Alguns gregos desejam ver Jesus

Alguns gregos desejam ver Jesus

Alguns gregos desejam ver JesusJoão 12.20-36

Alguns gregos subiram a Jerusalém para a festa da Páscoa. Eles se dirigiram a Filipe, que era de Betsaida da Galiléia, e lhe rogaram: “… Senhor, queremos ver Jesus” v.21b. Filipe levou o pedido deles até André. André e Filipe comunicaram a Jesus. Jesus lhes respondeu: “É chegada a hora de ser glorificado o Filho do homem” v. 23. Jesus disse: “Em verdade, em verdade vos digo: se o grão de trigo, caindo na terra, não morrer, fica ele só; mas, se morrer, produz muito fruto” v. 24.

Quando os gregos pediram para ver a Jesus, a Sua Palavra e os Seus sinais já estavam alcançando as pessoas de fora de Jerusalém. Aí Jesus diz que é necessário que o grão de trigo caia na terra, e que morra, para dar muito fruto. De uma semente germina uma planta, e ela dá muito fruto. Ele usou a palavra semente figuradamente para ilustrar a sua morte e ressurreição. Após a Sua ressurreição muitas pessoas creriam n’Ele, e se salvariam para a vida eterna. A Sua Palavra foi pregada e divulgada pelos seus discípulos, e depois por todos os convertidos.

Jesus disse também que: “Se alguém me serve, siga-me, e, onde eu estou. Ali estará também o meu servo. E, se alguém me servir, o Pai o honrará” v. 26.  Jesus disse que a Sua alma estava angustiada, pois se aproximava o momento de Ele passar pelo sacrifício de morte e morte de cruz. A princípio a multidão não entendia sobre o que Jesus lhe falava, principalmente quando se referia a Sua morte e ressurreição de entre os mortos. As pessoas não entendiam tudo o que Jesus lhes falava, mas queriam saber mais. Tinham certa preocupação com o porvir.

Atualmente a Palavra de Deus está em todos os cantos da Terra, traduzida em quase todas as línguas. Seus seguidores são inumeráveis, e a tendência é aumentar ainda mais. Os sinais que Jesus fazia, continuam a acontecer, pois o Senhor é o mesmo. O Senhor trabalha dia e noite para o nosso bem. Nós que não prestamos muita atenção, mas o Senhor está sempre alerta. Os milagres acontecem constantemente ao nosso derredor.

“Pai, glorifica o teu nome. Então, veio uma voz do céu: Eu já glorifiquei e ainda o glorificarei” v. 28. A multidão ouviu a voz. Muitos entenderam que houve um trovão, outros que foi um anjo que lhe falou. Quanto a Palavra de Deus também é assim: alguns entendem a mensagem que é ótima para a sua alma/espírito. Aceitam e passam a receber as bênçãos prometidas pelo Senhor Deus a todos quantos crerem no Senhor Jesus. Outros ficam só com o barulho. Não creem, não entendem, não recebem mensagem alguma, porque já estão predispostos a não crerem.

A multidão se aproximava mais de Jesus, fazendo-lhe perguntas sobre quem Ele era. A multidão queria saber sobre o Cristo, porque aprenderam que o Cristo permaneceria para sempre, mas Jesus respondeu: “Ainda por um pouco a luz está convosco”. Ele era  a luz física que estava no meio deles, e por mais um pouco de tempo não estaria mais. Tempos depois estaria e está espiritualmente presente em nosso meio, em nossos corações, em nossas vidas.

Jesus alertou a multidão para que andasse na luz. “Ainda por um pouco a luz está convosco. Andai enquanto tendes a luz, para que as trevas não vos apanhem; e quem anda nas trevas não sabe para onde vai” v. 35. Jesus alertou as pessoas sobre a luz, que era e é Ele próprio. Quem andou e anda com Jesus tem a luz da vida. Quem está com Ele não andará nas trevas. Sempre terá a luz para guiá-lo pelas sendas da vida. Mas quem não tem a luz (Jesus) anda em trevas, e não consegue ver nem saber para onde vai. Por que: “Jesus é o Caminho, e a Verdade, e a Vida; ninguém vem ao Pai senão por mim” Jo. 14.6. O nome e a popularidade de Jesus se espalharam por toda Jerusalém, por toda redondeza, até os confins da terra. E permanece vivo e atuante até os dias atuais, e permanecerá eternamente.

Com o passar do tempo pessoas de todas as nações querem saber quem é Jesus. Aqueles que descobrem e entendem quem é Jesus, são aqueles que querem caminhar com Ele, estar próximo a Ele, enfim, ter a divina companhia do Senhor Jesus diariamente, e sentir-se-ão felizes, alegres espiritualmente, e seguros porque um dia estarão nas mansões celestiais juntamente com o Senhor Jesus.

Quanto àqueles que perseguiam e os que perseguem o Senhor Jesus (criticando os que são de Jesus, destruindo o trabalho daqueles o fazem, colocando empecilhos aos que querem caminhar com Jesus, e muitos outros destruidores do efeito da Palavra de Jesus – Atos 9.4b “Saulo, Saulo, por que me persegues?” o seu lugar também está preparado junto daqueles que fizeram o mesmo na época que Jesus caminhou aqui na Terra fisicamente, e continuaram e continuam fazendo até os dias atuais.

“Então, os que temiam ao Senhor falavam uns aos outros; o Senhor atentava e ouvia; havia um memorial escrito diante dele para os que temem ao Senhor e para os que se lembram do seu nome. Eles serão para mim particular tesouro, naquele dia que prepararei, diz o Senhor dos Exércitos; poupá-los-ei como um homem poupa a seu filho que o serve” Malaquias 3.16,17.

“Mas para vós outros que temeis o meu nome nascerá o sol da justiça, trazendo salvação nas suas asas; saireis e saltareis como bezerros soltos da estrebaria” Ml. 4.2.

“Foi-lhe dado domínio, e glória, e o reino, para que os povos, nações e homens de todas as línguas o servissem; o seu domínio é domínio eterno, que não passará, e o seu reino jamais será destruído” Daniel 7.14.

Graça e Paz!

Comments are closed.