Pouso liberado

“… tudo o que é verdadeiro, tudo o que é respeitável, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se alguma virtude há e se algum louvor existe, seja isso o que  ocupe o vosso pensamento” Fp 4.8.

A nossa mente pode ser comparada a um vastíssimo campo ou a  um grande aeroporto, onde pousam grandes e pequenos aviões. Todos dependem da aprovação do comando do aeroporto, sem a qual não é possível a ordem de pouso. Para que haja segurança, é necessário obedecer à ordem de comando. Os aviões mentais são aeronaves que seguem o mesmo plano, obedecendo à ordem e a sequência dos fatos. Pousam segundo a nossa aprovação, por isso devem seguir um rigoroso critério. Somente devem ser permitidas as aeronaves que passam pelo crivo sério do nosso psíquico e emocional. Só devem aterrissar aeronaves do bem, baseadas no manual espiritual fixado pelo nosso Deus. Assim, formaremos um emocional firme, seguro, estável.

Nosso aeroporto emocional deve funcionar vinte e quatro horas por dia, evitando assim  acesso de aeronaves piratas, que vem destruir o que construímos de bom. O nosso aeroporto emocional deve conter músicas que edifiquem o nosso ser, que louvem o nosso Deus. Nossos aviões devem observar todas as normas de segurança, para não permitir invasões do inimigo. O inimigo começa destruindo o pensamento, as atitudes, no fim nosso procedimento. Quando menos esperamos estão aterrissando aviões inimigos aceitos como amigos, destruindo tudo que há de melhor em nós.

Os aviões são os nossos pensamentos, que são bem maiores em quantidades do que o número de aviões reais. Os pensamentos são numerosos, mas, vem de duas origens apenas: o bem e o mal. A mente é livre para permitir o pouso de bons aviões, que trazem paz, alegria, amor, bem estar, harmonia… Sempre que um pensamento ruim chega à nossa mente, devemos trocá-lo por um bom, assim afastaremos complicações, e decisões erradas, que depois de um tempo vem o arrependimento, e muitas vezes incontornáveis ou irreparáveis.

O nosso aeroporto necessita ser muito bem vigiado e protegido, desde a grama que o cerca, até os lugares mais expostos. Todos os lugares devem ser bem cuidados e bem vigiados. Todo cuidado é pouco. Qualquer toque do inimigo deve ser afastado com energia. Todo aeroporto é composto por salas, e muitos lugares ou departamentos que o compõe. Assim, também o aeroporto emocional é valioso demais para deixá-lo à mercê do inimigo de nossas almas imortais. Somente Jesus Cristo oferece segurança completa e capaz de afastar toda e qualquer invasão ruim, e trazer conseqüências desagradáveis.

“… mas os que esperam no Senhor renovam as suas forças, sobem com asas como águias, correm e não se cansam, caminham e não se fatigam” Is. 40.31.

Graça e Paz!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *