multidão

O Senhor da Vinha

O Senhor da Vinha

Jesus caminhava no meio da multidão, e fazia muitos milagres: enfermos eram curados, a Palavra de Deus era transmitida. Jesus ensinava através de parábolas, para que o povo entendesse melhor e gravasse a mensagem na mente. Um intérprete da lei, que estava entre as pessoas, quis colocar Jesus em dúvida, questionando-o sobre o reino de Deus.

Hoje Jesus vai passar…

Hoje Jesus vai passar…

Hoje Jesus vai passar e contatar-se com todos que querem fazer parte do seu Reino eterno. E só vai fazer parte do Reino eterno quem convidar a Jesus para entrar em sua vida (Apoc. 3.20). Jesus estava no meio da multidão e a ensinava através de parábolas. As parábolas eram ilustrações populares conhecidas por todas as pessoas.

Pão da vida

Pão da vida

Jesus disse: “Eu sou o pão da vida” João 6.48. Jesus caminhava com seus discípulos, e ensinava a Palavra de Deus. Multidão O cercava para ouvi-lO. Para aquelas pessoas era algo totalmente novo, desconhecido. Jesus disse que era o pão da vida. Em dado momento os discípulos perceberam que era hora de alimentação, mas era humanamente impossível conseguir pão àquela hora, nem em quantidade suficiente para todos os presentes. Daí recorreram a Jesus. No Evangelho de João 6.1-15, encontramos o grande milagre de Jesus, que Leia mais

A crucificação

A crucificação

João 19.17-42 Logo após Pilatos entregar Jesus para ser crucificado, os guardas O levaram a um lugar chamado Gólgota, que significa Lugar da Caveira. Jesus foi crucificado juntamente com outros dois homens, ficando um de cada lado e Jesus no meio. Deram-lhe a beber vinho com fel (Sl. 69.21), mas Ele, provando-o, não quis beber. “Então, O crucificaram e repartiram entre si as vestes dele, lançando-lhes sorte, para ver o que levaria cada um” Mc. 15.24. “O povo que estava ali e a tudo observava. Leia mais

Jesus entregue a Pilatos

Jesus entregue a Pilatos

João 19.1-16. Pilatos interrogou a Jesus por um bom tempo, mas não achou n’Ele crime algum. Mandou açoitá-lo. Os soldados teceram uma coroa de espinhos, e puseram-lha na cabeça e vestiram-no com um manto de púrpura. Os soldados zombavam de Jesus, diziam: Salve ó rei dos judeus! E davam-lhe bofetadas. Pilatos saiu novamente e disse: “Eis que eu vo-lo apresento, para que saibais que eu não acho n’Ele crime algum” v. 4. Jesus saiu da presença de Pilatos trazendo a coroa de espinhos e o Leia mais