Jesus, o Pão da Vida

Jesus, o Pão da Vida

JESUS, O PÃO DA VIDA 1João 6.22-40

Jesus disse: “Eu sou o pão da vida; o que vem a mim jamais terá fome; e o que crê em mim jamais terá sede” v. 35.

Quando a multidão procurou a Jesus do outro lado do mar, no dia seguinte ao que Jesus fizera o milagre da multiplicação dos pães e dos peixes, não O encontraram, nem a Seus discípulos. A multidão, então, partiu para Cafarnaum a Sua procura (Jesus). Encontraram-nO, e lhe perguntaram quando havia chegado lá. Jesus sabia que a multidão não estava preocupada com os sinais que O vira realizar, na multiplicação dos pães e dos peixes, mas estava preocupada apenas com a alimentação que Jesus lhes oferecera.

Jesus lhes respondeu: “… vós me procurais, não porque vistes sinais, mas porque comestes dos pães e vos fartastes” v. 26b. A multidão estava interessada unicamente na comida que o Senhor oferecera no dia anterior. Viram o milagre da multiplicação dos pães e dos peixes, e acharam que viveriam assim todos os dias. Não estavam preocupados com a alimentação espiritual. Acontece atualmente a mesma coisa. O exemplo, muitas pessoas se interessam por alguns trabalhos de evangelização apenas quando supõem encontrar comida (lanches) à disposição.

Jesus chama a atenção da multidão: “Trabalhai, não pela comida que perece, mas pela que subsiste para a vida eterna, a qual o Filho do homem vos dará; porque Deus, o Pai, o confirmou com o seu selo” v. 27. Para Jesus o importante era a comida espiritual, porque esta permanece para a eternidade. Esta comida é tão importante que não se acaba, pelo contrário, podemos acumulá-la cada vez mais para a vida eterna.

Jesus é o Pão do Céu para alimentar todo aquele que desejar ter paz, alegria, amor, tranquilidade, bondade, e viver seguro com Jesus Cristo em sua vida, e no futuro viver nas mansões celestiais juntamente com Ele e seus salvos e bem-aventurados.

No Velho Testamento encontramos também o pão do céu que Deus mandou ao povo judeu enquanto estava no deserto. Deus alimentou o seu povo com maná (alimento que, segundo a Bíblia, Deus mandou em forma de chuva, aos israelitas no deserto – Dic. Aurélio). Maná era enviado por Deus em forma de farinha, e era enviado em abundância, mas cada pessoa só podia colher o suficiente para consumir no dia, caso guardasse para o dia seguinte o alimento se deteriorava.

A ordem de Deus era que se colhesse de manhã o suficiente para cada pessoa consumir no dia. Enquanto o povo judeu caminhava no deserto, Deus os alimentava diariamente, e os conduziu seguros à terra prometida. Assim Deus age na vida de cada ser humano que anda com o Senhor Jesus. Deus os alimenta espiritualmente, e os conduz seguros à vida eterna prometida por Ele: “Disse Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida; ninguém vem ao Pai senão por mim” Jo. 14.6.

Há diferença entre o maná – pão do céu – alimento orgânico, material, para a sobrevivência do ser humano, para o Pão do Céu (espiritual). O povo judeu estava no deserto a caminho da terra prometida a ele por Deus. No deserto não há como plantar, cuidar, colher o mantimento. Então Deus os conduzia com todos os cuidados necessários. A partir do momento que tomaram posse da terra prometida, passaram a cuidar de si próprios e de sua alimentação material.

Jesus Cristo é o Pão da Vida espiritual. Pão espiritual também exige cuidados, cultivo, que são necessários para uma boa colheita espiritual. Os cuidados e cultivo são: leitura da Palavra de Deus, oração, meditação, santificação, cuidar de tudo que pertence ao alto. Todo aquele que comer desse Pão tem a vida eterna “Eu sou o pão vivo que desceu do céu; se alguém dele comer, viverá eternamente; e o pão que eu darei pela vida do mundo é a minha carne” v.51.

“Então, disse o Senhor a Moisés: Eis que vos farei chover do céu pão, e o povo sairá e colherá diariamente a porção para cada dia, para que eu ponha à prova se anda na minha lei ou não” Êxodo 16.4.

“Eis que o Senhor vos ordenou: Colhei disso cada um segundo o que pode comer um gômer (3,7 litros) por cabeça, segundo o número de vossas pessoas; cada um tomará para os que se acharem na sua tenda” Êx. 16.16.

“Fez chover maná sobre eles, para alimentá-los, e lhes deu cereal do céu” Salmo 78.24.

Graça e Paz!

Comments are closed.