O Radar de Deus

O Radar de Deus

Deus sabe o meu nomeO radar celestial está sempre ligado, indicando a direção correta que devemos seguir. No Velho Testamento esse radar chamava-se LEI. A LEI compreende tudo o que DEUS quer de nós, como: exaltar a Sua Santidade; revelar a pecaminosidade do ser humano; mostrar ao povo como viver em uma sociedade moral; mostrar ao povo sua necessidade de um Salvador; demonstrar a graça e a misericórdia de Deus. Tudo isso o radar de Deus nos indica a observar. Mas como nenhum ser humano conseguiu cumprir a LEI, DEUS na Sua infinita misericórdia providenciou um Salvador Jesus Cristo.

No Novo Testamento o radar de DEUS está firmado em Jesus Cristo, que veio ao mundo, cumpriu corretamente a LEI, sofrendo morte de cruz, e através do Seu sacrifício derramando o Seu sangue, nos oferece a salvação de graça, basta que creiamos nEle.  O sacrifício de Jesus Cristo é suficiente para salvar todo aquele que nEle crê. Deus não faz acepção de pessoa, Ele quer que todos sejam salvos, mas Ele quer que a pessoa venha até Jesus e O aceite como seu único e suficiente Salvador pessoal. João 1.12 “Mas, a todos quantos O receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, a saber, aos que creem no Seu nome”.

Portanto, quer no Velho Testamento, quer no Novo Testamento, o radar de Deus está sempre nos indicando um caminho de paz, de luz, de amor, de fidelidade, de fraternidade, preocupação para com o próximo, de oração, de meditação, enfim, se o ser humano trilhar os caminhos propostos por DEUS e seguir o radar de DEUS, certamente chegará à mansão celestial sem dificuldades, além de ter aqui as bênçãos, a tranquilidade, a paz, certamente mais saúde, porque uma pessoa sadia espiritualmente, também terá mais saúde fisicamente.

radar 2O radar de DEUS está sempre no mesmo lugar, com as mesmas indicações que vimos acima. DEUS é imutável, logo, as bênçãos também são imutáveis, basta à pessoa seguir a indicação do RADAR DE DEUS. Como nós pudemos ver a palavra LEI está no singular, mas ela engloba todas as ordens de Deus, se uma pessoa tropeça em único ponto, tropeçará em todos, não há como tropeçar em um único ponto.  “Qualquer que guarda toda a lei, mas tropeça em um só ponto, se torna culpado de todos”. Hb. 2.10.

Comments are closed.