Servos de Jesus Cristo

Servos de Jesus Cristo

Servos de Jesus Cristo.1

Servo é aquele que não é livre. A partir do momento que uma pessoa entrega a sua vida a Jesus Cristo, ela não mais se pertence, mas pertence ao Senhor Jesus. O Senhor Jesus pagou o preço por toda alma imortal que quer viver segundo os propósitos divinos.  Quando Jesus foi sacrificado na cruz do calvário, derramando o Seu precioso sangue, Ele estava e está oferecendo de graça a salvação para todo aquele que n’Ele crer. A oferta continua atual e com o mesmo valor – salvação a todo aquele que aceitar o convite do Senhor, e entregar a sua vida a Ele. Cristo é o Senhor. Servo é aquele que serve e não o que procura ser servido. O servo obedece ao seu Senhor em tudo que Ele determina.

Cristo é Senhor e Salvador, e não obedece a homens. O Senhor Jesus veio para servir de: Caminho, Verdade, Vida, Mestre, Senhor, Salvador de almas imortais, Condutor do rebanho salvo por Ele. Muitas pessoas dizem ser servas do Senhor Jesus, mas ao falar com Ele gritam, ordenam, exigem. Isso não é próprio de um servo de Deus. Agem como se fossem elas as condutoras de almas. Está errado, porque o servo não desobedece a seu Senhor. Antes cumpre todas as suas ordens, e procura ficar sempre próxima a Ele.

Se formos servos, devemos nos aproximar cada vez mais do nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo, procurar conhecer cada vez mais a Sua vontade e o Seu plano para as nossas vidas. Ser servo do Senhor Jesus é muito bom, porque recebemos a promessa de uma vida futura juntamente com Ele e com os demais salvos. O grande apóstolo Paulo se considerava um servo de Jesus (Rm. 1.1). Depois de sua conversão dedicou a sua vida à pregação do Evangelho por todos os lugares.

Bem-aventurado (desfruta da felicidade celestial e eterna) aquele a quem o Senhor chama para ser Seu servo, porque ele passa a ser cuidado e abençoado em tudo quanto necessita. O Senhor protege de tal maneira o Seu servo que ele vive feliz e seguro espiritualmente, e tranquilo quanto ao futuro. O Senhor cuida do seu futuro e de sua morada na mansão celestial. “Mas o que me der ouvidos habitará seguro, tranquilo e sem temor do mal” Pv. 1.33.

Graça e Paz!

Comments are closed.