perfume de Cristo

Mosca morta

Mosca morta

“Assim como a mosca morta faz exalar mau cheiro e inutilizar o unguento do perfumador, assim é para o famoso em sabedoria e em honra uma pouca de estultícia”. Ecl. 10.1. A análise do texto nos leva a pensar que uma mosca morta, não faz diferença onde quer que seja, mas se ela cair em algum alimento, aí ela faz a diferença, ou como diz o texto que uma mosca morta pode inutilizar, com o seu mau cheiro, um recipiente de unguento ou bom perfume  Leia mais

O Incenso Divino

O Incenso Divino

“Disse mais o SENHOR a Moisés: – Toma substâncias odoríferas, estoraque, ônica e gálbano; estes arômatas com incenso puro, cada um de igual peso, e disto farás incenso, perfume segundo a arte do perfumista, temperado com sal puro e santo. Uma parte dele reduzirás a pó e o porás diante do Testemunho na tenda da congregação, onde me avistarei contigo; será para vós outros santíssimo. Porém o incenso que fareis, segundo a composição deste, não o fareis para vós mesmos; santo será para o SENHOR.  Quem fizer Leia mais

O Bom Perfume de Cristo

O Bom Perfume de Cristo

Conhecemos por perfume algo com “cheiro agradável e penetrante, exalado por substância aromática: aroma; fragrância…” O perfume nos tempos bíblicos, eram especiarias cultivadas no Vale do Jordão ou importadas da Arábia e de lugares distantes: aloés, incenso, mirra, nardo e várias outras (aromatizavam vestimentas, móveis, ambientes, cerimônias religiosas, preparavam corpo para o sepulcro…). Uma passagem interessante para ilustrar o nosso texto é a de Jesus na cidade de Betânia, na casa de Simão (ex-leproso, que havia sido curado por Jesus), inclusive Judas Iscariotes. De repente, Maria, Leia mais