Parábola da Semente

“Porque, como a terra produz os seus renovos, e como o jardim faz brotar o que nele se semeia, assim o Senhor Deus fará brotar a justiça e o louvor perante todas as nações” Is. 61.11

Jesus ilustrava Seus ensinamentos com citações populares para que as pessoas entendessem a mensagem.  Assim todos podiam entender o que Ele queria transmitir. Citações eram conhecidas de todos. Jesus usou como ilustração nesta parábola, a semente. Todos conheciam a semente, e que quando levada ao solo qual seria o seu desenvolvimento. A semente é pequena, mas quando colocada no solo se transforma numa planta grande e viçosa. Ela traz consigo todas as características da planta que a forneceu. Assim acontece também com a Palavra de Deus. Uma pequenina semente cresce dentro do coração de quem a recebe com amor e a cultiva no seu dia a dia. A Palavra de Deus é maravilhosa: transforma vida, dá vitória, alegria, sucesso, bem estar espirituais.

A Palavra de Deus é individual e personalizada. Deus fala ao coração de cada um de maneira diferente, e age como lhe apraz. Mt. 13.3-9. O importante é que a semente do Evangelho seja plantada e cultivada no coração. A parábola citada nos mostra que nem todas as pessoas permitem que a Palavra se desenvolva no coração.  Se a semente física contém todos os dados de uma planta para que ela nasça e se desenvolva como a planta que a forneceu, a semente divina também é assim. Uma pequena semente do Evangelho contém todo um plano de salvação que o Senhor nosso Deus tem para a vida de quem a recebe. Toda pessoa que recebe a semente do Evangelho passa a ter uma nova vida. Deixa para trás uma vida de pecados e passa a uma nova vida. “Despojando-vos, portanto, de toda maldade e dolo, de hipocrisias e invejas e de toda sorte de maledicências, desejai ardentemente, como crianças recém-nascidas, o genuíno leite espiritual, para que, por ele, vos seja dado crescimento para salvação, se é que já tendes a experiência de que o Senhor é bondoso” 1 Pedro 2.1-3.

O crescimento espiritual nos dá a possibilidade de uma vida repleta de sucessos espirituais, porque nós planejamos e coordenamos de acordo com a Palavra de Deus. “Mas o fruto do Espírito é: amor, alegria, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fidelidade, mansidão, domínio próprio. Contra essas cousas não há lei” Gl. 5.22,23

Graça e Paz!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *