Faze-me ouvir, pela manhã, da tua graça

Faze-me ouvir, pela manhã, da tua graça

Davi, homem segundo coração de Deus“Faze-me ouvir, pela manhã, da tua graça, pois em ti confio; mostra-me o caminho  por onde devo andar, porque a ti elevo a minha alma” Sl. 143.8.

O salmista pede ao Senhor que o faça ouvir pela manhã, as bênçãos para aquele dia. Pede a Deus  que lhe mostre o caminho por onde ele deve andar. Ele eleva a Deus a sua alma, porque ele quer um dia abençoado, um dia direcionado e acompanhado pelo Senhor Deus. Ele eleva os olhos para o alto e ora a Deus, suplicando pelas bênçãos do dia. O salmista rei Davi tinha muitas atribuições como rei, e como patriarca de uma grande família, principalmente porque era um servo muito amado de Deus; ele foi um homem segundo o coração de Deus (1 Reis 15.5). Como rei de Israel ele tinha muitos inimigos. Ele precisava da ajuda de Deus para vencê-los, ou conviver com eles. Não era fácil para ele. O coração de Davi era inclinado ao Senhor. Davi era um homem espiritual, cuja vida estava em harmonia com os anseios de Deus (1 Sm. 17.36).

Todas as pessoas deveriam imitar a Davi. Logo de manhã orar a Deus pedindo proteção, e as bênçãos do dia. Intercedendo pelo bem-estar próprio, de toda família, e de todos que conviverem consigo naquele dia. A oração oferece tranquilidade, segurança, companhia, porque quem responde é o próprio Deus. Davi orava para que Deus o livrasse de seus inimigos. Atualmente, as pessoas enfrentam a batalha com o inimigo das almas imortais. O mundo secular parece  bem mais interessante do que o mundo espiritual, consagrado, honesto, voltado para o Senhor nosso Deus. Davi se acha conturbado por causa de seus inimigos. Hoje, as pessoas também estão conturbadas por causa de seus inimigos, ou seja, o mundo cruel, cheio de cobranças, cheio de solicitações, nada tem um ápice. Cada vez mais solicitações aparecem, exigências mil. As pessoas não  tem tempo mais para nada, assim mesmo continuam a buscar e correr atrás do vento. As pessoas devem parar um pouco e meditar sobre o que Deus quer delas. Orar para que Deus lhes dê as bênçãos de cada dia. “A ti levanto as mãos; a minha alma anseia por ti, como a terra sedenta” Sl. 143.6. Tanto o rei Davi como as gerações que vieram depois dele até chegar em nós, todos viveram atribulados, necessitados das bênçãos, da presença e do auxílio do Senhor Deus. Somente haverá paz, quando todos estiverem com o Senhor Jesus no paraíso celeste, na nova Jerusalém Celestial.

Graça e Paz!

Comments are closed.