Orvalho

“Serei para Israel como orvalho…” Oséias 14.5.

O orvalho é uma espécie de chuva finíssima que acontece toda madrugada. Ninguém vê ou sente a sua presença, mas acontece  impreterivelmente todos os dias. O orvalho é algo maravilhoso que o Senhor Deus criou para estar presente todas as  noites, sem exceção. Ele serve para amenizar a atmosfera quando a temperatura for alta ou muita seca. O orvalho é a condensação da umidade do ar que se deposita em gotículas sobre as plantas ou qualquer superfície plana. É muito comum ouvirmos a respeito do sereno, que é o orvalho da madrugada.

O orvalho é suave, não faz barulho como trovão ou a chuva, e não causa espanto nem amedronta como o vento, é imperceptível, além de ser contínuo. O orvalho ameniza a temperatura, tornando-a mais agradável, mais confortável em tempos quentes. O orvalho preserva a vida na natureza. As plantas agradecem pela umidade do ar à noite. Alguns países cujas chuvas são escassas, as plantações agradecem o orvalho que as mantém vivas e produzindo. Gideão pediu a Deus uma confirmação de seu chamado pelo Senhor (Jz 6.38) usando o orvalho como meio de comunicação. O orvalho é o símbolo do Espírito Santo.

Como as gotículas de água vindas em forma de orvalho da madrugada, as gotículas de bênçãos ou orvalho espiritual do Senhor (Dt 32.2), são constantes em nossas vidas todos os momentos, todos os dias, e nós usufruímos dele, e consequentemente  transmitimos essas gotículas às pessoas que nos rodeiam. Assim, o orvalho do Senhor vai inundando todo o ser e supre todas as necessidades espirituais. Essas gotículas se acumulam e transformam vidas  no dia a dia. O orvalho do Senhor é constante, sereno, tranqüilo, age profundamente na vida do ser humano transformando-o sempre para melhor. O mais interessante é que essas gotículas são particulares em cada vida, não há possibilidade de interferência de outrem, nem palpites diversos.

As gotículas silenciosas das bênçãos de Deus formam um novo caráter, nova personalidade, uma nova criatura. Para que essas gotículas ajam no espírito humano é necessário receber a primeira, que geralmente acontece quando transmitimos a Palavra de Deus, ou mesmo quando uma pessoa lê algo relacionado ao Senhor Deus. Jesus Cristo que é Deus é realmente o Senhor de tudo e de todos. As gotículas espirituais vão se acumulando e com o tempo se transformam num rio (Jo 7.38), que inundará  todo o ser que a possui.  

Quando Isaque abençoou a Jacó, desejou-lhe o orvalho do céu, que fertiliza os campos e produz alimentos em abundância (Gn 27.28). Atualmente, Israel tem meios de captar o orvalho e armazená-lo, para usá-lo quando necessário nas plantas em épocas muito secas. Suponho que a água do orvalho seja tão boa e tão eficaz quanto à da chuva.

“… aquele, porém, que beber da água que eu lhe der nunca mais terá sede; pelo contrário, a água que eu lhe der será nele uma fonte a jorrar para a vida eterna” Jo 4.14.

 “Quem é sábio, que entenda estas cousas; quem é prudente, que as saiba, porque os caminhos do Senhor são retos, e os justos andarão neles, mas os transgressores neles cairão” Os. 14.9.   

Graça e Paz!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *