórdia dura para sempre. “Porque o Senhor é bom, a sua misericórdia dura para sempre, e, de geração em geração, a sua fidelidade” (Sl. 100.5).

Graça e Paz!